quarta-feira, 30 de junho de 2021

AVALIAÇÃO DO GOVERNO MUNICIPAL EM JACAREACANGA - VOTE NA ENQUETE!

 

Decorrido o sexto mês da gestão nos Poderes Executivo e Legislativo de Jacareacanga, nitidamente visando apenas interagir com os leitores do Blog Rastilho de Pólvora será levada a efeito ainda no dia de hoje, com termino  22 de julho, uma ENQUETE para avaliar o desempemho dos principais membros dos  Poderes Executivo e Legislativo

Desnecessário até registrar no entanto fazemos questão de declarar que a referida ENQUETE, é apenas para interagir com amigos leitores do Blog, não tendo  em absoluto  qualquer que seja amostragem ou registro sob amparo cientifico.

O critério estabelecido para a avaliação das respostas  será atraves de um link fornecido pela https://pt.surveymonkey.com/dashboard/?ut_source=h, de onde buscamos apoio para fazer esse enquete para uso doméstico

Para votar  CLIC AQUI


Ou




JUSTIÇA - PRINTS DE WHATSAPP VALEM COMO PROVA NA JUSTIÇA? VEJA DECISÃO DO STJ

 

0
Imagem: Getty Images

Por Melissa Cruz Cossetti
Colaboração para Tilt - 29/06/2021

Uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) na última semana rejeitou prints do WhatsApp como provas de uma investigação por não ser possível garantir que as cópias fossem autênticas. O assunto levantou a dúvida: será que a decisão vale para qualquer tipo de investigação?

No caso analisado, capturas de tela feitas de conversas no WhatsApp Web, versão para navegadores de internet do aplicativo, foram usadas no processo, que envolve os responsáveis por duas empresas de transporte indiciados por corrupção ativa.

Apesar da tentativa, o tribunal reafirmou o entendimento jurídico de que a plataforma permite a alteração de mensagens. Logo, as imagens dos diálogos entre eles não servem como provas dos crimes.

De acordo com advogados ouvidos por Tilt, é exatamente a função que o WhatsApp oferece de apagar mensagens que torna o processo delicado. A inclusão de prints de tela nos autos de um processo judicial ainda é possível, mas é preciso tomar vários cuidados para diminuir o risco de a prova ser invalidada por um juiz — pois o risco existe.

Como funciona

Em princípio, o CPC (Código de Processo Civil) garante o total direito de empregar todos os meios legais para provar a verdade dos fatos. Isso inclui, numa leitura inicial, o uso de mensagens trocadas por WhatsApp e outros meios digitais, como Telegram, Facebook e Instagram, explica o advogado Pedro Saliba, pesquisador da Associação Data Privacy Brasil.

Porém, tem-se formado um consenso jurídico de que simples prints de conversas (com mensagens enviadas e recebidas intercaladas) não são válidos como prova lícita em processos, pois ocorre de que eles não podem ser confrontados com os arquivos originais uma vez que podem ter sido apagados por alguma das partes. E pelas regras da empresa o WhatsApp não guarda registros de conversas em seus servidores.

Sendo assim, não é possível garantir que não houve qualquer tipo de edição de imagem, alteração de texto, recorte tendencioso ou mesmo que as cópias de tela são legítimas, não inventadas, ou fruto de uma fraude, produzidas por aplicativos que criam mensagens falsas.

Por isso, reforça a advogada Erica Bakonyi, pesquisadora do centro de tecnologia e sociedade da FGV no Rio de Janeiro, não é recomendável se valer de um simples print para produção de prova. Mas existem alguns caminhos.

"A conversa como um todo não vale [como prova]. Mas, se você quiser provar como parte da sua defesa que avisou alguém sobre algo e mostrar a mensagem que você mandou em um dia e hora específicos, isso é válido", exemplifica a advogada Estela Aranha, presidente da Comissão de Proteção de Dados e Privacidade da OAB-RJ. "Isso porque você não pode alterá-la nos serviços de autenticação [e pode ser confrontado com os originais]."

A ata notarial é um caminho

Para dar mais credibilidade, os advogados ouvidos por Tilt recomendam que a pessoa faça a ata notarial das telas de conversas. "É um procedimento em que a parte vai ao cartório atestar que aquele fato digital aconteceu de verdade", explica o advogado Saliba.

A ata notarial dá o que o cartório chama de "fé pública" a um documento seja ele qual for. "E tente sempre inserir a conversa completa, para que não haja descontextualização do conteúdo e, especialmente, para que a pessoa tenha direito ao contraditório [direito de defesa]", acrescenta.

Lá no cartório, basicamente, o tabelião vai detalhar o procedimento usado para acessar as mensagens e informar, além do conteúdo da conversa, quem são os envolvidos. O profissional também irá incluir outros detalhes técnicos que o declarante possa fornecer naquele momento.

Em geral, os cartórios estão preparados para lidar com essa demanda, de acordo com os entrevistados. O maior obstáculo está no preço do documento, que varia por Estado, mas pode superar as centenas de reais, com valores que se multiplicam pela quantidade de folhas.

Perícia técnica e law techs

Startups do meio jurídico conhecidas como law techs ganham popularidade por atuar no segmento de provas digitais. Em geral, elas dão orientações para a produção de registros de fatos com maior rigor técnico, embasamento jurídico e prevenção de fraudes, explicam os entrevistados.

Ao contratar os serviços dessas empresas, elas produzem relatórios que incluem a coleta de metadados detalhados do arquivo digital com foco na preservação da integridade da prova e o uso de assinaturas certificadas no laudo técnico final.

As provas ganham mais credibilidade também. Contudo, ainda que seja aceita judicialmente, o risco de contestação e recusa pelos juízes ainda pode existir.

"Apesar de ter mecanismos técnicos aptos a reproduzir imagens com maior segurança se comparado com a reprodução doméstica dos prints, não podemos esquecer que trechos ainda podem ser apagados pelos interlocutores, sem que se deixe nenhum rastro e sem que se possa, futuramente, mesmo que com pedido judicial, requisitar os originais", destaca Bakonyi.

O advogado Saliba ressalta que o debate em torno da validade de prints do WhatsApp ainda é muito novo e os limites estão sendo construídos especialmente por jurisprudência (entendimento sobre um mesmo tema a partir de decisões judiciais). A decisão do Superior Tribunal de Justiça citada no início da matéria foi da sexta turma do órgão. Mas, pode ser que outras turmas não decidam da mesma forma, completa. "Por mais que o STJ seja uma decisão importante, ela não é vinculante [obrigatória]".

POVO MUNDURUKU / ASSOCIAÇÃO INDIGENA PUSURU AGE EM DEFESA DE TODOS - JACAREACANGA

APÓS TORMENTA, ASSOCIAÇÃO PUSURU JUNTA OS CACOS E APOSTA NA LUTA PELA  UNIÃO INDISSOLÚVEL DO GRUPO TRIBAL

Associação Pusuru, principal coordenação de trabalho de apoio aos direitos da coletividade dos indigenas da etnia Munduruku, oficia documento aos que empresariaram atividades ilegais de garimpagem em terra indigena (Não-Indígenas)  que ainda possam ocupar as regiões do Jauary, Kabitutu, Rio das Tropas e Mutum para tomarem conhecimento e para fiel cumprimento CONVIDA a todos  os garimpeiros "brancos", madeireiros, barqueiros funcionarios de cantinas, e bares em carater de urgencia deixarem o Territorio Indigena. Insta acrescentar que está em curso a seguinte Operação contra as atividades garimpeiras e de preveção ao desmatamento e não deverá mais acontecer turbação em Territorio Munduruku.

Com essa decisão a Associação Pusuru retoma seu caminho em proteger a totalidade dos parentes indigenas contra tudo que poderá ocasionar maleficios ao povo indigena distribuidos em 157 aldeias esparsos pelas Terras Indigenas Sai Cinza e Mundururku.


AVALIAÇÃO DO GOVERNO MUNICIPAL EM JACAREACANGA ENQUETE NA BLOGOSFERA

Decorrido o sexto mês da gestão nos Poderes Executivo e Legislativo de Jacareacanga, nitidamente visando apenas interagir com os leitores do Blog Rastilho de Pólvora será levada a efeito ainda no dia de hoje, com termino  22 de julho, uma ENQUETE com as seguintes perguntas:

  • 1.     QUAL A AVALIAÇÃO DA GESTÃO DO PREFEITO VALDO DO POSTO?
  •  
  • 2.    QUAL O VEREADOR QUE SE DESTACA NA ATUAL LEGISLATURA EM DEFESA DO POVO?
  •  
  • 3.    EM QUEM VOCÊ VOTARIA SE A ELEIÇÃO FOSSE HOJE PARA PREFEITO?

  •    4. QUAL A SECRETARIA E SEU TITULAR QUE      DEMONSTRA MAIS EFICIENCIA NA EXECUÇÃO DE SEUS TRABALHOS E NO ATENDIMENTO AO COMUNITÁRIO? 

Desnecessário até registrar no entanto fazemos questão de declarar que a referida ENQUETE, é apenas para interagir com amigos leitores do Blog, não tendo  em absoluto  qualquer que seja amostragem ou registro de amparo cientifico.

O critério estabelecido para a avaliação das respostas  será atraves de um link fornecido pela https://pt.surveymonkey.com/dashboard/?ut_source=h, de onde buscamos apoio para fazer esse enquete para uso doméstico


terça-feira, 29 de junho de 2021

AUTORIZADO O EMPREGO DAS FORÇAS ARMADAS NA GARANTIA DA LEI E DA ORDEM - JACAREACANGA ESTÁ NOVAMENTE NA PROA DA OPERAÇÃO

 


A partir de hoje dia 28 de junho recrudesce o estado de preocupação gerado no municipio desde a onda avassaladora que paralisou de uma vez por toda a garimpagem ilegal nas Terras |Indigenas Munduruku e Sai Cinza, causando profundo revés à economia que ja era capenga no municipio de Jacareacanga; desta vez o Decreto Presidencial  supramencionado  direciona sua artilharia com ações preventivas e repressivas nos municipios elencados acima (Jacareacanga, entre eles) contra delitos ambientais  em especial o desmatamento ilegal. Fato é que alem de garimpos ilegais em terras reservadas, indigenas  e  desmatamento ilegal para atividades de extensão para o desenvolvimento da pecuária sofrerão ações  delineadas no Decreto. 26 municipios sofrerão intervenção que se estenderá por 60 dias. de 28/06 a 31/08/do corrente ano.



CÂMARA MUNICIPAL DE MONTE ALEGRE DÁ INICIO A PROCESSO DE CASSAÇÃO DE VEREADOR QUE AMEAÇOU OFICIAL DE JUSTIÇA

Por: Jeso Carneiro
Vereadores de Monte Alegre reunidos em sessão ordinária na noite desta segunda (29): processo de cassação aprovado. Foto: Reprodução

O plenário da Câmara de Vereadores de Monte Alegre (PA), em sessão realizada na noite desta segunda (28), aprovou a tramitação na Casa da representação protocolada pelo advogado Othon Vinholte, semana passada, contra o vereador Airton Souza (PSD), que pode resultar na cassação dele por quebra de decoro parlamentar. 

O parlamentar é acusado de ameaçar o oficial de Justiça Nilton Vinholte no exercício de sua função, além de obstrução da Justiça pelo juiz Manuel Carlos Maria, da Vara Agrária de Santarém, em caso que ganhou repercussão estadual. — LEIA AINDA sobre esse caso: Juiz pede ao MP abertura de inquérito contra vereador por obstrução da Justiça

Dos 15 vereadores da Casa, 8 votaram pelo processo de cassação: Jorginho Tavares (MDB), Cupuzinho (MDB), Gil Silva (MDB), Jair Paraná (MDB), Adson Leão (PL), Kemmer Xavier (PL), Manel Esbagaçado (PSC) e Denilson Oliveira (PSD). Os demais votaram contra. Logo depois do resultado, foi formada, por sorteio, a comissão processante, cuja responsabilida foi formada, por sorteio, a comissão processante, cuja responsabilidade será de apurar a suposta quebra de decoro de Airton Souza. Ela ficou assim constituída: 
— Presidente: Kemmer Xavier;
 — Relator: Gil Silva, 
— Membro: Manel Esbagaçado. 

A primeira tarefa da comissão processante será, no prazo de 5 dias, a contar desta terça-feira (29), notificar Ailton Souza, para prestar esclarecimentos. Os trabalhos, em que terá que ser assegurado o amplo direito de defesa do vereador do PSD, terão que ser concluídos no prazo máximo de 90 dias. O relatório final da comissão, após ser entregue ao presidente da Câmara, será colocado em apreciação e votação do plenário da Casa. Airton Souza só poderá serser cassado com voto favorável de no mínimo 10 vereadores, conforme estabelece o Regimento Interno da Poder Legislativo. Se cassado, a vaga será preenchida pelo 1º suplente do PSD, João Almeida. Que teve 572 votos na eleição do ano passado. Airton Souza, 2º mais votado da legenda, teve 1.256 votos.

 link https://www.jesocarneiro.com.br/

"Chefão do tráfico" é preso em Santarém

 INVESTIGAÇÃO - NOTÍCIAS

O suspeito é o dono de mais de uma tonelada e meia de drogas apreendidas no inicio do ano no Pará

 terça-feira, 29/06/2021, 16:01 - Atualizado em 29/06/2021, 16:01 -  Autor: Com informações oestadonet.com

 Breno Ferreira Paixão sendo conduzido à delegacia de polícia de Santarém | Créditos: Tv Impacto

Equipes da Polícia Civil deram um fim na carreira criminosa de um homem suspeito de trafico de drogas na tarde desta terça-feira (29). Segundo as autoridades, o suspeito é o dono de mais de uma tonelada e meia de drogas apreendidas no inicio do ano, em Santarém, oeste do Pará.

Breno Ferreira Paixão foi preso por policiais da 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil no momento em que chegava na casa de um parente, que fica localizado no Residencial Salvação. Ele já foi conduzido para o Centro de Recuperação Agrícola 'Silvio Hall de Moura', em Cucurunã.

VEJA TAMBÉM!


De acordo com a policia, as investigações iniciaram na tentativa de identificar o dono de quase 400 quilos de entorpecente apreendidas no bairro Salé, em fevereiro. A partir daí, o Núcleo de Apoio à Investigação de Santarém (NAI) começou a monitorar possíveis suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas na cidade. Até as investigações chegarem em Bruno Paixão, que é comerciante, mas segundo as informações levantadas pela polícia, a profissão seria só fachada para a sua principal atividade: o tráfico. 

Bruno foi preso em cumprimento a mandado judicial. O delegado Erik Petterson que está à frente das investigações informou que outras pessoas também estão sendo investigadas.

OPORTUNIDADE ÚNICA - JACAREACANGA

 

VENDO ou TROCO por carro, moto ou casa de menor valor.
IPVA  com poucos anos de atraso (1.966), pagamento por conta do comprador

AVISO: NÃO ACEITO DEVOLUÇÃO  NEM DESMANCHAR O NEGÓCIO
Obs. Se voce não entende de trocas de veiculos por favor não se meta em meu negocio.

LÁZARO, CRIVADO DE BALAS NO FINAL DA CAÇADA

FIM DA CAÇADA - NOTÍCIAS

Policiais relatam ter disparado 125 vezes contra Lázaro

A informação sobre a quantidade de disparos consta no boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil de Águas Lindas de Goiás

 segunda-feira, 28/06/2021, 22:55 - Atualizado em 28/06/2021, 22:55 -  Autor: FOLHAPRESS

 Foram mobilizados mais de 270 agentes de segurança para capturar Lázaro | Fabio Lima


Os policiais que participaram da captura de Lázaro Barbosa de Sousa, 32, conhecido como "serial killer do DF", relataram ter disparado cerca de 125 vezes contra o criminoso. Além de pistolas, os agentes de segurança usaram um fuzil.

Vídeo mostra corpo de Lázaro sendo carregado por policiais

 Secretário diz que Lázaro fazia parte de uma quadrilha

Bolsonaro comemora morte de Lázaro: "CPF cancelado"

Policiais foram atacados por carrapatos na busca por Lázaro

A informação sobre a quantidade de disparos consta no boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil de Águas Lindas de Goiás, no entorno de Brasília. A SSP-GO (Secretaria de Segurança Pública de Goiás) afirmou que ele resistiu à ordem de prisão e atirou contra a polícia.

Barbosa foi levado para um hospital, mas já estava morto quando chegou lá. O corpo apresentava pelo menos 38 perfurações a bala, segundo profissionais da saúde do município. O IML (Instituto Médico Legal) de Goiânia fará o laudo.

No domingo (27) à noite, com base em informações de que Barbosa tentaria se encontrar com a ex-companheira e a mãe dela, os policiais montaram uma operação. Eles relatam que o criminoso foi avistado, mas se embrenhou na mata. Cães farejadores conseguiram identificar o rastro.

Também segundo os policiais, Barbosa seguiu o curso de um córrego e se escondeu em grotas durante a madrugada. Ao amanhecer, ele teria feito um novo movimento para tentar deixar o lugar quando as equipes conseguiram se aproximar para prendê-lo.

O secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda, afirmou que o criminoso portava duas armas, sendo uma delas uma pistola. "Uma pistola .380 que ele descarregou na direção dos policiais", disse. "Nós o cercamos e ele teve a oportunidade de se entregar, mas não quis."

A ex-companheira e a mãe dela foram levadas pela polícia para prestar depoimento. A polícia apura a existência de uma rede que teria abrigado Barbosa e o ajudado nas últimas semanas.

De acordo com o chefe da Segurança Pública de Goiás, Barbosa carregava R$ 4.400 no bolso da calça. A quantia seria um indício de que ele provavelmente estaria tentando deixar o estado, segundo as autoridades.

A captura ocorreu após a prisão do dono e de um funcionário de uma fazenda, ambos acusados de ajudar o foragido a se esconder. Espingardas foram apreendidas no local. Em uma das ocasiões em que Barbosa foi visto, afirmaram os policiais, ele carregava uma delas.

Desde o crime cometido no início deste mês em Ceilândia, cidade satélite de Brasília, ele vinha fugindo ao cerco policial se escondendo em chácaras e mata do cerrado. A polícia informou que ele caminhava dentro dos rios, para dificultar a ação dos cães farejadores.

Durante a fuga, segundo os agentes de segurança, Barbosa cometeu uma série de novos crimes -baleou moradores de uma chácara, fez de reféns em outra, roubou carros e armas. Trocou tiros com um funcionário de uma fazenda e também com policiais.

Uma megaoperação foi montada com o objetivo de capturá-lo, incluindo polícias estaduais de Goiás e do DF, e as polícias Federal e Rodoviária Federal. Foram mobilizados mais de 270 agentes de segurança.

GOVERNADOR ANUNCIA PARA 2 DE AGOSTO O RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS

As aulas presenciais estão suspensas desde o início da pandemia, em 2020.
28/06/2021 19h 18min Atualizada em 28/06/2021 19h 25min Por: Moisés Sodré

 Nesta segunda-feira, 28, o governador do estado do Pará, Helder Barbalho (MDB), através de seu perfil no Twiiter, informou que a previsão do retorno às aulas presenciais na rede estadual de ensino já tem uma data prevista para começar. De acordo com o estado, a data será no dia 2 de agosto.


As aulas presenciais na rede estadual de ensino estão suspensas desde o dia 18 de março de 2020, início da pandemia do novo coronavírus no Pará, conforme orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Com isso, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) criou mecanismos para que alunos e professores da rede pública pudessem manter a rotina básica de estudos em suas casas.

Mas, segundo o Estado, diante do atual cenário epidemiológico em que o estado se encontra com relação a covid-19 e o calendário de vacinação sendo executado, o retorno às salas de aulas está previsto para o início de agosto.

Fonte: Roma News

Morre bispo Vanderley Santiago, irmão de apóstolo que vendia feijões para cura da Covid

Por Portal do Holanda,28/06/2021 23h56 — em Brasil


Foto: Reprodução

Morreu em São Paulo nesta segunda-feira (28), o bispo Vanderley Santiago, de 53 anos, vítima da Covid-19.

O bispo era irmão de Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, que vendia sementes de feijão que teria a cura da doença.

Segundo o G1,  Vanderley procurou atendimento no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho, testou positivo para Covid e, posteriormente, foi transferido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Santa Felícia, onde sofreu uma parada cardiorespiratória e não resistiu. A vítima já havia tomado a primeira dose da vacina contra a Covid em 16 de junho.

segunda-feira, 28 de junho de 2021

LAZARENTO RESISTIU E TEVE CPF CANCELADO

Lázaro Barbosa é morto em Goiás após 20 dias de buscas

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes.

 segunda-feira, 28/06/2021, 09:42 - Atualizado em 28/06/2021, 09:57 -  Autor: Diário Online

Acaçada contra Lázaro Barbosa, de 32 anos, finalmente ganhou um desfecho no dia de hoje, após 20 dias de uma megaoperação, com mais de 270 policiais.

Lázaro Barbosa "de doido não tem nada', diz caseiro

Lázaro Barbosa, de 32 anos, morreu após uma troca de tiros com policiais nesta segunda-feira (28), em Goiás. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu. A informação foi divulgada pelo governador Ronaldo Caiado.



DESCARGA ELÉTRICA DE GELADEIRA CAUSA MORTE DE JOVEM

FONTE/Jornal Folha do Progresso


COVID-19 VENCE UMA GUERREIRA - BELTERRA(PA)

203091267_1177188422758862_3912653469065078343_n
 BELTERRA PERDE A VEREADORA MALÚ

Maria de Lourdes de Souza Lima, popular e carinhosamente conhecida como  Malú, politica habilidosa em seus trabalhos no  Poder Legislativo do municipio de Belterra o qual presidia, faleceu ao alvorecer deste dia 27 no Hospital Regional do Baixo Amazonas,  vitimada por causas relacionadas à Covid-19


sexta-feira, 25 de junho de 2021

JACAREACANGA / OAB REAGE CONTRA SIMULACRO DE ADVOGADO

O falso Advogado, detido na delegacia  - Vídeo alcançado na internet

JACAREACANGA -  A indústria da imitação parece mesmo   estar tendo vez e espaço no Brasil e por tempo prolongado, tanto são as divulgações e denúncias de imitações de produtos  que surgem e assolam o país e propriamente o consumidor e são colocados  no mercado  para comercialização com dois interesses escusos, o primeiro é se obter lucros por seus  "inventores idealizadores" e o segundo é lesar mesmo  as pessoas incautas. Essa cópia falsa de generos invade todo espaço empresarial do ramo e do consumidor, tambem  até certo ponto a midia, que  noticia alem da imitação de produtos baratos até  a falsificação de titulos profissionais. Vimos recentemente na caçada ao facínora LÁZARO que por sua resistencia bandida estão o transformando em artista global despertando até a  a "Síndrome de Estocolmo" em alguns... e aí surgindo nessa seara a figura do falsário  em que um curioso travestiu-se com indumentaria de Policial Federal para pegar a unha e dentes  o dito cujo, ja que oitocentos policiais (Civis, militares, Federais Força Nacional), hoje ja com 16 dias em fuga, não conseguiram prender, um bandido que se pego vivo ou morto seria a mesma coisa pra sociedade,  e o mesmo continua transitando entre os capões de matos assustando  as redondezas  onde ambientou-se e centenas  e mais centenas de homens com um aparato bélico jamais visto em tempo de paz, helicopteros, drones com visão norturna não conseguem ver nada (Os americanos devem estar cagando de rir de nossa performance para se caçar um criminoso).

Voltando ao que nos propomos a informar, baseado na industria da imitação e chegando  à rapinagem de títulos profissionais, e isso tem muito na medicina odontologia, engenharia, advocacia, entre outras nobres profissões, a coisa aconteceu recentementen no municipio de Jacareacanga onde o funcionário por designação municipal do Poder Executivo DIÓGENES COUTINHO DA SILVA CUNHA, teria o cargo em carater de livre  nomeação do Poder Executivo na chefia no Setor Material e Patrimonio (ASSESSORIA - DAS-3) e que  em suas horas vagas, como falsário,  desempenhava funções de Advogado assessorando juridicamente duas associações municipais e até identificando-se no FORUM, Pasmem! como Advogado. -A prova inequívoca está contida em mensagem trocada com a Secretaria do Poder Judiciário,  onde intitulava-se advogado e queria vistas de um processo que jamais poderia ter, vez que esse viés de trabalho no judiciario é privativo de advogados ou autoridades do judiciario e ainda Ministerio Público  devidamente credenciados.

Como não poderia deixar de ser, providencias juridicas estão sendo tomadas  contra o falsário e considerando a gravidade do caso, as subseções da Ordem dos Advogados do Brasil de Itaituba e Santarém emitiram notas mostrando a nocividade da ação praticada pelo cidadão supramencionado e as providencias que serão adotadas pela Ordem. De outro lado a Prefeitura Municipal deve exonerar o cidadão das funções que ocupa (se ocupa) por razões subentendidas.

Mais interessante dessa historia que burburinhos pela cidade em becos e vielas começaram a desconfiar que o cidadão não seria Advogado e como a informação ganhava corpo foi levada à Policia para averiguação e ao final a constatação.

Auxílio emergencial: veja quem pode receber nesta sexta

 ATENÇÃO!

Beneficiários do Bolsa Família com NIS final 7 e nascidos em julho são os contemplados nesta sexta (25).

 sexta-feira, 25/06/2021, 07:06 - Atualizado em 25/06/2021, 07:43 -  Autor: Com informações do portal UOL

Oauxílio emergencial 2021 está mais restrito que o do ano passado. É pago em quatro parcelas, com valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, dependendo da família, limitado a um benefício por família.

Assim, a Caixa Econômica Federal libera nesta sexta-feira (25) o pagamento da terceira e penúltima parcela do auxílio emergencial para trabalhadores nascidos em julho. O dinheiro pode ser usado para compras, pagamentos e transferências, por meio de conta digital no aplicativo Caixa Tem, mas só poderá ser sacado em 12 de julho. Os valores variam de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

Também recebem beneficiários do Bolsa Família com número NIS de final 7. No caso de inscritos no programa social, o dinheiro já fica disponível para saque.

O pagamento das quatro parcelas previstas da ajuda federal é feito de acordo com o mês de nascimento, no caso dos trabalhadores informais, e do último dígito do Número de Inscrição Social (NIS) para beneficiários do Bolsa Família.

BALANÇO

São beneficiadas 45,6 milhões de pessoas, 22,6 milhões a menos do que no auxílio emergencial de R$ 600, pago em meados do ano passado (68,2 milhões de pessoas).

Só recebe o novo auxílio quem recebeu no ano passado e, portanto, já está inscrito nos cadastros públicos usados para a análise dos pedidos. Quem não faz parte dos cadastros não receberá o benefício, visto que não haverá novos pedidos.

terça-feira, 22 de junho de 2021

APRENDEU DIREITO PARA FAZER ERRADO

Extraído do Blog Portal Buré do confrade e jornalista  Anderson Pantoja
HOMEM ACUSADO DE SE PASSAR POR ADVOGADO FOI DETIDO PELA POLICIA MILITAR DE JACAREACANGA
Diógenes Coutinho da Silva Cunha - Acusado de estar se passando por advogado

Foi descoberta uma farsa de um suposto advogado nessa terça-feira (22). A farsa foi descoberta por advogados que militam na cidade de Jacareacanga. O acusado é servidor da Prefeitura Municipal de Jacareacanga, e,  está sendo acusado de se  passar por advogado. Trata-se de Diógenes Coutinho da Silva Cunha, que é contratado como DAS 3, no cargo de Setor de Material e Patrimônio. Diógenes Coutinho, foi detido por policiais do 72º Pelotão de Policia Militar de Jacareacanga, e apresentado na delegacia de Polícia, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência -  Nº 00102/2021.000240-7. O acusado, não consta no cadastro nacional da OAB


Um grupo de advogados que se sentiram prejudicados, já que ele, se passava por advogado e agia de má fé com as pessoas de Jacareacanga, informaram a polícia, a tal situação. Um dos advogados, informou que o acusado de ser falso advogado, buscava os clientes dos advogados de Jacareacanga, para o escritório do advogado conhecido por dr. Brandão, que segundo o acusado, os casos seriam resolvido em curto prazo de tempo.
Umas das provas contra o acusado de ser falso advogado/Diógenes sendo apresentado na delegacia de policia de Jacareacanga

Depois de acionada, policiais foram ao local onde foi informado que estaria o acusado, que segundo informações, estaria no momento da detenção, agindo como advogado. Durante a denuncias dos advogados de Jacareacanga, varias provas da ação do acusado de se passar por advogado, foram apresentadas, perante a autoridade policial.

Diógenes Coutinho, além de se apresentar como advogado, prometia resolver pendencias jurídicas das pessoas, inclusive do momento das manifestações dos indígenas no trevo do aeroporto, esteve no local junto com o prefeito de Jacareacanga, e se apresentou como advogado. O acusado disse para os policiais que trabalhava para um advogado conhecido por dr. Brandão. Já durante o depoimento, o acusado de ser falso advogado, informou que é sócio do dr. Brandão. 

Boletim de Ocorrência registrado contra o falso advogado

Segundo informações, algumas pessoas já tinham repassado dinheiro ao mesmo, para que resolvesse algumas pendências judiciais. Uma das pessoas, informou quando ele disse que teria um mandando contra ele, foi cobrado uma certa quantia, que foi negada. Outra situação informada, que o acusado de ser falso advogado, teria recebido uma certa quantia em dinheiro, para acompanhar o caso de um indígena preso na operação de PF em Jacareacanga.

Diógenes Coutinho, poderá responder pelos crimes de exercício ilegal da profissão e estelionato.
________________
REMENDO RASTILHO DE PÓLVORA

Vídeo  extraido da Internet
Sarcasmo, pouco caso, gozação, dos verdadeiros profissionais operadores do direito e da propria justiça - agindo como farsante... no estrito cumprimento da palavra (DIFICIL MESMO É SE TER INVEJA DE UM FARSANTE!



Cõmico se não fosse trágico nos dias atuais ainda existirem pessoas que no fim sempre se dão mal, querendo ser esperta atuando de Prima Donna sendo a ultima dançarina do espetáculo. Em Jacareacanga com a esclarecedora materia do Anderson Pantoja sobejamente demonstrado o EXERCICIO ILEGAL DA ADVOCACIA mostra  que o supramencionado  cidadão que deve estar levando para o municipio  a "Lei de Gerson" fazendo historia  com a Lei do mais forte. Demonstração inequivoca que no minimo quer tirar uma de espertalhão.
 
Deve com essa atitude ser instado pela justiça a se justificar da ação delituosa e vergonhosa cometida, ja que apresenta-se aos quatro ventos que é advogado. Alem de ter que  responder  judicialmente pela burrice travestida de esperteza que comete continuamente, deverá perder seu cargo  de assessor do Prefeito Valdo do Posto onde deveria  exercer o  cargo no Setor de Material e Patrimônio. Iludiu o Prefeito sim,  por fazê-lo acreditar que seria ADVOGADO, ja que o proprio prefeito o apresentou dessa forma tentando intermediar solução para o imbroglio que envolveu os indigenas há poucos dias., imagem assazmernte publicada na midia.


Servidor Publico da Prefeitura Municipal de Jacareacanga 


Se intitulando como Advogado, requerendo vistas de um processo!




Não há registro no Cadastro Nacional de Advogados de seu nome - comprovando  que não é advogado

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES

A Ordem dos Advogados do Brasil, em Sergipe (OAB/SE), através do Tribunal de Ética e Disciplina, lançou uma campanha nas redes sociais para orientar sobre o exercício ilegal da advocacia. Entre os pontos abordados estão a consultoria prestada por bacharel e a atuação de advogado suspenso.
O exercício do Direito é atividade privativa, bem como a postulação em juízo e as atividades de consultoria, assessoria e direção jurídica. Por isso é ilegal qualquer prática desse caráter – que não esteja sendo praticada por aquele devidamente credenciado pela OAB.
É imprescindível que a classe esteja vigilante para impedir práticas que invadem competência exclusiva reservada à advocacia. A Seccional tem estado vigilante e atuante, havendo obtido, inclusive, decisões judiciais que implicaram em fechamento de empresas cujo objetivo era a prática de atos exclusivos da advocacia