RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 21 de junho de 2011

A VINGANÇA VEM A CAVALO

EM AVEIRO O AUTORITARISMO, MANDONISMO E RETALIAÇÃO
AINDA PARECEM INSEPULTOS

Aveiro - A  eleição recente de Ronilson Prado, que despertava para ser  no municipio  um divisor de aguas entre  o mandonismo, autoritarismo impregnado no decorrer dos tempos, e uma administração voltada para sepultar esses vicios que atentam contra a moralidade e gestão publica contribuindo para instituir-se  uma nova relação entre o Poder Executivo e os municipes indistintamente, começa a mostrar que o prefeito iniciou seus trabalhs no executivo confundindo-se e colocando de lado  a nova relação com o povo conforme plataforma apresentada em sua campanha.

Elias Junior em seu Jornal Eletronico denuncia a onda de perseguição que recrudesce no municipio, em cima de pessos que não se alinhavam politicamente com o prefeito eleito, e dessa forma um aliado do ex-candidato Eliezer, vigilante  de uma escola municipal pertencente ao quadro permanente da PMA,  Jaime Manoel Sarmento do Distrito de Brasilia Legal surge como uma das primeiras vitimas.

A denuncia da sórdida perseguição  contra o vigilante em particular, da-se tambem por motivos de preparativos  de sua excelencia, iniciar conchavos politicoa para contar com maior suporte politico junto ao Poder Legislativo, ja que Jaime Sarmento tem laços familiares com determinado cidadão que deve receber uma cadeira no Parlamento e o assedio politico apresentado por Prado está sendo instituido como de um Rolo Compresssor. É uma pena que isso volte a se repetir em Aveiro. Tudo outra vez!

Caso haja interesse, está aberto o direito do contraditório ao Prefeito.

Um comentário:

Anônimo disse...

AMIGO TERTULINO, VOCÊ É FIXE. GOSTO DO SEU BLOG. AQUI EM PORTUGAL E MAIS PRINCIPALMENTE NO ALENTEJO FALTAM PESSOAS ASSIM. UM ABRAÇO DUM ALENTEJANO (DE PORTUGAL).