RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

ÚLTIMAS MATÉRIAS MAIS COMENTADAS DO RASTILHO

O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL
Roberto deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O TROFÉU DO IBAMA":
Caro Walter,
Fico muito feliz pela lucidez com que se reporta ao verdadeiro "troféu" da história, que foi na verdade o do IBAMA. Eles esqueceram de mencionar que o suposto "fazendeiro" é, na verdade, um agricultor familiar que detém um incrível rebanho de 34 cabeças.

Gilmar deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
Realmente Roberto, o descaso do INCRA nos torna reféns de uma cituação que nos transforma em criminosos perante a o IBAMA.

Irineu Matthes deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
ROBERTO,PARABENS PELAS SABIAS PALAVRAS. É MUITO IMPORTANTE QUE O POVO BRASILEIRO SAIBA DA REALIDADE DOS MUNICIPIOS DA REGIÃO AMAZONICA E O QUE ACONTECE POR AI.
ASSOCIAÇÃO APAS deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
É necessário combater urgente aos desmandos de órgãos públicos, quando isso ocorre. Por outro lado, a legislação vale para todos e precisa ser cumprida, com ou sem regularização fundiária.
Elaine Strapasson deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O DIREITO DE SE INDIGNAR":
Jacareacanga deve se orgulhar desse menino! O Beto tem fibra, garra e muita vontade de melhorar as condições de vida de todos os que habitam o município! Merece todo o nosso reconhecimento. Eu fui uma das pessoas que ele deixou saudosa aqui no Sul... mas sei que foi por uma boa causa e sua luta não será em vão!
Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
Roberto, a matéria nos mostra a dura realidade de Jacareanca e a falta de governança na região.
Parabéns pelo conteúdo.

valdo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
Prezado Roberto, essa realidade nos mostra o descaso principalmente e acima de tudo com a Amazonia, mas não deixando se ser pior o descaso dos Habitantes do municipio de Jacareacanga. Na minha opinião, se o governo não fizer a regularização os agricultores do Município sempre ficarão a margem da legislação, simplesmente porque não existe outra alternativa e deixa os Agricultores na ilegalidade, pois precisam de um meio de sobrevivência. Quem será punido? se ninguem é dono realmente, o Governo ou os Agricultores?

Elaine Faccin deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
Parabéns, Roberto! O texto é esclarecedor e nos enche de indignação diante de posições como essa do INCRA. Todos têm direito ao trabalho e a dignas condições de vida. É por isso que vocês não podem desanimar! É preciso lutar, dar passos firmes para que seja garantida a liberdade e o direito ao trabalho para o homem do campo! É preciso recuperar a autoestima do pequeno agricultor e não colocá-lo, cada vez mais, à margem da legalidade. É preciso conciliar a preservação de recursos naturais, a produção de riquezas e a distribuição de renda. Todo o meu apoio à luta dos produtores de Jacareacanga! Força!!!

euler-coimp deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
Meu amigo!!
Na verdade quase nada é de Jacareacanga. Está quase tudo "federalizado" ficando apenas a gestão das pessoas que me parece não há sensibilidade do IBAMA e do INCRA a essa realidade.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O ALTO PREÇO DA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM JACAREACA...":
Os ambientarista, deveriam se preocupar um pouco mais com o ser humano, para eles a mata tem mais importância. Talvez porque através desta, enchem o bolso, a custa da miséria do povo.

A PICADURA DA VIÚVA NEGRA
Paulo Sérgio deixou um novo comentário sobre a sua postagem "DINIZ NA CORDA BAMBA NA REPÚBLICA DO ARATICUM":
MAIS UMA DO VALMIR!!!
Mais um que o Valmir não reconhece como aliado.
Ontem, por volta das 11h30, a Maria do Carmo informou ao HERNANE que este não era mais servidor da prefeitura. O aviso foi dado à Maria do Carmo via telefone pelo prefeito, que não teve coragem de falar pessoalmente com o demissionário.
O motivo da demissão foi a recusa do Hernane em dar uma surra no Isaque, a pedido do Prefeito, que fez várias ligações para o Hernane no sábado (06/08) solicitando tal "serviço".
TE cuida Valmir, Diniz, Suíra, Eduardo, Joelson, Paulo, além da Iraci. Vem à tona vários documentos, incluindo as AIH.
Já soube que o dr. Maurim procurou pelo Hernane!!!
Cleto Ribeiro Sanches deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A PICADURA DA VIÚVA NEGRA":
Walter suas sacadas são bem humoradas e geniais, e refletem sempre o que está acontecendo e isso que é o mais interessante. Voce está devendo aqui para santarém algumas sacadas inteligentes contra nossos politicos. Nosso Governador é uma piada e o vice é tal qual o samba de uma nota só, consegue apenas falar com desenvoltura spobre tributação, o resto é só enredo. Faça uma materia daqui, existem eleitores do seu blog que voce nem imagina, e não ém so do IESPES. Valeu te vira e manda bala.
Paulo Almeida deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A PICADURA DA VIÚVA NEGRA":
Caro blogueiro, essa é a tônica do walmir. Poucos, como o norton e o mário tiveram coragem de dizer basta: Extraído do blog do Parente

Mário de Miranda deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A PICADURA DA VIÚVA NEGRA":
Caro Valter,
Em relação ao assunto gostaria de agradecer as palavras de reconhecimento emitidas em sua postagem, e esclarecer que minha atitude foi motivada pela necessidade primordial de preservar minha idoneidade moral, que sempre pautou minha atividade pública e profissional em mais de 35 anos de carreira. Dessa forma renovo meus protestos de elevada estima e apreço.
Atenciosamente,

Observador deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A PICADURA DA VIÚVA NEGRA":
E o povo de Itaituba "aplaudindo" estas atitudes pouco recomendáveis.
A propósito, a Colenda Câmara de Vereadores tem tomado um posicionamento a respeito ? Pelo menos não é de nosso conhecimento, ou será que o "posicionamento" está sendo tomado nos bastidores do poder ?
Por estas e, por outras é que o ex-prefeito Ademar Baú está com tudo e não tá prosa, em relação ao Governo do Estado.
Acordem "politicos" de Itaituba, ou será que nosso destino será viver "de cócoras", ora dependendo de Santarém e, agora do Trairão ?
Vamos prestar atenção no que está ocorrendo em nossa sociedade, depois não se queixem, a resposta já está sendo arquitetada !!!

DIVERSOS
Pr. Lúcio Freire deixou um novo comentário sobre a sua postagem "A CHAMA DA ARTE REAL ESTÁ ACESA NO ALTO TAPAJÓS":
Grande amigo Emílio... PArabéns pela iniciativa.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PADRE CORAJOSO":
Temos mais é que parabenizar esse sacerdote de tamanha coragem, pois tudo que falou, infelismente é a pura realidade.

Archimedes deixou um novo comentário sobre a sua postagem "COMENTÁRIOS DE ALGUMAS MATÉRIAS POSTADAS":
Esse leilao teria que acontecer um dia. O Silvio tomou dinheiro emprestado do BASA, não quitou o emprestimo. Não se defendeu da execução e, ainda enrolou no mesmo esquema uma porção de amigos seus, que perderam muitos bens, alguns ainda pagaram os emprestimos. Isso ficou muito feio para Itaituba na ºepoca, ate' o gerente do banco foi demitido.
Um dia a casa teria que cair. Não tem bom não, não tem do' nem piedade. Sacaram o dinheiro, deram uma banana para o Banco e para a Sociedade e, agora ficar de coitadinho. Não, da' mesmo.
Que o Silvio e' trabalhador isso ninguem nega, mas que não cuida de suas coisas, tambe'm e' a pura verdade. Dai' so' pode vir o pior. Uma pena, mas uma lição para ainda ser aprendida.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "ENQUANTO AS GRALHAS GRALHAM, FUZICA FULÉRA":
Caro Tertulino
O que leva realmente o Fuzica a esta luta constante pelo Poder. O que se sabe é que esse moço nunca teve ocupação, e que segundo, parece que seu pai Gerlando, lhe fez doação de material de construção para que se arrumasse financeiramente e deixou o vento levar, dizem que ele vendeu toda a fiação e outros bens quando presidente da Comunidade de Fordlândia, se é verdade, o que você espera deste rapaz como administrador do município?

livrearbitrio deixou um novo comentário sobre a sua postagem "LÚCIO FREIRE, CIDADÃO DO MUNDO":
Obrigado amigo Walter. Mas quero dizer que continuo aquele homem simples e jamais vou esquecer minhas raizes. Um grande abraço a você e a todos os colegas de imprensa de Itaituba e região.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "BAÚ OCUPA A DIREÇÃO DO DETRAN EM ITAITUBA":
Já estava na hora de reconhecerem tantos anos de trabalho da família Baú em prol da população. Boa sorte ao Peterson

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "BAÚ OCUPA A DIREÇÃO DO DETRAN EM ITAITUBA":
Parabéns ao Peterson!
Que trabalhe com ética e dignidade, respeitando os cidadãos e prestando bons serviços à toda população.
Sucesso!

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "BAÚ OCUPA A DIREÇÃO DO DETRAN EM ITAITUBA":
Com a péssima administração de Danilo Miranda em Trairão, Ademar Baú não precisa nem se esforçar pra ressurgir. Danilo sempre perdeu pra Ademar Baú e só se elegeu porque ele não era candidato. Mas agora será a hora de provar quem é verdadeiramente político! Aguarde!!!!
Andre Paxiuba deixou um novo comentário sobre a sua postagem "PEREGRINAÇÃO DE PRADO EM BUSCA DE INVESTIMENTOS":
Amigo Valter, a força de vontade de Ranilson é uma das alavancas que tem tirado Aveiro do marasmo e do atraso de vários anos de desgoverno. Com muita garra e apoio de alguns deputados, Prado tem lutado para trazer grandes investimentos a esse município, como é o caso do recente convenho assinado com o Governo federal e a Caixa Econômica Federal no projeto minha casa minha vida, projeto esse que beneficiara Aveiro com 150 casas populares, um investimento de mais de 1 milhão de reais;

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "MÉDICA FALSA, BICO DE SACOLEIRA.":
Vc quer distorcer os fatos esconder o caso "DA FALSA MÉDICA". Será que eu entendi? O trabalho só dignifica o homem. Dona Gorete pode ter sido qualquer coisa, mas o fato dela ter sido qualquer coisa não vai justificar a falsidade ideológia da médica.
Isso é uma palhaçada,vc é o que no governo de RANILSON em Aveiro, um BABÃO? PUXA-SACO, o que mesmo vc é?

Sebastiao Dantas deixou um novo comentário sobre a sua postagem "MÉDICA FALSA, BICO DE SACOLEIRA.":
Adicionei vc ao blog: www.sebastiaodantas.blogspot.com.

Anonimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "MÉDICA FALSA, BICO DE SACOLEIRA.":
Blogueiro
Respeita teus leitores. Tu começa falando de uma coisa e acaba em outra. Deixa a Gorete fazer da vida dela o que bem entender. Se tua raiva é porque ela não te comprou agora que a "sacoleira" não vai te comprar mesmo. Se ela tá vendeno roupa é um sinal que é trabalhadora e não roubou a prefeitura como você noticia.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "INGERÊNCIA DE POLITICAGEM E DESVIOS DE CONDUTAS SÃ...":
É meu amigo Walter, o DETRAN de Itaituba virou caso mesmo de intervenção imediata pelo governo do Estado, a unica maneira de livrar o órgão de tanto descredito. No PSDB de Itaituba a briga é grande, que nem chamo de fogo amigo, é fogo mesmo de INIMIGO. Há politicos que querem comandar tudo, e se acham, alias, se intutulam dono da verdade, dono do PSDB de Itb. O SPDB itb está sem identidade. Governador precisa descobrir o mentor dessa destruição do partido em Itaituba. Quem está sorrindo com tudo isso é Eliene Nunes.

Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "COMENTÁRIOS SOBRE A LUTA PRÓ- ESTADO DO TAPAJÓS":
Se o Estado do Tapajós não tivesse futuro, as elites de Belém não estaria brigando por ele.
Para Belém, o Estado do Tapajós é só uma colônia.
Basta ,
O Estado do Tapajós terá um futuro brilhante e vai ser mais uma estrela na bandeira de nosso país.
VOTO 77 . SIM
___________
REMENDO RP

Os comentários foram postados preservando por inteiro seu teor inclusive com alguns pequenos problemas ortográficos e de concordância que não alteraram o entendimento do comentário apresentado, Os comentários não refletem necessariamente o que pensamos a respeito.

5 comentários:

Anônimo disse...

Belém decidirá o futuro do Estado do Tapajós.


A criação do Estado do Pará vai ser decidida na capital Belém,
91% do belenenses são contra a emancipação do Estado do Tapajós,
Apenas 9% apoiam o desejo de liberdade do tapajoara criar seu próprio estado.

Portanto, a guerra será travada em Belém , onde os movimentos de emancipação e contra deverão intensificar seu trabalho, o de conscientização da importância do voto.
Quem tiver melhor desempenho em Belém, decidirá o plebiscito.
Belém tem mais que o dobro dos votos das duas regiões juntas, Tapajós e Carajás.
Vamos fazer campanha e divulgar o SIM, 77.

Anônimo disse...

ESTADO DO TAPAJÓS, A EMANCIPAÇÃO É UMA LUTA.

Comentário: Jonivaldo Sanches

Todo esforço será pouco no embate político pela criação dos futuros estados do Tapajós e Carajás, especialmente pela criação do Estado do Tapajós, onde pretendemos viver.
Infelizmente, creio que falta maior mobilização junto às pessoas da capital, Belém,
e mesmo nas ruas de nossas cidades do oeste. Temos, como venho defendendo a bastante tempo, de demonstrar o quanto a criação das novas unidades federativas, Estado do Tapajós e Estado do Carajás podem ser importantes para o futuro da Amazônia por fortalecer sua importância política, com aumento de bancada parlamentar nacional da Amazônia nas duas casas, Camara Federal e Congresso e melhorar e gerenciamento do território da região norte, na Amazônia.
Temos de demonstrar como o discurso da perda de recursos do Pará remanescente é falacioso, pois omite que haverá economia com investimentos nessas regiões do Pará.
É necessário que se faça campanha de massa enviando mensagens a todos os conhecidos da capital, Belém, e divulgando os artigos que demonstram a viabilidade e importância da criação dos novos Estados, Tapajós e Carajás, junto aos moradores da zona metropolitana de Belém.
É necessário mostrar que o projeto de criação saiu do papel para se tornar realidade em 11 de dezembro. Ele tem de estar nas ruas. A campanha não vai se iniciar somente quando calendário eleitoral permitir, já deve estar neste momento a todo vapor para se contrapor a opinião dos contrários. Essa é uma campanha que tem de estar na porta de casa e no coração de cada morador dessas regiões do Tapajós ou Carajás.
Somente a participação do povo criará o Estado do Tapajós e do Carajás.
Essa chance é única. A participação popular terá o condão de vincular a legitimidade desse povo libertador para cobrar que os governos desses futuros Estados, Tapajós e Carajás, nasçam respeitando efetivamente suas constituições e os princípios de uma democracia efetivamente popular.
Na História desse país somente nesse momento isso será possível, pois os demais Estados, Mato Grosso do Sul e Tocantins, foram criados sem a participação do povo, porém essa participação não pode ser dar somente votando, mas sim discutindo-se, debatendo e convencendo a quem não acredita no projeto de emancipação de que ele é forma estratégica de desenvolvimento regional na Amazônia e promoção da melhoria de vida das populações de toda essa região esquecida e de belos rios e muita pobreza.

Anônimo disse...

A emancipação do Estado do Tapajós defendido pelas mulheres.

Comentário de Thalys Rios.

Clamor de uma mãe.

Lógico que a frente parlamentar de toda a regiao metropolitana de Belém será contra a emancipação do Estado do Tapajós e Carajás.
.Durante toda a historia desse estado, a região Sul e Sudeste serviu como “Galinha dos Ovos de Ouro” para o Governo do Pará. É onde os impostos somam o valor mais agregado. São os impostos dessas regiões em questão, Tapajós e Carajás, que financiam a farra na ALEPA, e outros escândalos que vigoram por Belém afora, não estou dizendo que os políticos de Belém são todos corruptos, e nem que foi apenas o ‘dinheiro’ dessa região que foi desviado, mas todos os “Suspeitos” envolvidos no escândalo da Alepa são contra a emancipação do Estado do Tapajós e Carajás, Isso é apenas um, dos milhares de parâmetros que fazem com que eu seja a favor da emancipação, eu seja a favor de um Governo mais Presente, um governo mais próximo da população carente da região do Tapajós, queria ter um governo que visitasse minha cidade, minha região do Baixo Amazonas, não apenas na época de exposição Agropecuária, não apenas para compor uma mesa de políticos que faram discursos utópicos, e talvez mentirosos.
Queria que os senhores Deputados estaduais e federais do Pará que são contra a divisão do Estado viajassem de carro por nossas rodovias estaduais dessa região Sul, como é o caso da extinta PA – 150, para que vejam o descaso por parte desse governo ausente.
O Pará é um estado continental, e jamais um governo conseguirá assisti-lo por inteiro. Então eu acho que submeter toda a população esquecida pelos governantes, a viver nessas condiçõe de miséria por meros interesses políticos, ou por medo de perder a “mamata”, é uma grande falta de consideração e respeito para com o povo do Tapajós e Carajás.. É muito fácil para esses deputados que são contra a emancipação formularem um gama de argumentos baseados em números, em PIB, e outros encartes mais, muitas vezes manipulados em números, porém gostaria de vê-los encarando
3 dias de barco para chegarem à Belém, em busca de tratamento médico para seus filhos, sem lugar certo para ficar e se hospedar, pois em seus municípios de origem não há recursos na área da saúde. Gostaria de ver esses deputados contra a emancipação enviarem seus filhos para a capital [caso morassem no interior] para estudar o ensino médio, ou uma faculdade, porque seu município foi esquecido pelo poder público do Pará, e ainda sustentar a casa e o filho estudando fora , muitas fezes com problemas de saúde, com R$545,00.
Mas nossos parlamentares só nos visitam de avião,
em épocas de campanha, com seus acessores e sua comitiva.
E agora querem tirar a oportunidade que nós, o povo sofrido do Estado do Tapajós de termos nosso próprio Estado, nossa própria administração, descentralização com uma capital mais próxima, com políticos da nossa região, que não sejam colonizadores e que nos saqueiam nossas riquezas e nos cobrem impostos abusivos para alimentar uma eleite de Belém que vivem mamando a nossas costas, por isso eu digo, o Estado do tapajós é nossos, queremos nossa emancipação e temos de dar o Troco dizem SIM.
Sou mãe e quero o melhor para meus filhos, desejo um futuro melhor para nossas crianças.
Por isso, VOTO SIM, 77 a favor da emancipação do Estado do Tapajós e Carajás.

Anônimo disse...

Plenário do TSE aprova as dez resoluções sobre o Plebiscito no Pará


Ministro Arnaldo Versiani durante sessão do TSE. Brasilia 18/08/2011
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou na sessão administrativa desta quinta-feira (18) as 10 resoluções que regulamentarão o Plebiscito no Pará que consultará a população sobre a divisão do Estado e a criação de mais duas unidades da federação – Tapajós e Carajás.

Relator das resoluções do plebiscito, o ministro Arnaldo Versiani encaminhou no plenário voto a favor da aprovação das resoluções, que foram submetidas à audiência pública no TSE, realizada no dia 5 de agosto, na qual partidos políticos e instituições fizeram uma série de sugestões ao aperfeiçoamento das minutas dos textos. Na sessão desta noite, o ministro Arnaldo Versiani elogiou a participação dos políticos e da sociedade em geral na audiência e informou quais as principais sugestões acolhidas e rejeitadas, fornecendo as devidas justificativas.

O Plebiscito no Pará está previsto para o dia 11 de dezembro deste ano e tem como objetivo consultar todos os eleitores paraenses acerca do desmembramento do Estado. No dia do Plebiscito, os votantes deverão comparecer às suas respectivas seções eleitorais das 8h às 17h, e quem não comparecer terá de justificar a ausência nos 60 dias seguintes ao da votação.

O resultado da votação será encaminhado pela Justiça Eleitoral ao Congresso Nacional, que terá a palavra final sobre a criação ou não dos Estados. A criação de Tapajós e Carajás depende da edição de lei complementar, conforme a Constituição Federal de 1988.

Foram acolhidas nas resoluções as seguintes sugestões apresentadas pelos participantes da audiência pública:


- Estabelecer limite de gastos para cada Frente – R$ 10.000.000,00. O ministro Arnaldo Versiani informou que esse é um valor coerente, por exemplo, com o custo de uma campanha para governador no Estado do Pará, que fica geralmente entre R$ 5 milhões e R$ 8 milhões.

- Ampliação do horário das inserções das Frentes de 8 horas às 24 horas para o período de 7 horas a 1 da manhã seguinte, respeitado o horário de Brasília.

- Rodízio entre os plebiscitos para a propaganda gratuita – um dia para as frentes pró e contra a criação de Tapajós e outro dia para as frentes pró e contra a criação de Carajás. A propaganda gratuita referente ao plebiscito durará 20 dias, de 11 de novembro a 7 de dezembro.

- A propaganda gratuita será veiculada às segundas, terças, quartas e sextas-feiras e sábados. Aos domingos não tem e às quintas serão veiculadas as propagandas político-partidárias normalmente agendadas desde dezembro de 2010.

- Qualquer eleitor com domicílio eleitoral no Estado do Pará poderá integrar uma das Frentes.




Abrangência da consulta

Por maioria de votos, os ministros do TSE rejeitaram a ampliação (para todo o território nacional) ou restrição (somente às populações das regiões que poderão eventualmente se transformar em novos estados) da consulta por entender que ambas as propostas contrariam o artigo 7º da Lei nº 7.909/98 (Lei que regulamenta os Plebiscitos).

O artigo 7º da lei estabelece que para as “consultas plebiscitárias previstas nos arts. 4º e 5º entende-se por população diretamente interessada tanto a do território que se pretende desmembrar, quanto a do que sofrerá desmembramento; em caso de fusão ou anexação, tanto a população da área que se quer anexar quanto a da que receberá o acréscimo; e a vontade popular se aferirá pelo percentual que se manifestar em relação ao total da população consultada”.

Anônimo disse...

A EMANCIPAÇÃO DO ESTADO DO TAPAJÓS, DEFENDIDO PELAS MULHERES.

Comentário da leitora Thalys Rios sobre o Post: Adesões ao NÃO
Lógico que a frente parlamentar de toda a regiao metropolitana será contra a Divisão do estado.Durante toda a historia desse estado, a região Sul e Sudeste serviu como “Galinha dos Ovos de Ouro” para o Governo. É onde os impostos somam o valor mais agregado. São os impostos dessas regiões em questão que financiam a farra na ALEPA, e outros escândalos que vigoram por Belém afora, não estou dizendo que os políticos de Belém são todos corruptos, e nem que foi apenas o ‘dinheiro’ dessa região que foi desviado, mas todos os “Suspeitos” envolvidos no escândalo da Alepa são contra a divisão.
Isso é apenas um, dos milhares de parâmetros que fazem com que eu seja a favor da Divisão, seja a favor de um Governo mais Presente, um governo mais próximo da população carente, queria ter um governo que visitasse minha cidade, não apenas na época de exposição Agropecuária, não apenas para compor uma mesa de políticos que faram discursos utópicos, e talvez mentirosos.
Queria que os senhores Deputados estaduais e federais que são contra a divisão do Estado viajassem de carro por nossas rodovias estaduais dessa região Sul, como é o caso da extinta PA – 150, para que vejam o descaso por parte desse governo ausente. o Pará é um estado continental, e jamais um governo conseguirá assisti-lo por inteiro. Então eu acho que submeter toda a população esquecida pelos governantes, a viver nessas condições, por meros interesses politicos, ou por medo de perder a “mamata”, é uma grande falta de consideração e respeito para com o povo. É muito fácil para esses deputados que são contra a divisão formularem um gama de argumentos baseados em números, em PIB, e outros encartes mais, mas gostaria de vê-los encarando 3 dias de barco para chegarem à Belém, em busca de tratamento para seus filhos, sem lugar certo para ficar, pois em seus municipios de origem não há recursos na área da saúde. Gostaria de ver esses deputados enviarem seus filhos para a capital [caso morassem no interior] para estudar o ensino médio, ou uma faculdade, porquê seu município foi esquecido pelo poder público, e ainda sustentar a casa e filho estudando fora com R$ 545,00.
Mas nossos parlamentares só nos visitam de avião, em épocas de campanha, com seus acessores e sua comitiva. E agora querem tirar a oportunidade que nós, o povo sofrido, temos de dar o Troco.
Por isso, VOTO SIM, a favor da criação de CaraJÁs e Tapajós.