RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sábado, 14 de maio de 2016

O Enterro da Sogra

Piada: O Enterro da Sogra
Recém-casados, um fazendeiro e sua esposa recebem a visita da mãe dela que, imediatamente, começou a fazer uma inspeção na casa. O fazendeiro tentou sinceramente ter um bom e amistoso relacionamento com sua recém-sogra.
Porém, não adiantou nada. Ela não perdia a oportunidade de reclamar e criticar, exigindo mudanças, dando palpites que ninguém pediu, enfim, atazanando a vida do casal. Certo dia, enquanto estavam no estábulo, a mula do fazendeiro repentinamente deu um coice na cabeça da sogra, que morreu na hora.
No dia seguinte, no funeral da sogra, o fazendeiro postou-se ao lado do caixão para receber as
 condolências das pessoas. O padre que iria oficiar a encomendação notou que quando 
uma mulher sussurrava algo ao fazendeiro, ele assentia com a cabeça e respondia. Porém, quando
 um homem se aproximava e sussurrava, o fazendeiro negava com a cabeça e respondia outra coisa.
Curioso com esta atitude, o padre, mais tarde, perguntou ao fazendeiro o que é que tinha se 
passado. Ele respondeu: "As mulheres diziam: 'Que terrível tragédia', e eu concordava e
 dizia 'É verdade.' Os homens me perguntavam: 'Você me empresta a mula?', e eu fazia sinal 
que não, e respondia 'Não posso, ela já está reservada até o ano que vem.'
_________
Colaboração do hilário Míster JUMM (O caçador de PeTralhas)

Nenhum comentário: