RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

domingo, 23 de novembro de 2014

Ícone do mau humor, Seu Lunga morre aos 87 anos


O folclórico vendedor de sucata Joaquim dos Santos Rodrigues, conhecido como "Seu Lunga", morreu na manhã do último sábado (22), na cidade de Barbalha, interior do Ceará. 
Há anos, Seu Lunga lutava contra um câncer no estômago, que terminou atingindo também o esôfago e os pulmões. Conhecido pelo mau humor e respostas ásperas, o sucateiro ele foi internado na última quarta-feira (19) por complicações no sistema digestivo.
Nascido em 18 de agosto de 1927, Seu Lunga também atuava como poeta e repentista do Juazeiro do Norte, onde ganhou notoriedade. Seu apelido veio de uma vizinha que lhe chamava de Calunga, devido a sua loja. Com os passar dos anos ficou apenas Lunga. O vendedor teve 13 filhos, sendo três homens e 10 mulheres.
Apesar do mau humor, as respostas de Seu Lunga sempre eram carregadas de ironias e divertiam as pessoas que o ouviam. Algumas frases até hoje são atribuídas a ele, mesmo que o nordestino não confirmasse a autoria. Confira algumas delas:
- Seu Lunga estava em sua casa, com sede. E manda seu sobrinho lhe trazer um pouco de leite. Daí o pobre do garoto pergunta: “No copo?” “Não. Bota no chão e vem empurrando com o rodo”.
- Seu Lunga vai saindo da farmácia, quando alguém pergunta: “Tá doente, seu Lunga”? E ele responde: “Quer dizer que se eu fosse saindo do cemitério eu tava morto?”
- O funcionário do banco veio avisar: “Seu Lunga, a promissória venceu”. E ele respondeu: “Meu filho, pra mim podia ter perdido ou empatado. Não torço por nenhuma promissória”.

Nenhum comentário: