RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

-QUE CULTURA!!!

Resultado de imagem para placas erradas

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Mulher contrata homem para matá-la e leva calote

Uma mulher do Distrito Federal entrou na Justiça contra um homem que contratou para matá-la, mas não cumpriu o acordo. O juiz 4ª Vara Cível de Taguatinga considerou improcedente o pedido da autora da ação.
A mulher disse à Justiça que após vários anos de trabalho desenvolveu uma doença psiquiátrica "com quadro depressivo-ansioso crônico com aspecto suicida". Após várias tentativas frustradas de suicídio, ela decidiu contratar uma pessoa para matá-la.
Como pagamento, a mulher entregou vários objetos e o próprio carro ao réu, que foi transferido a ele por procuração. Segundo ela, o homem não cumpriu a sua parte no acordo e deixou de atender ligações telefônicas após receber o veículo com os documentos.
A mulher falou que chegou a procurar a polícia, mas o homem negou. Ela decidiu entrar na Justiça para processá-lo por não fazer o serviço e para pedir a devolução dos bens.
A Justiça realizou audiência de tentativa de conciliação entre ela e o acusado, mas sem acordo. Para o juiz, a mulher apresentou contradições quanto ao "pacto macabro".
O magistrado julgou improcedente o processo, pois a transferência do carro não comprova a contratação do homem como matador de aluguel.Segundo o juiz, é nulo o negócio jurídico quando for "impossível ou indeterminado o seu objeto, e o motivo determinante, comum a ambas as partes, for ilícito."
(Folhapress)

25 municípios do oeste do Pará têm recomendação para vacinação contra febre amarela


O município de Santarém, no oeste do Pará, está na relação de cidades com recomendação para a vacinação contra a febre amarela. A doença já causou a morte de 79 pessoas. A maioria dos casos (69), foi em Minas Gerais, estado que mais afetado desde o início do surto.

Em 2017, segundo o Ministério da Saúde (MS), já foram registrados 234 casos confirmados de febre amarela. O boletim foi divulgado ontem pelo MS. 

Neste informe divulgado pelo Ministério da Saúde consta uma recomendação para quem pretende viajar neste período de carnaval para as cidades afetadas e ainda não foi vacinado. O MS orienta que o folião deve se programar com antecedência, já que a vacina leva 10 dias para fazer efeito. Quem pretende, por exemplo, chegar às cidades afetadas no dia 25 de fevereiro, tem que se vacinar até esta quarta-feira (15).



Na recomendação divulgada pelo MS, a lista é classificada da seguinte forma:

ACRV – Área Com Recomendação de Vacina

ACRT – Área Com Recomendação Temporária de Vacina

ASRV – Área Sem Recomendação de Vacina

Santarém e mais 25 cidades do oeste paraense estão classificadas na área com recomendação de vacina. Na Região Metropolitana de Santarém, Belterra e Mojuí também constam nesta relação. Óbidos, uma das cidades paraenses que recebem muitos foliões nesta época do ano, está na relação.

O vírus da febre amarela que causa o atual surto no Brasil circula nas áreas ruais, silvestres e de mata, transmitido pelos mosquidos Haemagogus e Sabethes.



Neste link, você confere a lista completa de municípios do país que ficam em áreas com recomendação de vacina contra febre amarela.

O esquema de vacinação da febre amarela no Brasil é composto de duas doses.


Cidades do oeste do Pará 

Alenquer
Aveiro
Almeirim
Altamira
Belterra
Curuá
Faro
Itaituba
Jacareacanga
Juturi
Medicilândia
Mojuí dos Campos
Monte Alegre
Novo Progresso
Óbidos
Oriximiná
Placas
Prainha
Rurópolis
Terra Santa
Trairão
São Félix do Xingu
Vitória do Xingu
Uruará

domingo, 12 de fevereiro de 2017

CLUBES DO RIO E SÃO PAULO SE MOVIMENTAM

Dos 7 reforços do Vasco, 4 são emprestados e apenas 3 contratados
Palmeiras, Santos e São Paulo foram os times que mais investiram em reforços para a temporada. O trio paulista movimentou mais de R$ 100 milhões na atual janela de transferências – as chegadas de Borja e Pratto, anunciadas ao longo da semana, foram determinantes para ultrapassar essa marca. O colombiano contratado pelo Palmeiras é o jogador mais caro do ano: R$ 32,8 milhões por 70% dos direitos econômicos. Já Pratto desembarca no Morumbi por R$ 21 milhões – o Tricolor comprou 50%. 


Com a ajuda da Crefisa, o Palmeiras gastou R$ 65,1 milhões com seis reforços: Borja, Guerra, Hyoran, Fabiano, Raphael Veiga e Keno (veja a lista completa dos 12 maiores times brasileiros abaixo). Tal valor não inclui custos com luvas e comissões, mas apenas o dinheiro investido na compra de direitos econômicos. Felipe Melo, Michel Bastos, Willian Bigode e Antônio Carlos vieram a custo zero no que diz respeito à aquisição de direitos econômicos. 



Além de manter os 11 titulares da temporada passada, o Santos ainda tirou dos cofres R$ 24 milhões, tornando-se o segundo clube brasileiro de maior investimento. O atacante Bruno Henrique, contratado do Wolfsburg por R$ 14 milhões, puxa a fila – ele foi o atleta mais caro da era Modesto Roma Júnior. Também chegaram Cleber e Vladimir Hernandez, que custaram R$ 10 milhões, e Kayke, Leandro Donizete e Matheus Ribeiro, de graça. 



O São Paulo é o terceiro maior gastão com R$ 22,3 milhões. Detalhe: até a chegada de Pratto, o Tricolor estava na outra ponta, como o time que menos havia colocado dinheiro. Somente os acordos com Pratto, Jucilei e Sidão tiveram algum custo, já que Wellington Nem, Neílton e Cícero foram na faixa. 



O ranking dos clubes que mais gastaram tem o Flamengo como primeiro time fora do estado de São Paulo, na quarta colocação, graças ao investimento de R$ 15 milhões. Na sequência aparecem Fluminense (com R$ 10,3 milhões), Atlético-MG (R$ 8,9 milhões) e Corinthians (R$ 8,8 milhões). Confira: 



OS TIMES QUE MAIS GASTARAM EM 2017: 



1º PALMEIRAS: R$ 65,1 milhões 
– Borja: R$ 32,8 milhões (comprado Atlético Nacional-COL) 
– Guerra: R$ 9,7 milhões (Atlético Nacional-COL) 
– Hyoran: R$ 7,4 milhões (Chapecoense) 
– Fabiano: R$ 7,2 milhões (Cruzeiro) 
– Raphael Veiga: R$ 5,3 milhões (Coritiba) 
– Keno: R$ 2,7 milhões (São José-RS) 
– Felipe Melo: R$ 0 (rescindiu com a Inter de Milão-ITA) 
– Michel Bastos: R$ 0 (rescindiu com o São Paulo) 
– Willian Bigode: R$ 0 (trocado por Robinho) 
– Antônio Carlos: R$ 0 (emprestado pelo Tombense) 



2º SANTOS: R$ 24 milhões 
– Bruno Henrique: R$ 14 milhões (comprado do Wolfsburg-ALE) 
– Cleber: R$ 6,8 milhões (Hamburgo-ALE) 
– Hernández: R$ 3,2 milhões (Junior Barranquilla-COL) 
– Leandro Donizete: R$ 0 (fim de contrato com o Atlético-MG) 
– Kayke: R$ 0 (emprestado pelo Yokohama Marinos-JAP) 
– Matheus Ribeiro: R$ 0 (fim de contrato com o Atlético-GO) 



3º SÃO PAULO: R$ 22,3 milhões 
– Pratto: R$ 21 milhões (comprado do Atlético-MG) 
– Jucilei: R$ 1 milhão (emprestado pelo Shandong Luneng-CHN) 
– Sidão: R$ 300 mil (Audax) 
– Wellington Nem: R$ 0 (emprestado pelo Shakhtar Donetsk-UCR) 
– Neilton: R$ 0 (trocado por Hudson com o Cruzeiro) 
– Cícero: R$ 0 (rescindiu com o Fluminense) 



4º FLAMENGO: R$ 15 milhões 
– Berrío: R$ 11 milhões (comprado do Atlético Nacional-COL) 
– Renê: R$ 3,2 milhões (Sport) 
– Rômulo: R$ 1 milhão (comprado do Spartak Moscou-RUS) 
– Conca: R$ 0 (emprestado pelo Shanghai Sipg-CHN) 
– Trauco: R$ 0 (fim do contrato com o Universitario-PER) 



5º FLUMINENSE: R$ 10,3 milhões 
– Sornoza: R$ 5,3 milhões (comprado do Independiente del Valle-EQU) 
– Orejuela: R$ 5 milhões (Independiente del Valle-ECU) 
– Lucas: R$ 0 (emprestado pelo Palmeiras) 



6º ATLÉTICO-MG: R$ 8,9 milhões 
– Elias: R$ 8,3 milhões (comprado do Sporting-POR) 
– Danilo: R$ 600 mil (América-MG) 
– Felipe Santana: R$ 0 (rescindiu com o Kuban-RUS) 



7º CORINTHIANS: R$ 8,8 milhões 
– Gabriel: R$ 7,2 milhões (comprado do Monte Azul) 
– Kazim: R$ 1,2 milhão (Coritiba) 
– Luidy: R$ 400 mil (CRB) 
– Jô: R$ 0 (estava sem clube) 
– Jadson: R$ 0 (rescindiu com o Tianjin Quanjian-CHN) 
– Fellipe Bastos: R$ 0 (rescindiu com o Al Ain-EAU) 
– Paulo Roberto: R$ 0 (emprestado pelo Audax) 
– Pablo: R$ 0 (emprestado pelo Bordeaux-FRA) 



8º CRUZEIRO: R$ 6,3 milhões 
– Caicedo: R$ 3,7 milhões (comprado do Independiente del Valle-ECU) 
– Diogo Barbosa: R$ 2,6 milhões (comprado do Coimbra) 
– Lucas Silva: R$ 0 (emprestado pelo Real Madrid-ESP) 
– Hudson: R$ 0 (trocado por Neíton com o São Paulo) 
– Thiago Neves: R$ 0 (rescindiu com o Al Jazira-EAU) 
– Robinho: R$ 0 (trocado por Willian Bigode com o Palmeiras) 



9º INTERNACIONAL: R$ 4,1 milhões 
– Uendel: R$ 3,5 milhões (comprado do Corinthians) 
– Alemão: R$ 600 mil (Bragantino) 
– Roberson: R$ 0 (fim do contrato com o Juventude) 
– Neris: R$ 0 (emprestado pelo Barra-SC) 
– Carlos: R$ 0 (emprestado pelo Atlético-MG) 
– Carlinhos: R$ 0 (emprestado pelo São Paulo) 



10º BOTAFOGO: R$ 3 milhões 
– João Paulo: R$ 3 milhões (comprado do Santa Cruz) 
– Roger: R$ 0 (fim de contrato com a Ponte Preta) 
– Montillo: R$ 0 (fim de contrato com o Shandong Luneng-CHN) 
– Gatito Fernandez: R$ 0 (fim de contrato com o Figueirense) 
– Gilson: R$ 0 (fim de contrato com o América-MG) 
– Jonas: R$ 0 (fim de contrato com o América-MG) 
– Guilherme: R$ 0 (emprestado pelo Grêmio) 
– Joel: R$ 0 (emprestado pelo Cruzeiro) 



11º GRÊMIO: R$ 1,6 milhão 
– Beto da Silva: R$ 1,3 milhão (comprado do Ajax-HOL) 
– Leonardo: R$ 300 mil (Boa Esporte) 
– Michel: R$ 0 (fim de contrato com o Atlético-GO) 
– Cortez: R$ 0 (rescindiu com o São Paulo) 
– Jael: R$ 0 (fim de contrato com o Joinville) 
– Leo Moura: R$ 0 (fim de contrato com o Santa Cruz) 



12º VASCO: R$ 800 mil 
– Escudero: R$ 800 mil (comprado do Puebla-MEX) 
– Wagner: R$ 0 (rescindiu com o Tianjin Teda-CHN) 
– Muriqui: R$ 0 (estava sem clube) 
– Escobar: R$ 0 (emprestado pelo Dínamo de Kiev-UCR) 
– Kelvin: R$ 0 (emprestado pelo Porto-POR) 
– Gilberto: R$ 0 (emprestado pela Fiorentina-ITA) 
– Jean: R$ 0 (emprestado pelo Corinthians) 
Fonte: Blog do Jorge Nicola - Yahoo

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Prefeituras do Pará vão receber R$ 150 milhões

Será creditado nesta sexta-feira (10), nas contas das prefeituras de todo o País, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente aos primeiros 10 dias (decêndio) do mês de fevereiro de 2017.
O montante será de R$ 5.358.961.502,33, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, isto é, incluindo a retenção do Fundeb, o montante é de R$ 6.698.701.877,91. As prefeituras do Pará receberão, no total, R$ 150.698.065,15, já descontados os 20% do Fundeb, 15% da saúde e 1% do Pasep.
CRESCIMENTO 
De acordo com a série histórica do FPM, esse 1º decêndio de fevereiro de 2017, comparado ao mesmo período de 2016, teve um crescimento de 7,68% em termos nominais, ou seja, com os valores comparados sem considerar os efeitos da inflação. 
Quando se considera o real valor dos repasses, levando em conta as consequências da inflação, o decêndio apresenta um expressivo crescimento de 2,73%.
Tendo em consideração o valor real total repassado aos municípios em janeiro e fevereiro de 2017, pode-se verificar um crescimento de 4,10% em relação ao mesmo período do ano anterior.
Tal crescimento pode sinalizar uma melhora no cenário econômico nacional, mas ainda assim a Confederação Nacional de Municípios (CNM) ressalta a importância de que os gestores tenham pleno controle das finanças para que cumpram suas obrigações orçamentárias em dia.
(Diário do Pará)

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

-QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

PF investiga venda ilegal de ouro no Pará

PF investiga venda ilegal de ouro no Pará (Foto: Via Whatsaap)
Na manhã desta quarta-feira (08), a Polícia Federal deflagrou a Operação Crisol, que investiga uma das maiores empresas do ramo de distribuição de valores mobiliários – DTVM do país. O nome da operação faz referência ao instrumento utilizado na fundição de metais como ouro e prata. 
O objetivo era cumprir 47 mandados judiciais, sendo seis prisões temporárias, 13 conduções coercitivas e 28 mandados de busca, nas cidades de Macapá e Oiapoque, no Amapá e em São Paulo (capital). No Pará, a operação foi realizada em Itaituba. Segundo as primeiras informações do local, a ação investiga a venda ilegal de ouro na região.
Os agentes chegaram no local no começo da manhã, em um aeronave da PF, e cumpriram mandados de busca e apreensão em um estabelecimento de compra e venda de ouro, de propriedade do ex-prefeito do município Roselito Soares. 
Segundo a Polícia Federal (PF), a Justiça Federal determinou o bloqueio de bens da empresa na ordem de R$ 100 milhões de reais. Ainda foram autorizados o bloqueio de contas, bens e valores dos investigados, além da suspensão das atividades de empresas.
Investigações
Durante as investigações, a PF apurou que o ouro era retirado de garimpos ilegais de várias regiões do país e transportado de avião para São Paulo.  A organização criminosa, que atua nos estados de Mato Grosso, Pará, Amapá e São Paulo, chegou a movimentar cerca de 180 quilos de ouro por semana, o equivalente a R$ 27 milhões. No decorrer das investigações foi apreendido cerca de 70 quilos de ouro, transportado ilegalmente do Pará para São Paulo. 
Um policial federal, que foi aliciado pelo grupo para interferir no andamento das investigações, também foi alvo da operação de hoje.  Os investigados, na medida de suas participações, poderão responder pela prática dos crimes de contrabando, lavagem de dinheiro, usurpação de matéria-prima da União e organização criminosa, informou a PF.
(Com informações da Polícia Federal) DOL

Cinco assassinatos após morte de PM em Abaetetuba

Cinco assassinatos após morte de PM em Abaetetuba (Foto: via Whatsapp)
Cinco pessoas foram mortas com sinais de execução, e outras quatro foram baleadas mas sobreviveram, no município de Abaetetuba, no nordeste paraense, na noite da última terça-feira (8). Os crimes aconteceram horas após o assassinato do policial militar Sérgio Augusto Miranda Margalho, 55 anos.
Os crimes foram registrados entre 21h30 e 23h25 em diferentes bairros do município e, segundo testemunhas, os autores dos disparos seriam de três e quatro homens encapuzados em motocicletas.
As vítimas da chacina foram identificadas como: Leonel Correa Santos, de apelido Bezorão; Meick Cardoso Silva, de apelido "Milk Shake"; Luís Carlos Oliveira de Lima, de apelido "Buck"; Gleydson Diego Nery Silveira; e Reinaldo Quaresma Silva, de apelido "Rei.
Além dos cinco mortos, outras quatro pessoas foram baleadas, mas sobreviveram e estão internadas no Hospital Metropolitano de Belém. Os pacientes são: Gracilda Nunes Farias, João Cláudio Correa Macedo, Valter Soares Carvalho e Vagner Monteiro da Silva.
MORTE DO POLICIAL
De acordo com informações da Polícia Civil, o cabo da PM Sérgio Augusto de Miranda Margalho estava de folga e morreu dentro de casa com um tiro nas costas supostamente disparado pelo próprio sobrinho, identificado como Leone Margalho Filho.
O motivo do crime seria porque o policial chamou a atenção do sobrinho pelo fato de o suspeito ser usuário de drogas. Após o homicídio, o assassino fugiu levando a moto do policial e, possivelmente, também levando a arma da vítima, um revólver 38, já que ela não foi encontrada na casa.
Quatro testemunhas foram ouvidas em depoimento, durante a noite dessa terça-feira (7), por policiais civis de Abaetetuba, e confirmaram essa versão, apontando o nome do suspeito.
Ainda de acordo com a polícia, uma equipe da Divisão de Homicídios de Belém foi deslocada para o município para assumir as investigações e se integrar aos policiais civis de Abaetetuba.
A corporação declara, por fim, que “é precitado afirmar a existência de ligação entre os crimes e a morte de um policial militar registrada por volta de 19 horas no município”.
O clima é considerado tenso entre os moradores de Abaetetuba, que temem novos assassinatos na região.
(Com informações de Vieira Filho)

Presos são transferidos após motim na Carceragem de Parauapebas

Detentos atearam fogo em colchões e depredaram parte das celas.
Unidade prisional custodia 159 presos e tem capacidade para apenas 90.

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) decidiu transferir 20 detentos da Carceragem de Parauapebas, no sudeste do Pará, para outras unidades prisionais da região metropolitana de Belém após a participação em um motim na última terça-feira (7).
saiba mais
Presos da unidade prisional de Parauapebas fazem motim
Segundo a Susipe, por volta das 17h, os presos atearam fogo em colchões e depredaram parte das celas. Homens do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram acionados para conter o tumulto. Representantes da Justiça, do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) estiveram no local. Os detentos reivindicavam transferência para outras unidades prisionais e celeridade na análise processual. A Carceragem de Parauapebas tem capacidade para 90 vagas e atualmente custodia 159 detentos.
Após o motim, a Susipe informou nesta quarta-feira (8) que uma equipe da Prefeitura Municipal de Parauapebas já realiza os reparos na infraestrutura da cela danificada pelos presos e que dois internos foram identificados como líderes do tumulto e devem responder por danos ao patrimônio.
A Superintendência esclareceu ainda que a nova Cadeia Pública de Parauapebas irá gerar 305 vagas prisionais no município e que já está com cerca de 72% do projeto executado. A construtora que venceu a licitação da obra, abandonou a construção no início de 2016, por isso, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Obras (Sedop), responsável pelo projeto, já adotou as providências legais e prepara uma licitação para a conclusão do novo centro de detenção.

Operação desarticula esquema de corrupção no Pará

Operação desarticula esquema de corrupção no Pará (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Ana Lúcia Magalhães, ex-vereadora do município de Mãe do Rio, no nordeste paraense foi presa nesta terça-feira (7), durante a operação policial Iara, deflagrada na cidade. A prisão foi realizada em cumprimento a mandado de prisão preventiva.
De acordo com a Polícia Civil do Pará, a detenção teve ainda o objetivo de cumprir mais de 20 ordens judiciais, dentre as quais, três prisões preventivas, de acusados de envolvimento em um esquema de corrupção.
A ação policial foi resultado de investigação realizada por policiais civis da Delegacia de Repressão a Defraudações Públicas, unidade policial vinculada à DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado).
O delegado Evandro Moreira, diretor da DRCO, explicou que o trabalho investigativo foi iniciado para apurar crimes contra a administração pública de Mãe do Rio, com práticas de corrupção e parcelamento irregular de solo urbano do município.
"Apuramos que vereadores do município teriam recebido indevidamente lotes no Residencial Ipiranga pra aprovarem o projeto de lei de expansão urbana de Mãe do Rio em que se inseria o citado loteamento", explica.
Além do crime de corrupção, destaca o delegado, os sócios do loteamento praticaram o crime de parcelamento irregular do solo, ao comercializarem terrenos no loteamento sem possuir registro em cartório de imóveis.
Em um primeiro momento nas investigações, a equipe de policiais civis cumpriu mandado de busca e preensão na sede do Residencial Ipiranga. Na ocasião, ressalta o delegado, foi constatado que houve o recebimento de lotes por parte de vereadores, além de bilhetes e propostas de contrato de compra e venda de terrenos para dissimular uma compra regular.
"Foram apreendidos na ocasião computadores e outros objetos periciados", detalha Moreira.
Após o aprofundamento das investigações, foi deflagrada mais uma fase da operação Iara para cumprir 21 mandados judiciais - três de prisão preventiva; oito de busca e apreensão e dez de condução coercitiva.
As ordens judiciais foram expedidas pelo juiz Cristiano Magalhães Gomes, titular da Comarca de Mãe do Rio.
"Várias testemunhas e investigados prestaram depoimento à Polícia Civil e também apreendemos vários elementos de prova", explica o delegado.
Dos três mandados de prisão, foi cumprido o mandado de prisão contra Ana Lúcia Magalhães, mais conhecida como Ana do Povão, que até o fim de 2016 exercia a função de vereadora na Câmara Municipal de Mãe do Rio.
Os outros dois acusados estão foragidos. As investigações foram presididas pelo delegado Carlos Vieira, da Delegacia de Combate a Defraudações Públicas.
A operação contou com a participação de integrantes das delegacias que compõe a DRCO, além da DRFR (Divisão de Repressão a Furtos e Roubos), do Serviço de Polícia Interestadual (Polinter), da DPI (Diretoria de Polícia do Interior), do GPE (Grupo de Pronto-Emprego), do NIP (Núcleo de Inteligência Policial) e da Divisão de Homicídios.

(Com informações da Polícia Civil)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Humorista critica Governo após carro atolar no PA

Humorista critica Governo após carro atolar no PA (Foto: reprodução/Facebook)
O humorista Tirulipa, filho do deputado federal e também humorista Tiririca, estava viajando de Santarém até Itaituba de carro para fazer uma apresentação. E atolou devido às péssimas condições da rodovias BR-163.
Diante da situação, resolveu fazer uma postagem criticando as estradas do Pará e os governantes do Estado, com destaque para a BR-230, também conhecida como Transamazônica.
"#EmpurraAbestadó Eu queria aqui chamar a atenção dos nossos governantes para darem uma 'atençãozinha' na Transamazônica que está em péssima condições, aliás sempre esteve, né? O que eu e minha equipe passamos não foi nada do que a população paraense passa todos os dias para enfrentrar essa estrada que se diz estrada do 'futuro'. Desculpem o meu #Desabafo #IssoÉUmDescaso #APopulaçãoNãoMereceIsso", escreveu o humorista após o atoleiro.
http://www.diarioonline.com.br/noticias/para/noticia-392830-humorista-critica-governo-apos-carro-atolar-no-pa.html

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

-QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

Suspeito de roubar milhões no PA é preso em Goiás


Suspeito de roubar milhões no PA é preso em Goiás (Foto: Divulgação)
Um homem suspeito de roubar cerca de R$ 15 milhões de uma transportadora de valores de Belém no Pará foi preso neste domingo (5), em Goiás. Antônio Rangel Duarte Lima, conhecido como "Bin Laden", responde também a outros processos, incluindo latrocínio.

Ele foi preso durante uma fiscalização de rotina da Polícia Rodoviária Federal na BR-153, após apresentar uma identificação falsa aos policiais. Os agentes perceberam a falsificação e realizaram uma verificação no veículo. O suspeito ainda tentou fugir para uma mata, mas acabou capturado.

Com ele, foram apreendidos R$ 156 mil. Antônio ainda responde a um processo por latrocínio, roubo qualificado e por fugir duas vezes de presídios.

Ele foi encaminhado para a sede da PRF em Goiânia, onde foi autuado.

(DOL)

Aeronave faz pouso forçado no Pará


Aeronave faz pouso forçado no Pará (Foto: Reprodução)
Passageiros de um avião que sobrevoava a região de Itaituba, no sudoeste paraense, viveram momentos de tensão neste domingo (5), após a aeronave apresentar problemas durante o voo e o piloto precisar fazer um pouso forçado.

Segundo as primeiras informações, o incidente ocorreu na região de Crepurizão, próximo ao município. Testemunhas afirmam que a aeronave ficou sobrevoando o local por horas antes de realizar o pouso forçado. Apesar do susto, nenhum dos passageiros teve ferimentos graves.

Ainda não há informações da causa do incidente.

(DOL com informações da Rádio Clube)

domingo, 5 de fevereiro de 2017

-QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

Belo Sun instalará projeto mineral de ouro no Pará

Belo Sun instalará projeto mineral de ouro no Pará (Foto: Divulgação Belo Sun)
Sediada no município de Altamira, a mineradora Belo Sun anunciou nesta sexta-feira (03), que recebeu a concessão do governo do estado para extrair ouro no município de Senador José Porfírio, centro-oeste do Pará.
De acordo com a mineradora, o projeto é inédito na indústria mineral no centro-oeste do Pará. A licença de instalação (LI) foi concedida pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (Semas).
Ainda de acordo com a Belo Sun, neste momento está em curso a fase de instalação do empreendimento, que terá que dar contrapartidas à população do município, como geração de emprego e renda, desenvolvimento local e o fortalecimento do território.
“Nesse primeiro momento após a emissão da LI, iremos desenvolver e compartilhar uma política de contratação de mão de obra e fornecedores, que terá como critérios básicos a residência histórica no território, preço justo e qualidade. A contratação de mão de obra ocorrerá após o devido diagnóstico, mapeamento e cadastro, bem como formalização dos convênios com as entidades parceiras competentes”, reforça Mauro Barros, diretor geral da Belo Sun Mineração.
Investimento de Bilhões
A empresa estima em R$1,22 bilhão o investimento total no projeto de extração de ouro. A expectativa é de que a produção média do empreendimento seja de aproximadamente cinco toneladas de ouro por ano, em no mínimo 12 anos de vida útil, com possibilidade de estender esse prazo devido ao potencial mineral da região.
José Fernando Gomes, presidente do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), comemorou a emissão: “Para nós, isso é motivo de muita alegria. O Projeto Volta Grande é de ouro, mas não apenas isso, trata-se do que ele vai fazer pela população daquela região em relação a empregos, capacitação e fornecedores. Sem dúvida será um case de sucesso do setor mineral”.
O empreendimento espera gerar 6.300 empregos diretos e indiretos na fase de instalação; e outros 526 diretos e 1.500 indiretos na operação. Durante a construção, haverá oportunidades de negócios nos setores de prestação de serviços, fornecimento de equipamentos, alimentação, hospedagem, logística, entre outros. Em breve, a empresa divulgará os cronogramas para qualificação e contratação de mão de obra, a serem realizados.
(DOL) 

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Ex-primeira-dama, dona Marisa, morre aos 66 anos

Ex-primeira-dama, dona Marisa, morre aos 66 anos (Foto: Divulgação/Facebook)
Morreu nesta sexta-feira (03), a ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva. A informação foi confirmada na página oficial do ex-presidente Lula no Facebook. De acordo com a publicação, dona Marisa morreu às 18:57.
O velório será neste sábado(4), das 9h às 15 h, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dona Marisa Letícia se conheceram. O Sindicato fica na Rua João Basso, 231, em São Bernardo do Campo.
Em seguida haverá no Cemitério Jardim da Colina uma cerimônia de cremação reservada à família.
(DOL)

-QUE CULTURA!!!


Operação Lava Jato já tem novo relator

Operação Lava Jato  já tem novo relator (Foto: Divulgação )
O ministro Edson Fachin foi sorteado hoje (2) novo relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele agora ficará responsável por supervisionar o andamento de toda a operação na Corte, após a morte, no último dia 19, do relator original, ministro Teori Zavascki, na queda de um avião no mar próximo a Paraty (RJ).
Fachin foi escolhido por meio de sorteio eletrônico pelo sistema do STF, após a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, ordenar a redistribuição do inquérito que investiga o senador Fernando Collor (PTC-AL).
Pelo princípio da prevenção do juiz natural do caso, todos os outros processos relacionados à Lava Jato no Supremo passam também a ser de responsabilidade do ministro Fachin.
No primeiro processo da Lava Jato a ser redistribuído, consta uma denúncia conta Collor apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e pendente de julgamento desde 2015.
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, encontrava-se em reunião com Fachin no momento da redistribuição. Ao sair do gabinete do ministro, o governador fluminense disse que o magistrado recebeu a notícia durante a audiência. "Está em boas mãos", afirmou Pezão ao comentar a reação calma do ministro no momento em que soube ter se tornado o novo relator da Lava Jato.
Participaram do sorteio somente os integrantes da Segunda Turma, composta ainda pelos ministros Celso de Mello, Dias Toffolli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Fachin pediu ontem (1º) transferência da Primeira para a Segunda Turma, para participar do sorteio.
A segunda turma é onde são julgados todos os pedidos e processos relacionados à Lava Jato no Supremo, com exceção daqueles que envolvem o presidente de algum poder, que são apreciados pelo plenário.
A partir de agora, qualquer solicitação ou andamento relacionado à Lava Jato, como a instalação de escutas ou a realização de diligências para coleta de provas, por exemplo, precisa ser autorizado por Fachin, caso as investigações da força-tarefa da Lava Jato indiquem o envolvimento de alguma pessoa com foro privilegiado, entre eles, parlamentares e ministros.
Ao menos 364 pessoas são investigadas no Supremo no âmbito da Operação Lava Jato, segundo o balanço mais recente divulgado pelo Ministério Público Federal (
MPF), muitas delas políticos no exercício do mandato parlamentar.
Nomeação
Fachin herdará somente os processos ligados à Lava Jato, entre eles mais de 40 inquéritos e três ações penais. Os mais de 7,4 mil processos que restam no acervo do gabinete de Teori Zavascki deverão ficar para o ministro que ocupar sua vaga.
Com a definição da relatoria da Lava Jato no STF, o presidente Michel Temer deve nomear o novo ministro para ocupar a vaga deixada por Teori.
Temer já havia afirmado, após a morte de Teori, que aguardaria a redistribuição da Lava Jato para um novo relator antes de escolher o nome do ministro que ocupará a vaga em aberto.
Odebrecht
A expectativa agora é saber se Fachin vai retirar o sigilo das delações premiadas de 77 executivos e ex-funcionários da empresa Odebrecht, que citariam dezenas de políticos com mandato parlamentar ou cargos no governo no esquema de corrupção na Petrobras.
Na última segunda-feira (30), Cármen Lúcia homologou todas as delações, tornando-as juridicamente válidas ainda antes da definição do novo relator da Lava Jato no STF. Os mais de 800 depoimentos foram então enviados então ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Janot agora deve analisar se as informações prestadas pelos delatores devem resultar imediatamente em denúncias, motivar a continuidade das investigações ou se os processos devem ser arquivados.

PMs são presos com droga e cerveja em viatura

PMs são presos com droga e cerveja em viatura (Foto: DOL)
A Corregedoria da PM prendeu em flagrante, nesta segunda (30), dois soldados suspeitos de carregar drogas e cerveja em um carro da corporação. A ação ocorreu no 50º Batalhão, na região do Grajaú (zona sul) de São Paulo.
Os PMs presos estão no presídio militar Romão Gomes (zona norte). Eles devem ser expulsos da corporação.
Seguindo uma informação anônima, agentes da Corregedoria fizeram vistoria, por volta das 21h de segunda, e encontraram duas latas de cerveja pela metade e uma mala com drogas no veículo que os dois soldados ocupavam. A Secretaria da Segurança Pública do governo Geraldo Alckmin (PSDB) não informou a quantidade exata e o tipo da droga.
Em comunicado interno, a Corregedoria disse que a droga estava no porta-malas do carro da polícia. Em revista nos armários e nos veículos particulares dos policiais, diz o comunicado, nada foi encontrado pelos agentes.
Segundo o regulamento interno no site da PM, são transgressões disciplinares graves "fazer uso, estar sob ação ou induzir outrem ao uso de substância proibida, entorpecente (...) ou introduzi-las em local sob administração policial-militar"
Também são infrações "ingerir bebida alcoólica quando em serviço ou apresentar-se alcoolizado para prestá-lo" e "introduzir bebidas alcoólicas em local sob administração policial-militar" -nestes casos, as transgressões são de gravidade média, segundo o regulamento.
(Folhapress)