RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

GAZETEIRA ESTÁ FORA DE VEZ

VEREADORA QUE NÃO COMPARECIA AS SESSÕES, PERDE O MANDATO DEFINITIVAMENTE EM RURÓPOLIS

 
Em breve cerimônia realizada na Câmara municipal de Rurópolis na manhã desta quinta-feira, 06/11/14, o presidente da Casa Jonas Lourenço da Silva – PT, acompanhado de outros vereadores e representações políticas, reconduziu ao cargo de vereador VALMIR RIBEIRO DE MATOS – PP. Valmir popularmente como Mil, volta a ocupar a vaga deixada por Flora Maria Variani que perdeu o mandato no final de 2013, após exceder o número de faltas permitido no regimento interno da casa.
Demonstrando total falta de respeito com seus eleitores e seus colegas vereadores Flora dificilmente comparecia as sessões da câmara de vereadores, a agora ex legisladora faltou 41,47% das sessões, mais que 1/3, do permitido pela Lei Orgânica Municipal em um ano legislativo, fato que levou a presidência da casa no fiel cumprimento da Lei, extinguir o mandato da vereadora e dar posse a seu suplente imediato.
Mil assumiu no dia 17 de fevereiro de 2014, participou ainda de duas sessões, mas logo deixou o cargo pela força de uma limitar conquistada por Flora Variani que entrou com um mandato de segurança e foi reconduzida ao cargo onde se manteve até o dia 06/11/14, quando a Drª Karla Cristina Sampaio Nunes, Juíza de Direito da Comarca de Itaituba reconheceu a legitimidade da mesa diretora da Câmara De Rurópolis e suas ações, julgando portanto improcedente o mandato de segurança impetrado por Flora Maria Variani e extinguindo o processo.
DISSE A JUIZA EM SEU DESPACHO: “ Destarte, conforme os fundamentos explanados verifica-se que o impetrado, desde a data de sua posse, no dia 01 de Janeiro de 2013, tem legitimidade para atuar como presidente da mesa diretora da Câmara Municipal de Rurópolis, inclusive declarando a perda de mandato nos casos legais e mediante o devido procedimento legal e administrativo.
Isto posto, e por tudo mais que dos autos conta, extingo o processo com resolução do mérito nos termos do Art. 269, I do CPC e da Lei 12/16 de 2009, e JULGO IMPROCEDENTE O PEDIDO DE MANDADO DE SEGURANÇA, impetrado por Flora Maria Variani, contra o ato do presidente da mesa diretora da Câmara de Rurópolis Jonas Lourenço da Silva” 
Em sua fala no retorno ao parlamento Ruropolense, Valmir Ribeiro de Matos –Mil, que é professor, disse que cumprirá dignamente o seu dever de vereador e que a sua posição será de caminhar junto com as pessoas que sempre estiveram a seu lado e que está pronto para cobrar melhorias necessárias para as pessoas que realmente precisam. 
A posse de Mil, é mais uma vitória da oposição frente ao governo do prefeito de Rurópolis, entre tantas podemos relembras a briga do PSDB e o Prefeito para tentar tomar na marra a presidência da Câmara após ser derrotado por seu principal desafeto político Jonas Lourenço-PT, que conseguiu reverter a situação recorrendo ao judiciário, mais recende foram as derrota nas urnas no primeiro e no segundo turno das eleições, quando seus candidatos Simão Jatene e Aécio Neves foram superados por Helder Barbalho e Dilma Roussef que ficaram com quase 70% dos votos e agora a perda do mandato de Flora Variani, sua fiel aliada e defensora da Câmara Municipal.
Fonte : ELIAS JUNIOR NOTÍCIAS
Titulo RP

Nenhum comentário: