RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sábado, 7 de fevereiro de 2015

PREFEITURA ASSUME CONTROLE DE DISTRIBUICAO DE AGUA NA CIDADE




JACAREACANGA - Técnicos da área de urbanização e os secretários de obras, administração, saúde e de gabinete estiveram ontem (06/02) reunidos no auditório do complexo administrativo das Secretarias de Obras, Meio ambiente e Agricultura examinando o mapa cartográfico da sede do município. O objetivo da ação é conhecer os logradouros públicos que serão beneficiados com o projeto de expansão do sistema de abastecimento de água de Jacareacanga.
O sistema de abastecimento de água da sede do município estava sendo gerido pela empresa Katarina I.G. Antonio-ME com nome de fantasia Cosanja, que segundo informações o seu representante José Tolentino Ferreira, se diz detentor de uma concessão de serviço público fornecida pela prefeitura de Jacareacanga.
De acordo com informações da Consultoria Jurídica-CJ da prefeitura de Jacareacanga, o Governo Municipal desde 2009 vem debatendo sobre a falta de investimento e de manutenção da rede de distribuição de água por parte da Cosanja. A Consultoria Jurídica ainda informa que nas buscas realizadas nos arquivos documentais de períodos de governos anteriores ao ano de 2009 foi constato que não existe nenhum processo administrativo que possa subsidiar o Governo Municipal a aferir a legalidade quanto à concessão de fato que possui a Consanja o que diz respeito ao serviço de abastecimento de água na sede do município.
Em 25 de novembro do ano passado a prefeitura expediu uma notificação extrajudicial à empresa Consanja-Katarina I.G. Antonio-ME, intimando o representante legal da referida da empresa José Tolentino Ferreira, para num prazo de 15 dias apresentar o contrato de concessão do serviço de abastecimento de água, publicação do respectivo contrato de concessão, processo licitatório referente à referida concessão e qualquer outro documento que possa ser pertinente à concessão. A Consultoria Jurídica da prefeitura informou que o prazo para apresentação dos documentos expirou em 11 de dezembro do ano passado.
De acordo com informações do secretário de obras João Francisco Vieira, a prefeitura assumiu o controle dos sistemas de abastecimento de água e que o prefeito municipal Raulien Queiroz planeja melhorar e expandir o abastecimento de água, inclusive com a inclusão de novos pontos de distribuição. “Atualmente temos 3 sistemas de água que atende uma pequena parcela dos domicílios da sede do município, abastecida por uma rede de distribuição precária”, disse Vieira, acrescentando que já foi criado o departamento de saneamento e abastecimento de água que gerenciará todo atendimento ao público.
De acordo com Vieira técnicos da prefeitura já têm em mãos levantamento de todos os domicílios que são atendidos pelos sistemas de água. “Vamos fazer o cadastramento destes domicílios para que possamos aprimorar este processo de revitalização e expansão de rede”, disse Vieira. “Os usuários do sistema de abastecimento de água não poderão mais efetuar o pagamento da taxa de água à antiga concessionária (COSANJA). Não haverá interrupção de fornecimento de água nesse processo de transição e de reestruturação do sistema”, garante Vieira.

Texto e fotos
Nonato Silva/ASCOM-PMJ
_________
Jacareacanga e mais...
- Contrariando  o bom senso, e a maioria dos vereadores, no minimo 9 dos 11, alem  do alunado do ensino fundamental e entre esses a totalidade dos indigenas, RAULIEN QUEIROZ, nomeou para a chefia de gabinete o ex-secretario de educacao de seu governo PEDRO LÚCIO LUZ, pessoa de dificil acesso que se mostrou mais por exibicionismo e mandonismo em sua pasta que propriamente cumpridor de suas atribuicoes legais.

- Conflito de competencias deve causar problemas para a administracao municipal, ja que Beto Strapasson (Administracao), Francisco Vieira (Obras e limpeza publica), e Pedro Lucio  (Gabinete) encontram-se no primeiro escalao do governo e cada qual esmerando-se em ser O BRACO FORTE DO PREFEITO.  A expectativa e ver como se comportara o novo chefe de gabinete, que em condicoes normais quer mandar em todos, e como o discreto Strapasson e o azougado Vieira irao aguentar a rodilha pra segurar o pote.

- A prefeitura em assumir a distribuicao de agua potavel na cidade, surge uma pergunta que enseja resposta. Como ficara a situacao do empreendimento da COSANJA, que explorava o sistema?
Ha de se levado em consideracao que a empresa tinha a c oncessao feita por governo anterior, e que investiu na expansao da rede e distribuicao. Foi intervencao ou negociacao?    Cabe esclarecimento.

Nenhum comentário: