RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

MP investiga fraudes em licitação na prefeitura

Ministério Público cumpriu mandados de busca e apreensão nesta segunda.

A operação foi iniciada depois de várias denúncias de irregularidades.

Do G1 PA


Mandados de busca e apreensão foram cumpridos nessa segunda-feira (19) no município de Nova Timboteua, nordeste do estado. O Ministério Público (MP) investiga fraudes em licitação no município. O MP iniciou a operação depois de ter recebido várias denúncias de irregularidades na prefeitura do município.
De acordo com o MPE, uma das denúncias está relacionada à coleta de lixo. A sede da empresa responsável por esse serviço ficava na casa do próprio pregoeiro, pessoa responsável pelo andamento do processo licitatório. O contrato era de R$ 1,5 milhão, valor considerável abusivo pelo MP, já que a cidade possui apenas 13 mil habitantes. Além disso, a coleta era realizada duas vezes por semana pelos funcionários da própria prefeitura, quando deveria ser feita por empregados da empresa terceirizada.
Outra denúncia foi feita pela falta de pagamento dos professores, que estão há três meses sem receber, mesmo o município recebendo R$ 8 milhões do Fundo de Manutenção da Educação Básica (Fundeb) para realizar o pagamento dos docentes. Além disso, houve a denúncia de oito casos de nepotismo.
O MP já solicitou a exoneração das pessoas envolvidas no caso. O prefeito, Luiz Carlos Castro, do PTB, foi afastado do cargo na última terça-feira (12). Luiz era vice do prefeito anterior, que também tinha sido denunciado pelos mesmos problemas. Nesse momento, quem assume a prefeitura é o Adeilson, do PT, que era vice de Luiz Carlos Castro.

Nenhum comentário: