segunda-feira, 6 de abril de 2020

PT DE JACAREACANGA À BEIRA DO PRECIPÍCIO?



JACAREACANGA - O acentuado declínio de simpatizantes e filiados da sigla do Partido dos Trabalhadores à nível nacional devido os grandes feitos de rapinagem  do erário público conduzido pela cúpula do partido, isso suficiente comprovado através de indiciamentos e  prisões de grandes figurões como um Presidente  da República, meia dúzia de presidentes da Agremiação Petista e tantos apaniguados como tesoureiros, políticos, doleiros (?); refletindo essa fuga de simpatizantes e até políticos eleitos pela sigla também nos municípios da federação e Jacareacanga não sendo diferente essa derrocada; talvez por isso e mais, e muito provavelmente    antevendo prejuízo na captação de votos para a eleição municipal,  a  maioria absoluta dos filiados com cargos eletivos do Poder Legislativo, fez com que resolvessem participar da revoada do salve-se quem puder da  agremiação PETISTA local, no município de Jacareacanga.

Bem verdade, para justo ser,  escândalos não ocorreram  como na esfera  federal  em nosso município, apesar de nebulosidades aparentes, muito embora na administração PETISTA em Jacareacanga cargos  de Secretário de Saúde nos primeiros 4 de 8 anos, Coordenador de Tributos e arrecadação, Chefia de Gabinete, Secretaria de Educação, Ponto de Apoio da Prefeitura Municipal em Paranaíta, entre outros, foram ocupados por pessoal integrados politicamente a um  Deputado Estadual , entre esses dois irmãos, uma cunhada. O corporativismo no PT sempre foi o cartão de visita e a tônica ou o x da questão.

Voltando ao assunto proposto da saída de  nomes interessantes da sigla PT como os vereadores Gersinho do PT, Rainéricy, Antonio Goiano, para se afiliarem em outras agremiações, informações que chegam dão conta que apenas de a Vereadora Edileusa Viana se manterá firme, e defenderá sua reeleição no PT.

Mesmo privando da amizade e respeito da digna vereadora fico em uma dúvida atroz:

“É identificação ideológica exagerada com o Partido dos Trabalhadores, ou a vereadora não encontrou portas abertas para recebê-la em outra sigla partidária?”

É de domínio público, que a  Vereadora defende com vigor e rigor seus pontos de vistas e convicções, quer pessoais, fraternais ou politicas; muitas vezes não cedendo espaço para ser contrariada ou contraditada, vai às raias da ira ameaçando sempre  recorrer aos tribunais quando é contrariada nos direitos que julga ter.

Deve somar-se à vereadora no PT, e isso é comentário no final da tarde de ontem nas ruas da cidade o reingresso do ex-vereador Jerson Mourão que tentava alinhar-se politicamente ao PMDB para lançar-se candidato a prefeito e como os entendimentos com a direção do Diretório Municipal não prosperaram Mourão recuou e deve concorrer a uma vaga ao Poder Legislativo pelo PT ou até a Prefeito
.
Jerson Mourão é uma pessoa de boa índole, com boa liderança e com grande legado familiar e disputou as ultimas eleições concorrendo a prefeito tendo recebido mais de 2 mil votos, entretanto insuficientes para  eleger-se. Era um nome forte para concorrer ao cargo do Poder Executivo pelo PMDB principalmente porque tem lideranças, e sua indicação para concorrer ao cargo do Paço Municipal estava embasado no apoio de muitas lideranças  e ainda um  grupo de seguidores indígenas  que também cismaram com o Diretório do PMDB  acompanhando Jerson Mourão que poderá  livrar a sigla rubra de um vexame maior e surgir como candidato a prefeito.


Nenhum comentário: