RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

CRUELDADE!

Mulher que matou gestante para não terminar com namorado é presa

Polícia Civil-MG/Divulgação

Jacira abriu a barriga da jovem, que, acordada, viu sua filha ser retirada, enquanto gritava pela vida. Depois, foi enforcada até a morte

Até onde vai a crueldade humana? No caso da jovem Greiciara Belo Vieira, de 19 anos, moradora de Uberlândia, a vida lhe foi tirada com requintes de barbárie. O motivo? Com ela bem acordada, implorando pela vida, tirar de seu útero o bebê que esperava, em troca de dinheiro, telefone celular e cortes de cabelo. O desfecho do caso da grávida, que havia desaparecido e foi encontrada morta numa represa em Ituiutaba, na mesma região, foi apresentado ontem pela Polícia Civil. Quatro pessoas estão presas, entre elas a mandante e mentora intelectual do crime, Shirley de Oliveira Benfica, 39 anos. Outras duas estão foragidas.

Além de Shirley, foram presos em flagrante Lucas Mateus da Silva, 22, vulgo Mirele; Jonathan Martins Ribeiro de Lima, 24, vulgo Yasmin; e a técnica em enfermagem Jacira Santos de Oliveira, 48. Os outros dois suspeitos não tiveram os nomes divulgados, para não prejudicar as investigações.


Segundo as apurações, Shirley, uma ex-garota de programa que mora em Uberlândia, planejou tudo porque havia inventado uma gravidez para a família e para o namorado, com o propósito de mantê-lo ao seu lado. Há oito meses, o companheiro, dono de uma agência de venda de carros em Araguari, na mesma região, queria a separação. “Naquele momento, ela falou que ele não podia deixá-la, porque esperava um filho”, contou, durante coletiva de imprensa ontem, o delegado Regional de Ituiutaba, Carlos Antônio Fernandes, um dos responsáveis pelo caso, ao lado da delegada Roberta Silva Borges Ferreira, titular da Delegacia de Homicídios da 

Nenhum comentário: