terça-feira, 8 de junho de 2021

FORÇAS DA OPERAÇÃO MUNDURUKÂNIA LANÇAM ARTILHARIA PESADA CONTRA ATIVIDADES GARIMPEIRAS NA REGIÃO DO IGARAPÉ PRETO

A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM E O DESESPERO DOS QUE PERDERAM TUDO
Maquinários destruidos pela Operação

JACAREACANGA - Na tarde desta terça-feira, 08 o BLOG RP recebeu informações de garimpeiros e comunitarios de Jacareacanga além de imagens, dando conta que o aparato  comandado pela Policia Federal em conjunto com homens da Força Nacional e ambientalistas que formam a Operação Mundurukânia  voltaram a agir contra a garimpagem ilegal na Terra Indigena Munduruku ocasião e momento em que foi precipitado forte intervenção em atividades ilegais no  Igarapé Preto em confluencia com Igarapé Maçaranduba e águas do Agua Branca, principais formadores do Rio das Tropas ou Jurupary para os Munduruku.

Após a destruição garimpeiros contabilizam prejuizos

As imagens que transitam desde a parte vespertina deste dia  nas redes sociais denunciam que a Operação usou o que lhe é peculiar que é o modus operandi de destruir maquinas e equipamentos, combustiveis e viveres  para desmobilizar a funcionalidade  normal da atividade garimpeira. 

O que resultou de uma PC incinerada e inservível para qualquer atividade

O povo habitante da  região do alto Tapajós não pode alegar que os garimpeiros foram  surpreendidos com a nova incursão das forças  legais, pois é de  dominio  público que a Operação Mundurukania tem um prazo  que compreende o periodo de 25 de abril até 24 de julho para efetivar seus trabalhos operacionais.
Imagem de um helicoptero feita da Aldeia Biriba do Rio Kabitutu com suposição que estaria no trajeto entre Jacareacanga/Igarapé Preto

Reafirmo que as informações contidas nesta postagem baseiam-se em conversas e informações tratadas nas redes sociais 



Nenhum comentário: