RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quinta-feira, 20 de julho de 2017

OPERADOR DO DIREITO À MARGEM DA LEI


Por/ JESO CARNEIRO
JUSTIÇA ORDENA BUSCA E APREENSÃO EM CASA DE ADVOGADO
Violência doméstica: Justiça ordena busca e apreensão em casa de advogado, Rodrigo Jennings

A Justiça expediu mandado de busca e apreensão na residência de um advogado em Santarém. O caso tramita na Vara de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher. A decisão foi proferida pelo juiz Vilmar Durval Macedo Júnior no dia 14 de junho. O site Jeso Carneiro apurou que o alvo é Rodrigo Jennings de Oliveira, advogado, e a vítima Geise Carolina Caldeira

O juiz determinou que o mandado fosse cumprindo com ‘ponderação e calma’ pelo oficial de justiça, mas que, se preciso, ‘poderá arrombar portas e requisitar reforço policial’. No último dia 3, os autos do processo em que o advogado aparece como réu, e que estava em poder dele desde o dia 31 de maio deste ano, foram apreendidos na sua residência.

Rodrigo Jennings reponde ação penal pelos crimes de ameaça e violência doméstica, processo (nº 0011822-75.2014.8.14.0051) em tramitação no Fórum de Santarém desde setembro de 2015. 

CORPO DELITO 
Embora tenha devolvido os autos do processo sem oferecer resistência, o advogado não teria entregues os CDs nos quais estariam gravados depoimentos das partes envolvidas no caso, realizados nas audiências de instrução, e nem um laudo de exame de corpo delito, conforme atestou o diretor de secretaria da Vara de Violência Doméstica.
Violência doméstica: Justiça ordena busca e apreensão em casa de advogado, Mandado de busca e apreensão
Obs. Título RP



quarta-feira, 12 de julho de 2017

PEGARAM A RATAZANA

Moro condena Lula a 9 anos e meio de prisão (Foto: Filipe Araújo)

Moro condena Lula a 9 anos e meio de prisão


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado, nesta quarta-feira (12), a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP). 
A sentença do juiz Sergio Moro é a primeira contra o petista no âmbito da Lava Jato. 
Caso a condenação seja confirmada em segunda instância, pelo TRF (Tribunal Regional Federal), Lula poderá ser preso e pode ficar inelegível. O tribunal leva, em média, cerca de um ano e meio para analisar as sentenças de Moro. 

terça-feira, 11 de julho de 2017

Jovem quase é degolado por linha de pipa com cerol

Jovem quase é degolado por linha de pipa com cerol (Foto: Via WhatsApp)
No último domingo (09), o estudante Mateus Barreto, de 18 anos, quase morre após ser atingido por uma linha de pipa com cerol na cidade de Uruará, sudoeste do Pará. Ele trafegava em sua moto quando a linha atingiu sua boca e, por pouco, não alcançou o pescoço. "Se pega no pescoço, ele provavelmente teria morrido", explicou Walace Barreto, irmão da vítima.
O jovem atingido foi levado às pressas para o hospital da cidade, onde foi atendido e recebeu 15 pontos para conseguir estancar o ferimento. Ele está tomando medicamentos anti-inflamatórios e, segundo informações apuradas junto ao hospital de Uruará, foi feito uma limpeza no rosto da vítima para retirada de fagulhas de vidro que estavam dentro do ferimento.
O incidente reascende o sinal de alerta para motociclistas, ciclistas e quem gostar de "empinar papagaios" neste verão. Em Altamira, duas pessoas já foram parar em hospitais com ferimentos causados pelas linhas de cerol.
Cuidados na hora de empinar pipa
- Não use linhas com fio de cobre ou cerol; prefira as de algodão;
- Tenha atenção a motocicletas e bicicletas;
- Não solte pipas perto de fios ou antenas para evitar choques elétricos;
- Não solte pipas em dias de chuva ou relâmpagos;
- Não retire pipas presas em fios de transmissão de eletricidade ou árvores, nem faça pipas com papel laminado, pois o risco de choque e acidente é grande;
- Se a linha quebrar, não corra atrás da pipa sem observar se o caminho é seguro, como atravessar ruas e passar por buracos, para evitar acidentes;
- Evite colocar caudas muito longas nas pipas, já que elas podem fiocar presas em algum lugar, como fios elétricos.
(Com informações de Felype Adms)

sexta-feira, 7 de julho de 2017

SUSSUARANA CONTRA A OPRESSÃO A DOMINAÇÃO E A MISÉRIA FALA O QUE NOSSO POVO QUE FALAR E NINGUÉM QUER OUVIR

PARÁ - CARRETAS CEGONHAS COM CARROS DO IBAMA, PEGAM FOGO!! EM REPRESÁLIA, IBAMA FECHA TODAS AS SERRARIAS NO SUDOESTE DO ESTADO!NORTON SUSUARANA

Chega de sofrer pela mão pesada do Estado, o mesmo que não sabe administrar nossos impostos, que não consegue dar educação, saúde e segurança, mas é pesado quando vai fiscalizar ações de terceiros, deixando, porém, suas obrigações ao léo e/ou em mãos de OGNs (os verdadeiros bandidos, em sua grande maioria!) e OSCIP e sempre dizendo que nossos trabalhadores são criminosos!!
Há muito tempo nossa região vem sofrendo com o descaso e total abandono do governo federal e estadual; são estradas intrafegáveis, colonos passando fome e necessidade por terem atendido a um pedido do governo federal na década de 70, com o famoso slogan 'Integrar para não entregar'. Porém, o Estado que permitiu a ocupação, agora vem destruindo patrimônio alheio através de bandidos travestidos de servidores do IBAMA, que tocam fogo nos maquinários e depois tiram fotos sorrindo. Essas operações têm sempre o acompanhamento da grande mídia do sudeste brasileiro, como Rede Globo e Folha de São Paulo.



E, como uma hora tudo cansa, principalmente quando se destrói um bem caríssimo por pura maldade, o troco vem à galope, sendo que o sinal desse cansaço vinha sendo dado desde Santo Antônio de Matupi/AM, que não permitiu a passagem e pouso de helicópteros na comunidade, conforme imagens ao lado.
Novo Progresso/Pa
Portanto, diante de tantas atrocidades dos servidores do IBAMA/ICMBio que, após queimarem serrarias, caminhões, dragas de garimpo, e outros maquinários, vão almoçar tranquilamente como se nada tivesse ocorrido, o povo resolveu utilizar das mesmas táticas do IBAMA/ICMBio e tocou fogo em duas carretas cegonhas, cada uma com oito viaturas, no posto de combustível de nome Glória, em Cachoeira da Serra, distrito de Altamira/PA, nesta madruga da do dia 07. O incêndio ocorreu perto da Floresta Nacional do Jamanxim, uma região onde o Ibama realiza fiscalizações constantes contra o desmatamento ilegal e garimpos irregulares. A área é disputada e recentemente esteve no centro de uma polêmica sobre a ocupação da Amazônia, graças a uma medida provisória que poderia mudar suas fronteiras.

O projeto foi muito criticado por ambientalistas e no dia 19 de junho, foi vetado pelo presidente Michel Temer, que resultou em protestos de produtores rurais da região, que chegaram a interditar a rodovia BR-163.


Os carros eram de uma empresa terceirizada, que levaria a frota para a sede do Ibama em Santarém, no oeste do Pará.

A destruição dos maquinários e serraria gerou muita comoção e revolta nas comunidades onde ocorreram essas barbaridades, principalmente em Moraes de Almeida que, apesar do agente do IBAMA prometer que não iria tocar fogo não serraria, não cumpriu tal promessa.

Em entrevista concedida a um jornal de Novo Progresso pela Coordenadora do IBAMA, Maria Luiza, esta afirma que bens apreendidos em local de difícil acesso serão destruído e a lei ampara. Ora, se o IBAMA/ICMBios podem alocar diversos helicópteros e viaturas para essas operações, como não podem retirar os maquinários? Sabe-se que a destruição obedece 'ordens' de ONGs, organizações em sua maioria usada para desviar recursos públicos, e que nunca colocaram os pés na região para saber as necessidades e carências de nosso povo!

Uma equipe da Polícia Federal será deslocada de Itaituba, que fica a 595 km da localidade de Cachoeira da Serra, para investigar o caso. O inquérito deve ser aberto na Polícia Federal de Santarém.

E, como é de praxe nas ações do IBAMA, TODOS os madeireiros serão penalizados por causa da queima dos carros!!!

Ibama bloqueia serrarias no sudoeste do Pará após atentado na BR-163


Brasília (07/07/2017) - A presidente do Ibama, Suely Araújo, determinou o bloqueio preventivo de todas as serrarias da região de Novo Progresso (PA) no sistema do Documento de Origem Florestal (DOF) após atentado ocorrido na madrugada desta sexta-feira (07/07) contra veículo que transportava caminhonetes do Instituto em Cachoeira da Serra, distrito de Altamira (PA), perto da divisa com o Mato Grosso. Equipes da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foram acionadas para apurar os responsáveis pelo crime e reforçar a segurança no eixo da BR-163.

O objetivo das medidas é garantir a ordem e assegurar a atuação dos agentes de fiscalização ambiental na região. O Ibama encaminhou à PF áudios e mensagens em que criminosos incitam a destruição de veículos e helicópteros do Instituto. As oito caminhonetes incendiadas seriam entregues à gerência-executiva do Ibama em Santarém (PA) para renovação da frota nas bases da BR-163. O contrato do Ibama com a empresa Locamerica prevê a troca dos veículos usados na fiscalização a cada dois anos. "Foi um atentado contra ação legítima do Estado brasileiro", disse o diretor de Proteção Ambiental , Luciano Evaristo.



Assessoria de Comunicação do Ibama
(61) 3316-1015

Julho deve ter altas temperaturas em todo Estado

Julho deve ter altas temperaturas em todo Estado (Foto: Mácio Ferreira/Ag. Pará)
Grande parte do Pará apresenta altas temperaturas e baixos volumes de precipitação no mês de julho. Segundo monitoramento climático feito pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), por causa da diminuição das chuvas e redução da nebulosidade, as temperaturas devem ser elevadas em todo o Estado, com máximas diárias podendo ultrapassar os valores médios em até 3°C.
Os valores máximos de chuva na faixa norte do Pará, em julho, ficarão entre 100 e 180 mm, distribuídos em pancadas de chuvas entre o fim da tarde e início da noite. A porção sul do Estado já apresentará período seco estabelecido, com precipitação neste mês de até 25 mm, valores bem reduzidos decorrentes do predomínio de massa de ar seco na região central do Brasil.
A região centro sul e extremo sudeste paraense deve registrar temperaturas máximas diárias entre 34ºC e 37ºC, já que a massa de ar seco provoca grande incidência de radiação solar, amplitude térmica e baixos índices de umidade do ar.
Calor 
Quem pretende viajar para as praias de Mosqueiro, em Belém, e Salinópolis e Marudá, no nordeste paraense, deve ficar atento às altas temperaturas. Nos três balneários, as máximas alcançarão valores em torno de 32ºC a 33ºC. O valor médio mensal de ocorrência de chuva nessas áreas é de 217,4 mm, 129,9 mm e 136,6 mm, respectivamente. 
Em Belém, os valores máximos de temperatura devem oscilar entre 33ºC e 34ºC, com média pluviométrica próximo de 200 mm. Na Praia de Ajuruteua, em Bragança, as chuvas apresentarão valores próximos de 168,4 mm no mês, e os termômetros podem indicar até 32ºC.Segundo o diretor de Meteorologia e Hidrologia da Semas, Antônio Sousa, o Pará, entre os meses de novembro a abril, em média, tem o período de maior ocorrência de chuvas. De maio a outubro é observada a menor quantidade mensal de chuva em grande parte do Estado. “A redução da nebulosidade e das chuvas contribui diretamente para o aumento das temperaturas máximas diárias”.
Dados divulgados pelo Centro Integrado de Monitoramento Ambiental e a Diretoria de Meteorologia e Hidrologia da Semas confirmam que julho é marcado pelo início do período mais crítico de ocorrências de queimadas. As condicionantes climáticas atuais ajudam no desencadeamento e na propagação do fogo. O mês apresenta em média 1,2 mil focos de queimadas. Até o dia 5, foram registrados 74 focos. A maior quantidade registrada para este mês foi de 4.436 focos, em 2004.
(Com informações da Agência Pará)

NO AR!!!

O MUNDO MODERNO ESTÁ AQUI!
#COMPRESHOCKONLINE

FRETE GRÁTIS ACIMA DE R$ 200,00

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Presa há 15 anos, Ricthoffen quer deixar presídio

Presa há 15 anos, Ricthoffen quer deixar presídio (Foto: Reprodução)
Presa há 15 anos, Suzane von Ricthoffen, de 33 anos, pediu à Justiça para sair do regime semiaberto para o aberto. Ela foi condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, em 2002, em um crime que chocou o Brasil.
No pedido, que tramita sob sigilo, os defensores públicos que fazem a defesa de Suzane argumentaram até que ela foi pedida em casamento, além de enumerar outros motivos para a progressão, como bom comportamento e pontualidade no trabalho de corte e costura que executa dentro do presídio de Tremembé.
Em um documento anexado ao pedido, a diretora do presídio, Eliana Maria de Freitas, a quem Suzane chama de “mãe”, declara que Ricthoffen é uma presa de “comportamento exemplar”.
MANIPULADORA
No entanto, um pedido de progressão de pena de Suzane já havia tido um parecer negativo, em 2009, pelo promotor Paulo José de Palma, do Ministério Público, em Taubaté. O novo pedido também está na mesa de Paulo.
O promotor é considerado rigoroso em seus pareceres e negou o primeiro pedido porque um teste psicológico chamado Rorscharch, que revela traços importantes da personalidade, aplicado em Ricthoffen, descreveu a detenta como dotada de “egocentrismo elevado” e “agressividade camuflada”, além de ser “manipuladora, insidiosa e narcisista”.
No entanto, outro teste criminológico aferiu que ela, uma vez solta, não voltaria a cometer crime semelhante.
NOVA CHANCE
Há aproximadamente um ano, em agosto de 2016, o promotor afirmou à reportagem da revista “Veja” que Suzane merece uma chance de voltar a viver em sociedade.
“O resultado do teste de Rorscharch é interessante, mas essas são características da personalidade da Suzane e não representam risco à sociedade. Para sabermos se ela realmente está apta a viver aqui fora, precisamos analisar outros elementos. Por exemplo: ela é uma presa que trabalha duro dentro da penitenciária. Isso conta ponto a seu favor”, disse o promotor na entrevista.
A tendência manipuladora de Suzane ficou evidente em 2014, quando ela passou a ter direito ao regime semiaberto. Surpreendentemente, ela pediu para continuar no regime fechado. Ao investigar o que estava por trás dessa atitude atípica, psicólogos do sistema penal descobriram que Suzane não quis deixar a cadeia simplesmente porque não tinha para onde ir.
No entanto, pouco tempo depois, ela fez amizade com uma colega de cela, Luciana Olberg, condenada por estuprar duas crianças de três anos juntamente com o namorado. Para ajudar a amiga, Luciana apresentou o irmão, Rogério Olberg, que se interessou por Suzane. Os dois namoraram e já estão planejando o casamento.
Fora da cadeia, Suzane pensa em montar uma confecção, já que ganhou três máquinas industriais de costura do apresentador Gugu Liberato, há um ano, quando deu uma entrevista a ele.
O problema é que a ex-namorada de Suzane, Sandra Regina Ruiz, conhecida como Sandrão, confiscou o maquinário e disse que só entregará os equipamentos na Justiça.
(Com informações do MSN)

IMAGINA EM JACAREACANGA!

Em queda, combustível no Pará é o 3° mais caro (Foto: Divulgação)

Em queda, combustível no Pará é o 3° mais caro

Após seguidos reajustes desde o ano passado, o preço dos combustíveis (Gasolina , Diesel-S10 e  Etanol) comercializados em postos do Pará fecharam em queda no fim do primeiro semestre deste ano, informou o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).
Para se ter uma ideia, em dezembro de 2016 a Gaolina comum foi comercializada em média a R$4,050; em janeiro subiu para R$ 4,095. Já no mês passado , custou cerca de R$3,858, com os preços variando entre R$3,379 e R$ 4,670. Assim, a queda registrada foi de 4,74.
Já o litro do óleo Diesel, em dezembro custava a R$3,445; em janeiro chegou a R$3,527 e no mês passado foi comercializado em média a R$3,311, com os preços variando entre R$2,880 e R$ 3,850, apresentando queda de 3,89%.
Por fim, o litro do Etanol em dezembro de 2016 foi comercializado em média a R$3,694, em janeiro custou R$3,758 e, no mês passado, ficpu a a R$3,552, com os preços variando entre R$ 2,999 e R$ 3,999, apresentando queda de 3,84%.
Apesar das discretas quedas, os paraenses continuam adquirindo no Estado a terceira gasolina mais cara do pais. Em média, o preço da gasolina é mais caro no Acre, custando em média R$4,150, seguida do Estado do Rio de Janeiro custando em média R$3,921. O Pará aparece em seguida, custando em média R$ 3,858, seguido do Ceará (R$ 3,839) e Rondônia (R$ 3,776). 
(Com informações do Dieese)

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Agressão de advogado a jornalista causa revolta em Santarém

O ato violento executado pelo advogado Alexandre Paiva, contra a jornalista Dominique Cavaleiro aconteceu no início da tarde de quarta-feira (28), em frente à 16ª Seccional de Polícia Civil.
A repórter do site G1/Santarém realizava a cobertura jornalística da prisão do cliente de Alexandre, fotografando com o aparelho celular, o momento em que o preso estava sendo conduzido em direção da viatura policial, quando o advogado iniciou agressão, dando tapa violento na mão da jornalista, a pancada foi tão forte que o celular da jornalista caiu no chão. Insatisfeito, Alexandre Paiva ainda deu um chute no aparelho.
Diante do ocorrido, a jornalista registrou Boletim de Ocorrência. A agressão está sendo apurada pelo delegado de Polícia Civil Herbert Farias Júnior, que deverá convocar a vítima e suspeito para subsidiar as investigações do caso.
A notícia causou indignação e revolta não somente nos profissionais da imprensa, como em toda população, que vê em tal ato, uma forma violenta de tentar calar a imprensa.
O jornalista Edy Portela, apresentador do Programa Patrulhão da Cidade, classificou o caso como uma verdadeira covardia, afirmando que o ato praticado por Alexandre Paiva demonstra a sua incompetência em defender o cliente.
“Covardia isso. Eu me solidarizo com a colega jornalista Dominique. O advogado que parte para violência, visando proteger a imagem de seu cliente é um covarde e incompetente. Pois assim assume que não tem capacidade de defender por intermédio das normas legais”, disse Portela.
Sindicatos representantes da categoria divulgaram Nota de Repudio, e por todo dia de hoje (29), devem encaminhar denúncia aos órgãos competentes. Na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), será realizada uma representação contra o advogado, solicitando a abertura de processo disciplinar.
Acompanhe abaixo a integra das notas dos Sindicatos:
NOTA DE REPÚDIO
O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão de Santarém e Região se solidariza com a profissional , Dominique de Nazaré Cavaleiro Macêdo, de 27 anos, que atua como repórter pelo Globo Esporte e G1 em Santarém, pelo ato violento sofrido durante cobertura jornalística da prisão do advogado Osmando Figueiredo, decretada por agredir e ameaçar a ex-companheira, Elaine Castro, e descumprir a medida protetiva estabelecida pela justiça a favor da mesma.
O ato violento contra a repórter aconteceu na tarde de hoje, em frente a Delegacia de Polícia Civil de Santarém,  durante a realização de imagens, através do seu próprio celular. Dominique foi agredida na mão com um tapa, teve o aparelho jogado ao chão, e também chutado, sendo assim danificado. Um Boletim de ocorrência do fato já foi registrado contra o Advogado  Alexandre Paiva, que defende Osmando Figueiredo, e realizou as agressões contra a repórter.
O Sindicato dos Radialistas de Santarém repudia os atos de violência contra os profissionais da imprensa, os quais se configuram claramente como ataques à liberdade do exercício profissional.
O atentado a profissional Dominique Cavaleiro, significa um abuso de poder contra toda a imprensa, uma tentativa de corromper o direito do povo em conhecer as verdades dos fatos que se passam em nossa sociedade.
NOTA DO SINJOR-PA
O Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor-PA), por meio da Diretoria Regional do Tapajós (DRTap/Sinjor-PA), solidariza-se com a jornalista Dominique Cavaleiro, repórter e editora do G1 Santarém, que foi agredida, nesta quarta-feira (28), pelo advogado Alexandre Paiva, em Santarém.
A agressão aconteceu, na porta da 16ª Seccional de Polícia Civil, durante a cobertura da transferência de um outro advogado, que está preso por ser acusado de ameaçar sua ex-mulher e tentar esfaquear um amigo dela. A jornalista fazia o registro fotográfico com celular, quando Alexandre Paiva deu uma tapa na mão dela, tomou o aparelho e o chutou, danificando-o.
O Sinjor-PA repudia veementemente todo tipo de violência contra jornalista e de cerceamento ao exercício profissional, assim como a violação do direito de acesso à informação pela sociedade. Por isso, enviará ofício à Delegacia Geral da Polícia Civil pedindo celeridade na conclusão do inquérito para que o responsável seja punido.
Por fim, o Sinjor-PA pede os jornalistas vítimas de cerceamento ou violência que denunciem imediatamente ao Sindicato para que o caso seja notificado e medidas necessárias sejam tomadas.
Fonte : RG 15 / O Impacto

...E JACAREACANGA MINISTRO? ESSA PORRA AQUI, NÃO É PARÁ?

A imagem pode conter: texto

Pará é beneficiado com caminhões coletores de lixo

Vinte municípios da região sul e sudeste do Pará serão contemplados com 25 caminhões coletores de lixo doados pelo Governo Federal. A cerimônia de entrega ocorre neste sábado (1º), às 11h, em Marabá.
Os equipamentos, adquiridos por meio de recursos de emenda da bancada parlamentar paraense, são parte de um conjunto de medidas adotadas pelo Ministério da Integração Nacional para melhorar os serviços e a qualidade de vida da população na área de limpeza urbana.
Dentre os municípios contemplados estão: Abel Figueiredo, Bom Jesus do Tocantins, Conceição do Araguaia, Camaru do Norte, Eldorado dos Carajás, Floresta do Araguaia, Goianésia do Pará, Jacundá, Marabá, Novo Repartimento, Pacajá, Piçarra, Redenção, Rio Maria, Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, São Geraldo do Araguaia, Tucuruí e Santa Maria das Barreiras.
Nos próximos meses, mais 70 caminhões serão entregues às cidades das demais regiões do Estado, totalizando 104 equipamentos de coleta de lixo.
Em maio deste ano, 46 caminhões-caçamba foram entregues para 41 Prefeituras do Estado, em uma cerimônia realizada na capital paraense. Foram investidos R$ 40 milhões em 164 veículos.
Além disso, até o final do ano, mais 14 lanchas chegarão aos municípios necessitados.
A cerimônia de entrega contará com a presença do ministro Helder Barbalho, de deputados federais e estaduais, e de prefeitos das cidades contempladas.
(DOL)

quarta-feira, 28 de junho de 2017

-QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

Objeto cai do céu em zona rural de Anapu

Objeto cai do céu em zona rural de Anapu (Foto: Reprodução)
Cerca de dois meses depois que um objeto caiu do céu no município de Itupiranga, sudeste paraense, foi a vez dos moradores de Anapu, sudoeste paraense, ficarem assustados com o aparecimento de uma estrutura em uma área de mata na zona rural do município na madrugada desta terça-feira (27). Não houve feridos no incidente.
De acordo com informações do site “O Xingu”, o objeto caiu próximo a residências no vicinal Manoel Baiano, localidade a 10 quilômetros de Anapu, em uma área de capoeira. No chão da mata, ficaram espalhados os pedaços de placa solar e fiações elétricas.
As suspeitas são de que o objeto é um aparelho pertencente à empresa norte-americana Google e que faz parte do projeto “Loon”. O equipamento seria responsável por levar conectividade a comunidades isoladas.
Em dezembro de 2016, um balão também caiu no estado do Piauí. Na época, a Google confirmou o acidente e “pediu desculpas pela surpresa”, além de informar que uma equipe treinada fez a remoção do objeto. Piauí foi o primeiro estado brasileiro a receber o projeto de internet da Google.
Em fevereiro deste ano, um equipamento parecido também caiu a 113 quilômetros de Manaus, no Amazonas, em uma área de mata.
(Com informações do site O Xingu)

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Moro condena Palocci a 12 anos de prisão

Moro condena Palocci a 12 anos de prisão (Foto: Divulgação)


O ex-ministro Antonio Palocci (PT) foi condenado nesta segunda-feira (26) pelo juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância. Palocci, que ocupou as pastas da Fazenda, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e da Casa Civil, na gestão de Dilma Rousseff (PT), foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Preso desde setembro de 2016, Palocci foi denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal) em outubro do mesmo ano acusado de participação em um esquema de corrupção envolvendo a empreiteira Odebrecht envolvendo contratos de sondas com a Petrobras. Ele negocia um acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato.

No mesmo processo, também foram condenados Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empreiteira; o casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura; e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.


Veja a relação de condenados:

Marcelo Odebrecht: corrupção ativa e lavagem de dinheiro
João Santana: lavagem de dinheiro
Mônica Moura: lavagem de dinheiro
João Vaccari Neto: corrupção passiva
Eduardo Costa Vaz Musa: corrupção passiva
José Carlos de Medeiros Ferraz: corrupção passiva
Renato de Souza Duque: corrupção passiva
Hilberto Mascarenhas: lavagem de dinheiro
Fernando Migliaccio da Silva: lavagem de dinheiro
Luiz Eduardo da Rocha Soares: lavagem de dinheiro

Olívio Rodrigues Júnior: lavagem de dinheiro
Marcelo Rodrigues: lavagem de dinheiro

Na sentença, Moro diz que a prática do crime corrupção envolveu o pagamento de US$ 10,2 milhões, "o que é um valor bastante expressivo". "Além disso, o crime insere-se em um contexto mais amplo, revelado nestes mesmos autos, de uma conta corrente geral de propinas com acertos de até R$ 200 milhões."
O juiz diz ainda que os valores "serviram para remunerar, sem registro, serviços prestados em campanhas eleitorais, o que representa fraude equivalente em prestações de contas eleitorais".
O juiz diz que a culpabilidade de Palocci é "elevada" porque ele agiu enquanto ministro-chefe da Casa Civil do governo Dilma, "um dos cargos mais importantes e elevados na administração pública federal".

A denúncia

Palocci, segundo o relato dos investigadores, interferiu na licitação da Petrobras sobre 21 sondas a fim de que os contratos beneficiassem a Odebrecht.
"Entre 2006 e 2015, Palocci estabeleceu com altos executivos da Odebrecht um amplo e permanente esquema de corrupção destinado a assegurar o atendimento aos interesses do grupo empresarial na alta cúpula do governo federal", apontou o MPF.
A propina vinda dos desvios tinha como destinatário principal o PT, de acordo com os procuradores, que pediram a condenação do ex-ministro. Palocci geria a conta usada pela Odebrecht para pagar o partido, segundo a denúncia. O esquema teria movimentado ao menos US$ 10 milhões.


(Com informações do portal UOL)

domingo, 25 de junho de 2017

OLAVO DAS NEVES É PERSONA NON GRATA EM ITAITUBA

“Tiremos a bunda da cadeira e vamos lá discutir... E não estou aqui defendendo este ou aquele governo... Apenas provocando vcs para se vestirem de homens e mulheres e puxarem o protagonismo para vcs...”

Foi com as palavras acima que se pronunciou o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado do Pará-Codec, Olavo das Neves, iniciando as provocações na mídia social WhatsApp no grupo Empresarial de Itaituba, no início da manhã de 8 de junho de 2017, quase 2 anos de silêncio e inércia após ter assumido o compromisso de trabalhar pelo desenvolvimento de toda região.


sexta-feira, 23 de junho de 2017

PIS/Pasep está disponível para saque até o dia 30

Quem trabalhou com a carteira assinada em 2015 pode ter direito a receber um dinheiro extra este ano: termina na sexta-feira (30) da semana que vem o prazo para saque do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), relativo ao ano-base 2015. O valor pode chegar a R$ 937, patamar atual do salário-mínimo.
Têm direito ao abono os trabalhadores inscritos nos programas há pelo menos cinco anos e que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2015, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. É necessário ainda que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
Até 31 de maio, 1,83 milhão de trabalhadores ainda não haviam sacado o abono, o equivalente a 7,56% do total com direito ao saque. Segundo o Ministério do Trabalho, este é o balanço mais recente disponível. Passado o prazo para o saque, os valores não requeridos são destinados ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). 

O v
PIS/Pasep está disponível para saque até o dia 30 (Foto: )
alor a que o trabalhador tem direito pode variar de R$ 78 a R$ 937, dependendo de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2015. O abono PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e o Pasep pelo Banco do Brasil. O primeiro destina-se a trabalhadores do setor privado e o segundo a servidores públicos.
Para sacar o PIS, o trabalhador que tiver Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Caso não tenha o cartão, pode receber o valor em uma agência da Caixa apresentando documento de identificação. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 726 0227.
Os servidores públicos com direito ao Pasep devem verificar se houve depósito em conta. Caso isso não ocorra, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo número 0800 729 0001.
(Agência Brasil)

Força Nacional deve combater a violência no Pará?

Apesar dos esforços do ministro da Integração Nacional Helder Barbalho, que no início deste mês solicitou ao ministro da Justiça Torquato Jardim,  intervenção federal para combater a grave crise de segurança pública instalada no Pará, com presença da Força Nacional de Segurança ou do Exército Brasileiro, o Governo do Estado preferiu não reconhecer a incapacidade de controle da situação e aceitar a ajuda da União.

O triste retrato da violência no Estado reflete diretamente o descaso de ações efetivas de segurança pública a favor da população e foi revelado ontem no lançamento do Atlas da Violência 2017, que traz dados consolidados de 2005 a 2015 em todas as unidades da Federação.

Pará está entre os cinco Estados mais violentos do Brasil e Altamira é apontada como a mais violenta entre as 304 cidades com mais de 100 mil habitantes. Com o total de 116 homicídios em 2015, o que representa uma taxa de 107 por 100 mil habitantes, Altamira supera em mais de três vezes a média nacional, que é de 28,9 homicídios por 100 mil habitantes. 
Há quase um mês, um confronto entre supostos invasores de terra e policiais militares e civis terminou em tragégia, com 10 mortos, na fazenda chamada Santa Lúcia, localizada no município de Pau D'Arco, distante cerca de 50 km de Redenção, no sudeste paraense.

Um dos casos de violência mais recentes na capital paraense foi a chacina na Rua Nova Segunda, no bairro do Condor, em Belém, entre as ruas Tupinambás e Apinages. Ao menos 5 mortos e 15 pessoas feridas, incluindo duas crianças, foi o saldo de uma noite de terror que começou por volta das 22h da última terça-feira (6).

Diante de todo este panorama de violência, você é a favor da vinda da Força Nacional para ajudar no combate da onda de violência no Pará? Deixe seu comentário, o DOL quer saber sua opinião! 

(DOL)

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Educação do Pará é a pior do Brasil

Educação do Pará é a pior do Brasil (Foto: Daniel Costa)
O Pará mais uma vez aparece em pesquisas como o pior do país, desta vez na área de educação. O Estado tem a mais alta taxa de evasão em todas as etapas de ensino, chegando a 16% no ensino médio, ante 12% da média nacional. É o que aponta o Censo Escolar, que contém os indicadores de fluxo escolar, divulgado pela primeira vez pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e Ministério da Educação.
É o segundo levantamento feito em um intervalo de poucos dias onde o ensino paraense tem destaque negativo. Dados do Unicef também apresentados essa semana apontam que o Estado tem mais de 8% de crianças e adolescentes com 4 a 17 anos fora das escolas. São quase 176 mil pessoas em idade escolar e que não estão devidamente matriculadas. Nos anos iniciais do ensino médio, a ausência da escola é ainda maior: 25%, e nos anos finais chega a 13%. 
A longa distância e o isolamento de comunidades ribeirinhas é visto por especialistas do Inep como um fator a ser considerado no indicador do Pará, que chega a 16% no ensino médio e está acima da média nacional ao longo de todos os anos escolares. 
REPETÊNCIA
O Estado do Pará também é destaque negativo em outo indicador do Censo Escolar, que analisa a promoção e repetência do ensino médio. O Pará só perdeu para a Bahia, por muito pouco, nos anos iniciais e ficou entre os cinco piores nos anos finais do ensino médio, respectivamente com 13% e 15% de repetência entre os matriculados.
“Há um descaso e um total abandono da rede de escolas públicas do Pará. A gente vê milhões sendo gastos em propaganda do Governo do Estado na TV, mas nas escolas a realidade é outra: professores mal pagos, falta de merenda, escolas depredadas, altos índices de violência. Como o Poder Público pretende segurar a criança e o adolescente na escola dessa maneira?”, indaga o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Estado do Pará, Williams Antonio da Silva. O Sintepp realiza nesta quinta-feira (22) a Marcha em Defesa da Educação Pública, em Belém.
A secretária de Educação do estado, Ana Cláudia Hage, foi procurada, mas não retornou ao pedido do DIÁRIO.
Estudante é esfaqueado dentro da escola estadual em Belém (Foto: Divulgação)

Segundo o MEC, Pará é o Estado com maior evasão escolar de todo o país (Foto: Divulgação)

Professores estaduais paralisam hoje
Com uma pauta de reivindicações que aborda desde o cumprimento do piso salarial até a estrutura das escolas, professores da rede estadual de ensino paralisarão as atividades nesta quinta-feira (22). A ideia da categoria é se dirigir até a sede da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para exigir uma audiência. A expectativa é de que mais de 90% das escolas da Região Metropolitana de Belém se juntem ao movimento.
Coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), Alberto Andrade explica que a ideia é não encerrar o semestre sem lutar pelos direitos que há tempos a categoria já vem cobrando. “O Governo continua não cumprindo a lei do piso, a estrutura das escolas só vem se agravando”.
Entre os pontos de pauta, o mais recente se refere à questão da lotação dos professores. Alberto explica que várias turmas estão sem professores em algumas disciplinas porque o Governo do Estado teria criado uma regra que impede que os professores lecionem em disciplinas que não sejam as quais eles
foram aprovados em concurso público.

Governo do Estado reduz investimentos na educação básica 
O Governo do Pará reduziu investimentos da Educação. Do total de recursos para educação básica, apenas 1,7% foi destinado a investimentos no ano passado. É o que revela o quadro da execução financeira do exercício de 2016 do Plano Plurianual (PPA) 2016/2019.
Das 38 obras programadas para construção no ano de 2016, 14 estão em andamento, 16 estão paralisadas e em fase de revisão e adequação de contratos, enquanto que oito não foram iniciadas. Também em relação às metas de reforma e ampliação de unidades escolares, o desempenho no ano passado ficou abaixo do previsto. Registram-se 57 obras, em onze regiões, não iniciadas. Outras 81 obras estão paralisadas.
“Há escolas sendo reformadas há mais de sete anos. Nunca termina, nem se pensa em construir novas”, garante Wiliams Silva, dirigente do Sintepp.
(Kelly Lima e Cintia Magno/Diário do Pará)

segunda-feira, 19 de junho de 2017

-QUE CULTURA!!!

HERRAR É UMANO

Homem atropela onça e é atacado em Santarém

Um casal foi atacado por uma onça em Santarém, no Pará, quando Nilson Pinto, 51 anos, e a esposa, que não teve o nome identificado, trafegavam de motocicleta entre as comunidades Laranjal e Arapixuna, na manhã deste domingo (18).
O animal teria atravessado na frente do veículo, derrubando os ocupantes da moto. Com a batida, a onça avançou no casal. O homem teve ferimentos graves no rosto e um trauma no tórax. Já a mulher, machucados leves.
Há suspeita de que Nilson tenha tido traumatismo craniano. Ele chegou a ser atendimento no percurso para o hospital e foi levado para a sala de reanimação. O quadro clínico das vítimas não foi informado.
DOL

sexta-feira, 16 de junho de 2017

TERROR EM NOME DA LEI

ITAITUBA/PA - PARA NÃO 'PERDEREM' VIAGEM, IBAMA E ICMBIO TOCAM FOGO EM DRAGA E PC! TAMBÉM INCENDIARAM SERRARIA EM MORAES DE ALMEIDA

Draga criminosamente incendiada pela Operação Burlesco
As cenas de uma draga, balsa para extração de ouro avaliada em mais de R$1.5 milhão queimando, em mais uma atitude arbitrária do IBAMA e ICMBio para com os garimpeiros, povo que se embrenha nas matas, tal qual os bandeirantes na época colonial em busca de riquezas, e toda a economia de Itaituba, correu o Brasil, causou muita indignação na população itaitubense, que tem na atividade garimpeira o sustentáculo de sua economia.
Mas o que vai causar indignação, é o que se relata abaixo!
Imagem extraída de vídeo da TV Liberal/Globo
Imagem extraída de vídeo da TV Liberal/Globo
A Operação Burlescoque atuou nas Florestas Nacionais (FLONAS) do Jamanxim e Itaituba foi integrada por servidores do IBAMA e do ICMBio de Brasília, com apoio policial do Batalhão de Polícia Ambiental do Pará-BPA, além de contarem com o apoio aéreo de dois helicópteros, que veio com seus mecânicos. E, como 'convidados', repórteres!!!
Imagem extraída de vídeo da TV Liberal/Globo
Policiais Militares do Pará
Imagem extraída de vídeo da TV Liberal/Globo
Apesar de ter sido divulgado pela imprensa em geral que agentes da Polícia Federal-PF estavam nessa Operação, em momento algum houve apoio da PF, seja de Itaituba ou de outra parte do Brasil. Porém, alguns agentes da PF de Itaituba apenas, e tão-somente, deslocaram-se até a comunidade do Aruri (BR-163, sentido Trairão/PA), lá ficando baseados para custodiar os presos da Operação até o presídio de Itaituba. Ou seja, não adentrou no mato com a Operação Burlesco!
Aqui fica uma pergunta: Por que os policiais da PF, que costumeiramente acompanhavam tais operações, não estavam presente nessa Operação?
A resposta: Estão cansados de servirem de alvo por causa dessas barbaridades cometidas pelos servidores do IBAMA e ICMBio, pois os PFs recebem toda a culpa  pela destruição dos patrimônios dos garimpeiros quando, na verdade, quem procede toda a destruição dos equipamentos são esses servidores inescrupulosos!
Originalmente, a Operação Burlesco era para destruir um garimpo de cassiterita (que é o mais importante e praticamente o único minério de estanho que se explora), de baixo valor econômico, e apreender todo o equipamento utilizado na garimpagem. Porém, desde o início, a Operação Burlesco deu errado pela parte da logística, pois os servidores do IBAMA e do ICMBio não contavam com o tempo ruim para voos; os helicópteros era para levantarem voo até às 8h mas, devido ao mal tempo, somente por volta das 10h30min as aeronaves levantaram voo com destino ao garimpo de cassiterita. Nesse intervalo, ficaram fazendo vôos de ‘reconhecimento’ pela cidade de Itaituba. Mas deu errada porque, principalmente, a Operação ‘vazou’.

Imagem: WhatsApp
OPERAÇÃO 'VAZA'
Um ex-morador de Itaituba, ligado ao meio mineral, vendeu essa informação sobre a Operação Burlesco a alguns empresários do ramo minerário e, quando os integrantes da malfadada Operação Burlesco, acompanhados de policiais do Batalhão de Polícia Ambiental do Pará-BPA, chegaram ao local do garimpo de cassiterita (imagem acima), não havia mais qualquer atividade, pois os maquinários tinham sido retirados pelos garimpeiros, que deixaram a área limpa, e os diligentes servidores do IBAMA e ICMBio a ‘ver’ navios, pois não tinha uma viva alma para receber o pessoal da Operação Burlesco, como se comprova pela imagem acima dos do PBA e integrantes da Operação andando por um garimpo desabitado.
PC incendiada - Imange: Whastapp
Entretanto, como a Operação Burlesco tinha a companhia de repórter da Rede Globo e do Estadão (jornal de São Paulo de grande circulação), o pessoal do IBAMA e ICMBio para não 'perder' a viagem e, quem sabe uns 'trocados' das empresas jornalísticas em troca de mais um furo ambiental, tocaram fogo na draga do sr. Luís Barbudo e em uma máquina retroescavadeira (também conhecida por PC).
A TV Liberal, afiliada da Rede Globo em Belém, foi a primeira a noticiar, com vídeo, a Operação Burlesco, inclusive falando que foram encontrados homens trabalhando de forma análoga à escravidão. Quanto uma emissora de TV paga para acompanhar uma Operação dessa envergadura e ter um furo de reportagem e, principalmente, qual o acordo entre o IBAMA e ICMBio?
Diante de tanta barbaridade que vem há muito tempo ocorrendo em nossa região, perpetrada por quem deveria fiscalizar, orientar, normatizar a atividade garimpeira, que é de utilidade pública, conforme  a CF/88 e, portanto legalizada, o blog entrevistou o advogado especialista em Direito Minerário e minerador, Dr. José Antunes, declarando este, em resumo, que os bens não podem ser destruídos pois, após termino do processo, tais bens podem integrar o patrimônio da União; bens esses de alta valor agregado.
Abaixo, veja a entrevista com o Dr. José Antunes, vice presidente da Associação dos Mineradores de Ouro do Tapajos-AMOT.

Revela Dr. Antunes que o principal problema que afeta nossa região é uma lei que o Ministro do Meio Ambiente, Zequinho Marinho tenta aprovar, lei essa que irá dificultar em muito o trabalho dos mineradores de ouro da região aurífera do Tapajós. Nossa representantes políticos precisam olhar com urgência para nossa região!
O blog entrou em contato com a advogada do sr. Luís Barbudo, informando essa que seu cliente irá representar/processar o IBAMA e ICMBio, mas não disse qual será essa ação.

IBAMA COLOCA FOGO EM SERRARIA EM MORAES DE ALMEIDA

No quarta-feira, 14, uma força tarefa do IBAMA com o intuito de acabar com os empregos na região da distrito de Moraes de Almeida, pertencente à cidade de Itaituba, sudoeste do Pará, tocou fogo em uma serraria, revoltando a população que, infelizmente, assistiu tudo passivamente a violência e barbaridade praticadas por agentes do IBAMA.


Esse pessoal do IBAMA é tão cínico que, apesar de dizer à população que não iria tocar fogo na serraria porque havia risco de o incêndio se propagar. Porém, covardemente, tocaram fogo na serraria, causando mais um enorme prejuízo para o dono da serraria, funcionários e a comunidade de Moraes de Almeida.
Conforme a redação do Jornal Folha do Progresso, eles estão desde o inicio da semana no distrito, e já aprenderam caminhões, tratores, multaram e nesta quarta-feira(14), após fiscalizarem uma empresa madeireira, atearam fogo nas máquinas.
A operação é coordenada pela gerente do órgão de Santarém Maria Luiza Gonçalves de Souza (Malú) e conta com apoio de agentes ambientais do Ibama, ICMBio, Força Nacional e SEMA/PA.

Quem dará um basta a essa violência? Até quando esses crimes ambientais perpetrados pelo IBAMA e ICMBios ficarão impunes?
Por que os aviões, carros, joias e outros bens apreendidos de traficantes de drogas não são destruídos?

Agentes do Ibama em felizes da vida com mais uma destruição e posam sorridente para foto (Interne)
Blog doNorton Sussuarana
Titulo RP
___Remendo R
Eis o avesso do avesso do avesso, enquanto nossas autoridades politicas do país  rapinam em Brasilia as reservas da economia ja combalida pela ladroagem desenfreada, outras autoridades que valorizam mais um pé de massaranduba que uma vida humana, roubam a esperança e sonho do povo trabalhador da Amazônia, e para ser mais trágico que cômico, depois da famigerada ação em nome da lei pousam felizes com o troféu conquistado ao lado transformado em cinzas. 

É facil pressupor que antes da incineração dos equipamentos, foram retirados desses, alguns parafusos para servirem de lembranças ou amuletos, souvernis de uma façanha covarde que deixará em consequência centenas de famintos, vez que o trabalhador que perdeu seu equipamento não poderá mais operar o sustento de sua familia atraves da atividade que exercia, e buscará outros provedores para sua existência e dos seus, para pagar a prestação de seu equipamento destruído e reduzido à cinzas, provedor para colocar a mesa com grude aos famintos filhos que perambularão o dia todo alimentando esperanças já perdidas, alvo fácil para a exclusão social total.

Quem sabe esses desesperançados homens torçam para o Lula ser preso logo com a finalidade de colocarem sua prole agitando bandeiras vermelhas e com pedras de atiradeiras nos movimentos da CUT  em troca de mortadela e pão. 
-Nunca vi Mortadela fazer mal pra ninguém! só se for um tiquinho assim!

SOMOS UM PAÍS DE DESIGUAIS MESMO, ENQUANTO OS DEFENSORES DA LEI SORRIEM POSANDO COM O TROFÉU AO LADO SENDO EXIBIDO, COMEMORANDO SUAS BRAVURAS; AONDE ANDARÁ OS FUDIDOS DOS TRABALHADORES QUE PERDERAM SEUS SONHOS E O DOMÍNIO DE SEUS ASSISTIDOS QUE PELA AÇÃO PREDATORIA QUE SOFRERAM   IRÃO SE DISPERSAR SEM RUMO, SEM LENÇO E SEM DOCUMENTO?

FODAM-SE DIRÃO ELES! A LEI É PARA SER CUMPRIDA
...E QUEM FAZ AS LEIS PERGUNTARÃO E A RESPOSTA SOARÁ COMO UMA PIADA: OS NOSSOS POLÍTICOS QUE ESTÃO ROUBANDO A NAÇÃO LA EM BRASILIA.