RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 30 de agosto de 2011

DEM NACIONAL SE JUNTA À LUTA PELO ESTADO DO TAPAJÓS

Democratas nacional apóiam emancipação do Estado do Tapajós
O presidente nacional do partido dos Democratas, o senador José Agripino Maia (RN), garante ser a favor da criação do estado do Tapajós. Ele afirma ainda que o estado do Tapajós é uma porta de saída para o mundo. "E a criação desse estado vai viabilizar um estado imenso, que é o estado do Pará com grande dificuldade de governabilidade, dividindo ficará com melhores condições de operar as suas potencialidades", garante.

Na última sexta-feira(26), no seminário estadual dos Democratas em Santarém, coordenado pelo deputado federal Lira Maia, o presidente nacional do partido esteve presente, além do senador líder do DEM no senado, Demostenes Torres (GO) e o deputado federal ACM Neto (BA), que é líder do DEM na Câmara dos Deputados.
Para José Agripino, o estado Pará é um estado imenso. É um estado que na verdade precisaria da divisão. "O nosso partido ao lado de Lira Maia que é um dos baluartes da criação do estado do Tapajós, já tomou através do senador Demostenes, que foi relatar da matéria no senado, já tomou uma posição favorável à divisão do estado em três partes, mas fundamentalmente da parte do Tapajós que é uma área agrícola de grande perspectiva no futuro", assegura.

Para ACM Neto, a criação do estado do Tapajós irá permitir maior desenvolvimento da região. "Demos o maior apoio para aprovar o plebiscito na Câmara Federal t e o Democratas eve um papel importantíssimo. A população do Pará majoritariamente votando sim no plebiscito, depois nós vamos ter que aprovar a lei complementar e isso será feito sem nenhuma dificuldade", garante



Um comentário:

Anônimo disse...

Zenaldo Coutinho declara guerra ao Estado do Tapajós.

Zenaldo , deputado federal licenciado, deixa o governo Jatene.
Ele pediu exoneração do cargo de secretário especial (Proteção e Desenvolvimento Social) do governo Simão Jatene, para se dedicar full time à campanha do “NÃO” à emancipação dos Estados do Tapajós e Carajás.
Com a decisão, o parlamentar reassume a sua vaga na Câmara dos Deputados.
Em consequência, o 2º suplente do PSDB,
Dudimar Paxiúba, com base eleitoral em Itaituba,
vai deixar o cargo em Brasília.
Zenaldo promete não medir esforço para acabar com o sonho de liberdade , emancipação e desenolvimento das regiões oeste e sudeste.
Uma luta de séculos não pode ser derrotada por egoísmo e dominação.
A luta continua aos que são fortes.
Somente o “SIM” nos libertará e trará
ao Estado do Tapajós
o desenvolvimento.