terça-feira, 11 de maio de 2021

ESTUDANDO O DIREITO ERRADO

Estudante de direito que estaria se passando por oficial de justiça em Itaituba é preso pela Policia Militar

(Edney Ramos - Foto: Junior Ribeiro)

Nesta segunda feira, 10 de Maio de 2021, algumas pessoas compareceram na 19ª Seccional Urbana da Policia Civil de Itaituba, para denunciar que foram abordadas por um suposto Oficial de Justiça de Itaituba. As vítimas relataram na Policia Civil, que, foram abordadas por um homem que estava em uma caminhonete, de cor prata, de placa OSX7H06, usando uma camisa preta com a logo do poder judiciário. Segundo as vítimas, ele perguntava de quem era a moto, pedia a documentação e dizia que a mesma estava com mandado de busca e apreensão, e quando o dono apresentava a documentação, ele dizia que era para ir na delegacia registrar uma ocorrência pois a moto estava clonada.  

 

(Suposto Oficial de Justiça - Foto: Reprodução)

Após diversas denúncias, policiais civis e militares deram início há uma investigação para encontrar, o suposto oficial, que foi localizado na noite desta segunda feira, 10/05/21, por volta das 19h:00, em sua residência na 14ª Rua, Bairro São Tomé, e preso pelos militares da ROCAM do 15ªBPM. Na 19ª Seccional Urbana da Policia Civil de Itaituba, o suposto oficial de justiça, foi identificado por; Edney Ramos da Silva, estudante de direito em uma Faculdade de Itaituba, de 23 anos de idade, e trabalhava como conciliador voluntário no juizado de Itaituba. No carro e em sua residência os militares aprenderam, dinheiro, documentos, 04 celulares, cerca de 100 munições, placas de carro, um notebook e uma camisa preta com a logo do Poder Judiciário.

(Edney já preso na depol - Foto: Junior Ribeiro)

Em entrevista ao Repórter Junior Ribeiro, Edney disse, falar todo mundo fala, comprovar, ninguém comprova, sou inocente, e estou tranquilo, foi divulgado que eu estava aplicando golpe, mas eu não estava, ou seja informação falsa, que configura crime, quem está acusando tem o ônus da prova ... eu estava certificando as pessoas de intimações sobre audiências, realmente eu sou conciliador no juizado, sou registrado, confesso que não tinha autorização do meu superior, eu estava movido pela minha vontade, aplicar golpe, é informação falsa”. 


Sobre as munições, o mesmo disse que pertence ao seu pai, que é garimpeiro. Cerca de 05 pessoas compareceram na delegacia de policia e reconheceram Edney, como sendo o suposto oficial de justiça, as vitimas relataram o que mesmo era muito arrogante, e que intimidava as pessoas. Preso, Edney foi levado para a delegacia, onde será ouvido em depoimento. A situação já foi informada ao juizado de Itaituba, onde nossa reportagem apurou que já foi cassado o registro do mesmo, não podendo mais adentrar ao juizado. 

FONTE: BLOG DO JUNIOR RIBEIRO  - Matéria e imagens

Título RP

Nenhum comentário: