RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

VIRADA DE MESA À VISTA

Marco Polo Del Nero e José Maria Marin negam 'virada de mesa' no Brasileirão
Portuguesa e Flamengo são ameaçadas de se valer de jogadores irregulares

Daniel Batista - O Estado de S.Paulo

SÃO PAULO - O presidente da CBF, José Maria Marin, e o vice-presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, garantem não vão aceitar "viradas de mesa" no Brasileirão e que vão lutar para que apenas a lei seja cumprida, seja favorável a quem for, independentemente dos clubes envolvidos. "Se tiver jogador irregular e perder pontos, e isso levar ao rebaixamento, não tem como consertar. Não tem virada de mesa na CBF. É apenas o cumprimento da legislação", disse Del Nero em entrevista à Rádio Globo. O julgamento dos casos envolvendo Portuguesa e Flamengo acontece na segunda-feira, às 17h.

José Maria Marin fez questão de ressaltar a credibilidade da CBF. "Estou acompanhando de perto o que está acontecendo. Cabe às partes envolvidas solicitarem providências cabíveis junto à justiça especializada. Enquanto nós estivermos à frente da CBF, isso (virada de mesa) jamais vai acontecer", garantiu o presidente da entidade.

Portuguesa e Flamengo podem ser punidos por escalar jogadores de forma irregular na última rodada do Brasileirão. Héverton foi suspenso por dois jogos em julgamento realizado sexta-feira passada, mas cumpriu apenas um. A procuradoria do STJD alega que ele não deveria ter enfrentado o Grêmio domingo, enquanto a Lusa diz que só foi comunicada sobre a pena na segunda-feira, portanto, depois da partida, de modo que a punição só valeria para 2014.

Caso a Portuguesa seja condenada, vai perder três pontos pela punição prevista no regulamento e mais os pontos conquistados no jogo com o Grêmio. Como o confronto acabou empatado, o time do Canindé perde mais um ponto e totaliza quatro a menos, resultado que causaria seu rebaixamento e salvaria o Fluminense da queda para a segunda divisão.

NA GÁVEA

O Flamengo também teria escalado o lateral-esquerdo André Santos irregularmente. O jogador foi expulso na partida contra o Atlético-PR, na final da Copa do Brasil, e atuou contra o Cruzeiro, sábado, pela última rodada do Brasileirão. O clube alega que o lateral já havia cumprido a pena ao não enfrentar o Vitória dia 30 de novembro, também pelo campeonato nacional.
_________
Imagem RP

Nenhum comentário: