quinta-feira, 23 de setembro de 2021

CPI CONTRA PREFEITO JA INSTALADA

 Presidente e relator serão escolhidos na sessão; 12 dos 15 vereadores aprovaram a criação da CPI

ORIXIMINÁ - Câmara de Oriximiná, Oeste do Pará, instalará na sessão desta quarta-feira (22) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para iniciar os trabalhos que vai apurar a gestão do prefeito delegado William Fonseca (PRTB). Foi o que apurou o Portal de AMAZÔNIA.

A CPI foi aprovada por 12 dos 15 vereadores da Câmara, na semana passada.

Na reunião, serão escolhidos o presidente, relator e membros da CPI. É de praxe que o autor do pedido seja presidente ou relator da comissão. O autor da CPI é o vereador Mauro Wanzeller (MDB).

O requerimento apresentado por Wanzeller foi aprovado com os votos dos vereadores Adeílson Lopes, Ludugero Junior, Deybson Rach, Lico do Bené, Quinho Azevedo, Junhão, Manoel Bochecha, Marcelo Andrade, Marcio Canto, Marta Godinho e Rafa Viana.

A CPI vai investigar licitação com contratação de empresa para aluguel de veículos e máquinas pesadas e também coleta, transporte e destinação do lixo de Oriximiná.

O clima na cidade é tenso com ataques do grupo do prefeito aos vereadores de oposição que assinaram a criação da CPI.

Em pouco menos de seis meses de mandato, o prefeito delegado Fonseca, 'brigou' com o promotor de Justiça, com a Câmara de Vereadores e de quebra ainda desobedeceu ordem do juiz da cidade, por não querer cumprir protocolos sanitários de prevenção da pandemia. 


por Hiromar Cardoso

 




Nenhum comentário: