RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 21 de julho de 2014

CONSORCIO TAPAJÓS REALIZA ENCONTRO EM JACAREACANGA - PPA PARTICIPATIVO



Jacareacanga - Com a participação da comunidade, ocorreu neste dia (18) vasta discussão entre os presentes de pontos projetados para se construir  o Plano Territorial Participativo e Plano Plurianual do Consórcio Tapajós (2016/2019)que tem por objetivo: 

• Apresentar o documento base do planejamento do município, oriundo do seio da  sociedade local para coletar subsídios para a construção do Plano de Desenvolvimento Territorial do Consórcio Tapajós;

• Identificar prioridades de programas e ações para inclusão no Plano Plurianual Territorial que está sendo elaborado pelo  CONSORCIO TAPAJÓS  que aporesentará ao Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão - MPOG/Governo Federal.

Diversas propostas foram apresentadas votadas e formatadas  para contribuir com a estrutura reivindicatória do PPA 2016/2019 do Consorcio Tapajós que é formado e composto juridicamente  por Jacareacanga, Aveiro, Itaituba, Novo Progresso, Ruropolis e  Trairão.

Gerando grande discussão e interesse o eixo temático Fomento às Atividades Produtivas, produziu propostas interessantes para o futuro da economia regional. Entre as quais, podem ser citadas:

-Que, quando ocorrer a concessão florestal das Florestas Nacionais Amana e Crepori,  seja  facilitado o acesso de empreendedores do município  através das cooperativas e associações existentes, sendo concedido as concessões, através da modalidade Destinação.

-Que com o advento, após as construções dos complexos de energia no Tapajós, da Hidrovia Teles Pires-Tapajós, seja investido nas Terras Indígenas geminadas ao Tapajós fomento à produção de grãos e que se escoe referida produção para a autonomia dos Povos Indígenas do Alto Tapajós. 

-Que seja permitida a mineração em Terras Indígenas, já que o subsolo está todo requerido para pesquisas, e que seja autorizado a mineração obedecendo a legislação legal,  com a participação dos grupos Tribais.

-Que seja investida na transformação da estrutura produtiva local, em cadeias produtivas sustentaveis, voltadas para a maior agregação de valores à produção com geração de emprego e renda, nos segmento de maior potencial entre os quais a pecuária bovina, piscicultura, grãos e minérios.

Em sua fala inicial, o prefeito do município Raulien Queiroz, manifestou-se contrariado pela diminuta presença da população no encontro, vez que a importância que se apresentava no momento, o povo tinha que estar presente em massa, para que fosse discutido as  propostas, para que esse povo pudesse  contribuir  com os  governos municipais atual e os que virão com a finalidade de se projetar um futuro promissor para nossa região.


Coordenou o encontro   nas discussões, o sociólogo Pedro Lucio Santa Rosa, técnico designado pelo Consorcio Tapajós que orientou, dirigiu e facilitou as discussões.


O grupo que elaborou as propostas colocadas em discussão sobre as Atividades Produtivas, foi composto pelo Vereador Walter Azevedo Tertulino (relator), a Secretaria Municipal de Educação Jokastt Semblano de Queiroz, o Presidente  da Associação dos Pescadores senhor Naldinho, o Vereador Jerson Mourão, João Francisco Vieira, e Ines Levati.

Nenhum comentário: