RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

A ONÇA SUSSUARANA RUGE - ELEIÇÃO DA CÂMARA FOI A PESO DE OURO

ITAITUBA
Há muito que nossos vereadores fazem, em época de eleição da Mesa Diretora, uma verdadeira farra monetária, mas nenhuma comparada com a eleição deste ano de 2018, que elegeu a Mesa Diretora para o biênio 2019/2020.
Resultado de imagem para imagem de barras de ouro


E este ano a farra da compra de votos para a eleição da Câmara de Itaituba se deu à base do ouro, literalmente, pois, apesar de umas bocas falaram, no dia da eleição, que uns vereadores receberam uma média de R$30 mil. Porém, em algumas conversas com pessoas do metiér legislativo, chegou ao conhecimento do blog de que a compra desses vereadores chegou à 'pequena' soma de R$1.200.000,00. Isso mesmo, leitor: Um Milhão e Duzentos Mil Reais. E toda essa farra logo depois da 'batida' da Polícia Federal em diversas casas de compra de ouro, quando a PF bloqueou bens de envolvidos na ordem de R$187 milhões. por causa da procedência ilegal desse ouro; tem minerador que despesca 400 quilogramas de ouro por mês. Suspeita-se que também seja dessas áreas protegidas.

Teve vereador mais 'fominha' que levou quase R$150 mil.

A eleição foi um verdadeiro circo que deixou cair muitas máscaras; tinha vereador com vários indicados com vargo na Prefeitura, mas que estavam cheios de si, cheios de ética, abarrotados de vontade 'democrática' e de bolso cheio do dinheiro do ouro.

Foi um verdadeiro espetáculo circense digno dos melhores circos.


Antes da eleição da Mesa Diretora, o prefeito Valmir Climaco foi convidado por uma vereadora para participar de reunião na casa desta, com a presença de vários vereadores; o prefeito se negou a participar porque não queria ser chantageado; em conversas com alguns assessores do prefeito, esses disseram que a Câmara de vereadores será tratada como uma instituição. Ou seja: não haverá mais parceria; cada Casa cuidará de seus problemas.

Entre pagar uns vereadores para manter a 'ética' e a 'moral' e cuidar da saúde do município, o prefeito preferiu cuidar do povo itaitubense.

O resultado da compra da eleição da Câmara atendeu à vontade de um grupo político-minerador que quer fazer oposição ao atual prefeito, Valmir Climaco, grupo este que não vem medindo esforços e se articula até em nível senatorial para fazer frente ao grupo político de Valmir; a preocupação não é com Itaituba ou o futuro de nossa cidade, mas egos inflados, que em pouco, ou quase nada, ajudam nossa cidade.


A não reeleição de um certo senador, foi um grande balde de água com gelo nesse grupo minerador, que tentava dar um grande passo, bem maior que as pernas.

Ah, parece que a população acendeu o botão de alerta já nesta eleição, tendo em vista que um certo deputado reeleito, que contava com vários vereadores-mineradores, não teve votação expressiva na cidade, apesar da soma de votos desses vereadores ser de quase cinco mil votos.

Nessa briga do asfalto contra o ouro, quem perdeu, mais uma vez, foram os vereadores e, quem sabe, futuramente, Itaituba, posto que minerador que faz contrabando de ouro, deixa de pagar impostos, que em muito ajudam a melhorar nossa cidade, como bem lembrou o prefeito Valmir Climaco aquando da inauguração da Sala de Parto no Hospital Municipal de Itaituba.

Nenhum comentário: