RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 16 de junho de 2014

TALENTO DESPERDIÇADO - É O GOVERNO ELIENE!


Por falta de apoio Emílio Picardo pediu demissão do cargo de diretor do aeroporto de Itaituba-PA


Emilio Piccardo, diretor do aeroporto de Itaituba, apresentou seu pedido de exoneracao do cargo, sexta-feira passada.A prefeita Eliene Nunes não aceitou o pedido. Ela deseja que ele continue. Emilio vai entrar em periodo de ferias, e dentro de um mes, quando retornar, tera uma nova conversa com a prefeita. Mas, sua decisao parece ser irrevogavel. Ele nao pretender continuar como titular dessa diretoria. Os motivos de sua decisao de sair sao as poucas condicoes de trabalho, em um local cujas demandas sao enormes e os recursos parcos. Os problemas do aeroporto de Itaituba sao antigos. Desde o governo de Wirland Freire o municipio convive com isso. Com o passar do tempo, conforme as exigencias do DAC, depois, da ANAC, foram so aumentando, enquanto a arrecadacao do aerodromo diminua. A noticia de que a Infraero passaria a administrar todos os aeroportos do interior da regiao amazonica, da pela senadora Vanezza Graziotin, acendeu a esperanca de que o municipio possa livrar-se desse abacaxi que lhe entregue quando deixou de ser rentavel. Resta esperar para ver se isso vai mesmo acontecer. 

Fonte: Jota Parente.
__________Remendo RP
Se avolumam muitas criticas ao Governo Eliene Nunes, por muitos experimentos administrativos colocados à frente de coordenações de trabalhos administrativo-operacionais da PMI que muitas vezes redundam em fracasso, muito mais por efeito desses experimentos serem feitos no acervo de recursos humanos dando-se poder demais para pessoas que não reúnem condições minimas para execução de suas responsabilidades e tirando-se  apoios daqueles que poderiam contribuir muito com suas humildades e capacidades gerenciais.   Deixar um setor importante de trabalho da Prefeitura, como o aeroporto, sem condições de gerenciamento não tem ninguém que possa suportar, mesmo que essa pessoa seja o  competente, humilde e tolerante Emílio Piccardo, que joga a toalha por falta declarado de apoio do Governo Municipal.

Como conheço que a paciência de Piccardo se esgotou, ja que não se acomoda e não fica nesse cargo somente para auferir seus proventos salariais, custo a acreditar  que será demovido de sua ideia de abandonar a barcaça municipal, vez que sendo um homem realizador não se contentaria somente  em ser figura decorativa de um setor de trabalho que não tem armas com que lutar diante das dificuldades que se apresentam

Nenhum comentário: