RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Mulher mata amiga com 32 facadas porque ela maltratou bebê

Uma mulher matou outra com 32 facadas na manhã do último domingo (16) em uma comunidade rural do Furo das Marinhas, em Mosqueiro. O corpo da vítima, que só foi descoberto nesta segunda-feira (16) no km 15 da PA-391, foi identificado como Paula Fernandes Filgueiras, de 20 anos. Com quem a autora do crime, Fabiane da Silva, também de 20 anos, vivia junto em um barracão.
De acordo com informações, o crime foi motivado porque a vítima teria maltratado o filho de 11 meses da acusada, enquanto esta fazia compras.
Fabiane foi levada para a seccional urbana de Mosqueiro. Ela confessou que teve ajuda para executar a ação e insinuou também que matou a mulher por conta de ciúmes.
A Polícia Militar foi procurada pela família da acusada, que foi presa e disse onde enterrou o corpo. "Nós fomos até o local e localizamos o corpo que estava insepulto, aparecendo os pés. Comunicamos o Corpo de Bombeiros, que fez a retirada até este local para o trabalho da perícia", explica o cabo Vilhena do 25º BPM de Mosqueiro.
As peritas Carolina Tavares e Creuza Ferreira do Instituto de Criminalística confirmaram pelo menos 32 facadas no corpo de Paula. "As perfurações são típicas de uma faca afiada de grande porte", explica Tavares.
Depois de prestar depoimentos e ser levada ao IML para exames, Fabiane foi encaminhada para o Centro de Recuperação Feminino no Coqueiro.
(Com informações do JR Avelar/Diário do Pará)

Nenhum comentário: