RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sábado, 13 de dezembro de 2014

SESSÃO LEGISLATIVA TERMINA EM CONFUSÃO


A última sessão da Câmara de Concórdia do Pará, realizada nesta última quinta-feira, que seria para tratar sobre mudanças na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) de 2015, e também para eleger a nova Mesa Diretora da casa, se transformou em um “ringue”.

Na tentativa de obstruir a leitura do relatório os vereadores Francisco Felix, (PSD), Junior Martins, (PSDB), Elias Santana, (PSDB), e Walmir do Terço, (PSC), todos aliados ao prefeito cassado pela Justiça Eleitoral Antônio Maranhense (PSDB), tumultuaram a sessão presidida pela vereadora Eliza Sousa, (PTB), prejudicando os trabalhos que posteriormente foram encerrados.De acordo com vereadora e a presidente da Câmara, Eliza Souza, os vereadores Junior Martins e Francisco Felix, desligaram o som dos microfones do plenário e rasgaram documentos da Lei Orçamentaria, que na ocasião estavam em votação.

A situação ficou mais tensa após a votação da nova Mesa Diretora para o biênio 2015/2016. Pregando a moralização da casa à chapa encabeçada pelo vereador Bruno Pastana Feio, (PT), venceu com 6 votos contra 0.

O grupo composto por 5 vereadores da base governista se obtiveram da votação.O clima ficou quente com o ânimo exaltado dos dois lados. A presidente da casa perdeu o controle da sessão e não conseguiu estabelecer um rumo para os trabalhos.

Por causa disso, a reunião foi suspensa. Já como novo presidente da casa, o vereador Bruno Pastana, informou que o município vive a pior crise desde sua emancipação. Segundo ele, a corrupção, a má gestão pública e falta de compromisso com os munícipes são os principais problemas enfrentados pela população.

(Diário do Pará)

Nenhum comentário: