RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Pastor acusado de fazer parte de grupo de extermínio é preso no RJ

Um pastor de uma igreja evangélica foi preso nesta terça-feira (10), no Rio de Janeiro, acusado de fazer parte de um grupo de extermínio que atua na Baixada Fluminense e que teria assassinado mais de 30 pessoas nas décadas de 1970 e 1980.
Renato Gomes é ex-policial militar, tem 75 anos e já tinha sido condenado a 35 anos de prisão em 2004.
Segundo a Polícia Civil, ele disse ter perdido as contas de quantas mortes participou. O pastor ficou 21 anos preso e fugiu para o interior em 2004, quando recebeu liberdade condicional.
Enquanto estava solto, foi novamente condenado pela 2ª Vara Criminal da Comarca da Capital a pena de 35 anos de detenção.
*Informações do repórter Rodrigo Viga

Nenhum comentário: