RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 8 de julho de 2013

BOA NOITE CINDERELA

Empresario é vitima de golpe em Itaituba

Se deu mal: Empresário pensou em se dar bem com as gatinhas e caiu no golpe “Boa noite, Cinderela”.

Empresário é roubado depois de cair no golpe "Boa Noite, Cinderela" em Itaituba-PA.
Um empresário da cidade de Itaituba, no oeste do estado, procurou o Delegado Alexandro Napoleão, diretor da 19ª Seccional Urbana da Policia Civil do município, para denunciar que foi vitima do golpe conhecido como “Boa noite, Cinderela”.
Delegado Alexandro Napoleão
Segundo o empresário, ele estava em uma boate da cidade na noite de sábado, 01, se divertindo com alguns amigos, ao sair da boate foi abordado por duas mulheres, uma loira e uma morena, as duas não eram conhecidas na cidade e estavam na boate.
Na saída as duas pediram uma carona ao empresário que já estava de saída do local, o mesmo levou as duas gatas, que em seguida pediram para que ele parasse em uma peixaria, pois as mesmas estariam com fome e precisavam se alimentar. Ao sair da Peixaria o empresário foi dopado com um “Boa Noite, Cinderela” e apagou, com elas não tinham dinheiro, foram ate a uma agencia pegar para pagar o tinham consumido no loca.
 As duas roubaram do empresário, um cordão com 43 gramas de outro, uma pulseira com 38 e um celular no valor de 1.800,00, as duas deixaram o mesmo desacordado em seu carro, onde foi encontrado na manhã de Domingo, 02, por amigos e familiares. A Policia já conseguiu as imagens do circuito interno da agencia bancaria e divulgou para a imprensa. Segundo informações as mulheres são de Marituba, a já descobriu também que o cartão de uma das mulheres já foi movimentado na cidade de Altamira.
Boa-noite, Cinderela pode se referir a um crime que consiste em drogar uma vítima para roubá-la. A droga apresenta um efeito depressor sobre o sistema nervoso central, principalmente quando combinadas com o álcool, que tem efeito similar. O efeito pode durar até cinco horas e trazer inclusive risco de morte por parada cardiorrespiratória ou outros efeitos da intoxicação. O crime praticado com a utilização de tais drogas caracteriza-se como sequestro, com o agravante de expor a vítima ao risco de morte e incapacitação permanente por coma prolongado e distúrbios psicológicos pós-traumáticos.
Fonte: Junior Ribeiro

Nenhum comentário: