RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

BANDIDOS POUSARAM E EMPREENDERAM FUGA EM JACAREACANGA

Assalto seguido de seqüestro de aeronave no garimpo Creporizinho

Imagem Ilustrativa
Informações recebidas, agora há pouco diretamente do Comando de Policiamento Regional (CPR-X), da PM, dão conta de que aconteceu, pela parte da manhã desta quinta-feira (12) um grande assalto a uma compra de ouro no garimpo Creporizinho.

Quatro homens fortemente armados fizeram o assalto e se dirigiram ao aeroporto, onde estava o avião do comandante Pena, que conversava com dois homens: o co-piloto e um outro, identificado pelo pré-nome Cláudio. Os assaltantes chegaram de surpresa e renderam o comandante, além de balearem os dois homens que conversavam com ele. Os homens foram feridos, mas estão fora de risco. Somente Cláudio teve que ser removido para Santarém para extrair o projétil alojado em seu corpo.
 Ao ser informado do assalto, o coronel Santiago Gibson, comandante do CPR-X, acionou todos os pontos de possível pouso, já que o avião se deslocava em direção a Jacareacanga. O grupamento de policiais da Ronda Tática Metropolitana (Rotam), que está naquele município, se preparou no aeroporto e presenciou o pouso do avião, que foi imediatamente abordado. 
Os assaltantes conseguiram sair da aeronave antes de serem agarrados e se embrenharam na mata. Um grupo de busca e captura já foi montado e está no encalço da quadrilha, que também conseguiu levar o ouro roubado. O comandante Pena foi resgatado sem ferimentos. A aeronave também não sofreu avarias. 
Rua onde aconteceu o assalto
Pista do crepurizinho
Fonte: Tapajós em Foco
________Remendo RP
Título RP
A policia de Jacareacanga está no encalço dos bandidos  que sequestraram  a aeronave, obrigaram o pouso em Jacareacanga e antes de serem abordados embrenharam-se nas matas levando o produto do roubo. A dificuldade principal para a policia são as precipitações de fortes chuvas  na região que dificulta o trabalho de caça aos bandidos.
A policia prudentemente isolou a área do aeródromo municipal retirando algumas famílias que se estabelecem na estrada de acesso à Rod Transamazônica para que os bandidos que já são considerados de altíssima periculosidade não façam refens em rota de fuga.
Alem das fortes chuvas na região que dificultam o trabalho do aparato policial, outro fator que concorre contra o trabalho policial  é a densa região florestal da Reserva Indígena Sai Cinza dos índios Munduruku cuja, é geminada com a área do Aeroporto, e que deve ser facilmente alcançada pelos bandidos, dificultando por sua situação geográfica, o trabalho policial.
Comentários dão conta que um dos  bandidos teria sido abatido em confronto com a força policial, noticia essa que ainda não se confirmou.  

Nenhum comentário: