RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quinta-feira, 12 de maio de 2016

IVANILDO É CASSADO PELO T.R.E.

Vereador Batoré tem o mandato cassado pelo TRE


Em sua defesa, Batoré alegou grave discriminação pessoal e mudança de alinhamento político por parte do PP.
O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) cassou o mandato do vereador Ivanildo Gomes Nogueira, o Batoré, por infidelidade partidária. Eleito pelo Partido Progressista (PP) de Mauá, ele trocou o PP pelo PRP no ano passado.
Para a Corte eleitoral paulista, não houve justa causa para sua desfiliação.
Em sua defesa, Batoré alegou grave discriminação pessoal e mudança de alinhamento político por parte do PP. Para os juízes do Tribunal, de forma unânime, não ficou comprovado o ato discriminatório e o alegado reposicionamento do PP não justifica sua ida para o Partido Republicano Brasileiro (PRB). 
O placar foi unânime: 7 a 0 a favor da perda de mandato do vereador. O pedido de cassação foi feito pelo Partido Progressista.
A Resolução TSE nº 22.610/07 prevê apenas quatro hipóteses para a mudança de partido: em caso de fusão ou incorporação por outro; se houver criação de nova agremiação; mudança substancial ou desvio do programa partidário; ou ainda se ocorrer grave discriminação pessoal do mandatário.
O parlamentar vai poder recorrer da decisão no TSE, mas não poderá exercer mais o mandato.
Substituto
O suplente Adelto Damasceno Gomes, o Cachorrão (PP), deve assumir o lugar de Batoré nos próximos dias. Ele já começou a definir prioridades do mandato. “Tenho um trabalho com dependentes químicos. Vou buscar parcerias com empresas para fornecer tratamento”, revela.

Nenhum comentário: