quinta-feira, 29 de julho de 2021

NOTA DE REPÚDIO CONTRA A SUPOSTA EXONERAÇÃO DO SECRETARIO DE SAÚDE - JACAREACANGA


A Associação Indigena Pusuru destinou para publicação, ao Blog Rastilho de Pólvora Nota de Repúdio contra a decisão do Vereador Neumar Xavier que com uma canetada só na interenidade do exercicio de Prefeito atingiu frontalmente o interesse dos indigenas protegidos pela Associação Pusuru.  A presenç do vereador à frente do Poder Executivo deve-se a ausencia do Prefeito Valdo do Posto que encontra-se ausente do municipio,  e seu substituto legal, cumpre determinações da justiça fora do Paço Municipal, e o segundo na ordem sucessória para assumir estaria em viagem com o Senhor Prefeito que é o presidente do Poder Legislativo Geovani Kabá, cabendo a interenidade do cargo ao primeiro Secretário  que recaiu sobre o Vereador Xavier a responsabilidade, e com atos considerados pela população principalmente indigena como radical teria  exonerado de suas funções o Enfermeiro Allan Simón das funcções de Secretario Municipal de Saúde. Na sobredita Nota de Repudio a Coordenação da Pusuru,  destaca o trabalho do Secretário como de relevante importancia, devido ter aproximado  e encurtado caminhos de cooperação interinstitucional entre o Municipio e a Secretaria  de Saúde Indigena atraves do DSEI-Tapajós que facilitou o trabalho de promoção de saúde  tanto para os indigenas como para os brancos.
De toda sorte o Vereador Xavier na interenidade do cargo de Prefeito mostra que tencionou decidir  os caminhos da gestão de Saúde e até da Educação ja que teria tambem exonerado o Secretario daquela pasta conforme  seus objetivos e interesses politicos, se esquecendo que na verdade  sua ação fere de morte a relação politica que deveria ter sempre com o Prefeito  e com a intensa comunidade indigena que pede a manutenção dos dois servidores à frente de suas pastas.

O erro do Vereador  que tem direito legal de nomear e exonerar qualquer servidor de livre nomeação a seu bel-prazer quando se encontrar à frente da Prefeitura, foi em sua curta interenidade radicalizar atraves do  propósito que executou. Poderia na chegada do titular, mostrar suas razões de sua intenção para avaliação e posterior providencia do prefeito. Outra alternativa para chegar ao seu intento era fazer em sessão plenaria na Câmara uma rica exposição de motivos embasada em fatos, aos seus pares, para juntos, unânimes, ou mairoria reivindicarem do Prefeito a exoneração   ou exonerações devidamente justificadas.

Não o fez e seu plano de exonerar os dois Secretários com certeza estarão fadados ao fracasso por suas proprias nulidades ou o prefeito ficará reforçadamente com a pecha de comandado como maldosamente  o achacam. 

Na verdade e isso é contado por todos no municipio de Jacareacanga, o Prefeito Valdo do Posto, que é um homem probo e sem contestação, tem um caráter de um homem simples e de forma equivocada  alguns confundem simplicidade com incompetência. Esquecem-se que o mesmo foi eleito, diplomado, e empossado para comandar o Poder Executivo. Ele e quem escolher para seu Secretariado.


Nenhum comentário: