RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

ESPERTEZA NO TERREIRO DO RICAÇO

Esposa sedava empresário e usava terreiro de umbanda para desviar fortuna de R$ 27 milhõesEsposa sedava empresário e usava terreiro de umbanda para desviar fortuna de R$ 27 milhões (Foto: Reprodução)
empresário Wilde Pinheiro de Lima, de 88 anos, era sedado pela esposa e impedido de ter contato com a família. Segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), o esquema foi montado por Wandrea Sobreiro, de 49 anos, para roubar toda a fortuna do marido. As informações são do Yahoo.
Investigações apontaram que Wandrea usava um terreiro de umbanda para lavar dinheiro e que sedava o marido para o induzi-lo a transferir todo o patrimônio, avaliado em R$ 27 milhões, para ela.
Segundo as investigações, as transferências bancárias eram feitas em formato de doações religiosas a um terreiro de umbanda. O dinheiro do empresário também foi usado para Wandrea comprar imóveis que chegaram a custar R$ 1,5 milhão.
A família de Wilde procurou o Ministério Público. Em 2016, Wandrea foi convocada para prestar depoimento na delegacia, momento em que a família teve para tirar o empresário do apartamento, encontrado com sinais de maus-tratos e desnutrido.
Apesar das suspeitas, Wandrea ainda vive na cobertura do empresário, na praia da barra, avaliada em R4 3,5 milhões. A família também entrou na Justiça com um pedido de investigação de paternidade, já que o imóvel está no nome da filha que ela teve com Wilde.
O relacionamento de Wilde e Wandrea começou em 2011, após o empresário se separar da mulher com quem ficou casado por 30 anos. Na ocasião, Wilde tinha 80 anos, e Wandrea, 42.
(Com informações do Yahoo)

Nenhum comentário: