RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

QUEDA DE BRAÇO CARNAL

FRIARA VERSUS FRIVATA! QUEM VENCERÁ??

Itaituba, apesar de muitos acharem que não, ainda é regida pelas velhas práticas politiqueiras, onde o que prevalece são interesses escusos-pessoais-financeiros. Como exemplo do que falo, o primeiro turno das eleições gerais de 2014, quando várias ‘lideranças’, ‘caciques’, donos de ‘gado marcado’ tentaram impor essa suposta liderança aos eleitores e apoiaram candidatos de fora do oeste do Pará, candidatos estes claramente contra a nossa tão sonhada divisão territorial.

Mas o intuito dessa postagem é falar sobre essa eterna briga entre os dois abatedouros de Itaituba, Friara e Frivata. Quanto a essas lideranças, irei falar em outra postagem e acerca do voto do medo.

Para quem chegou há pouco em Itaituba e região, todos sabem a procedência da carne consumida na mesa dos itaitubenses e, com a abertura das duas empresas acima, ficamos mais tranquilos sobre a origem desse produto e seus derivados.

Sabemos, também, que a questão da higiene quanto ao manuseio-exposição da carne pelos açougueiros, sofreu alterações consideráveis para melhor. Mas, ainda há muito o que se fazer, principalmente quanto à vestimenta desses trabalhadores!

Vamos voltar à briga. Itaituba tem mercador consumidor para atender os dois abatedouros, pois possui diversos supermercados de grande porte, centenas de açougues e restaurantes, além de abastecer regiões garimpeiras mais próximas. Mas apesar de todo esse potencial, seus proprietários não têm visão holística sobre todo esse potencial consumidor, haja vista que se engalfinham em uma luta, que traz como perdedores os consumidores, os mais prejudicados e tais empresários, que têm que cumprir com suas obrigações trabalhistas (salários, INSS), fiscais e judiciais (essas ações de F1 contra F2 e vice-versa, têm custas pois, paga-se advogado e custas judiciais) e, sem dinheiro em caixa, tudo atrasa e resta aos dois empresários recorrer à usura ou ao banco, que dá na mesma. Quanto à população, na falta de carne bovina, consome frango e peixes. E os preços disparam pelo aumento do consumo!

Diante dessa briga ensandecida, sobram acusações levianas e perda de tempo, haja vista que os dois trabalham, e desperdiçam tempo e dinheiro, procurando falhas no concorrente, quando deveriam atentar-se para sua empresa e corrigir possíveis falhas, que vão ficando pelo caminho. Entre uma dessas falhas, é a entrega da carne aos açougueiros quase ao meio dia.

Enquanto isso, se opondo grupo político A e B, onde se usam todas as armas, principalmente as sanitárias, a população continua consumindo carne sem a devida higienização. Basta o setor de Vigilância Sanitária comparecer aos domingos na Feira da Cidade Alta (ruas 16ª e 17ª), quando diversos produtos de origem animal são vendidos ao ar livre.

Nessa guerra, o grupo da prefeita 'pediu', e teve, a cabeça do Secretário de Meio Ambiente. Mas alguns (algumas também!) maledicentes dizem que eu tenho parte nesse 'pedido'!!
Norton Sussuarana
Título RP

Um comentário:

Norton Sussuarana disse...

Caro amigo Walter, obrigado pela deferência em replicar minha postagem!!!