RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sexta-feira, 24 de junho de 2011

SANTARÉM SEDIA ENCONTRO HISTORICO PRÓ TAPAJÓS

Santarém – Contando com a maioria dos prefeitos dos municípios que formam o futuro estado do Tapajós e entre esses vereadores de diversos municípios além de deputados Estadual e Federal, ocorreu neste dia 24, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Santarém o encontro dos entes envolvidos com o movimento pró Tapajós. Na ordem do dia, além da reformulação do Estatuto que da nova denominação ao movimento (Instituto Cidadão Pró Estado do Tapajós- ICPET), norteou diretrizes de luta e o organograma funcional e operacional da entidade.

Fez a apresentação do encontro o Deputado Federal Lira Maia, exortando aos presentes que a luta é de todos, e que nesse interim deve ser preterido vaidades e desejos pessoais, e sim o objetivo geral que é a luta pelo SIM no plebiscito vindouro, acrescentou que não deve ser colocado em discussão ou comentários pretensões de municípios em sediar a futura capital já que a luta que deverá ser travada é a garantia pela emancipação. Disse que na esfera federal temeu que o projeto coletivo do Oeste do Pará não lograsse êxito, e exultou em contentamento quando foi referendado a decisão para a realização do plebiscito.

Reportou-se em seguida o professor Edvaldo Bernardo que conduz e dirige os assuntos pertinentes pró Tapajós, desde o inicio, que descerrou comentários sobre a forma da eleição que se aproxima e considera que estamos começando nos preparar para que a eleição seja apenas na região ou em todo o estado, disse que Carajás que encontra-se na luta por sua emancipação contratou assessoria jurídica para caso a escolha seja em todo o estado ir até o Supremo para que seja apenas nas áreas de abrangência de Carajás. Ato continuo o Deputado Estadual Alexandre Von ao analisar a composição sugerida para o organograma teceu considerações que deve ser administrada a entidade por um Conselho Gestor composto dos prefeitos e presidente dos Poderes Legislativos, e sobre a luta do povo de Carajás, comentou que mesmo o Tapajós não tendo pensamento de fazer amparo judicial para garantir a eleição somente nos municípios abrangentes, o movimento pró Carajás, contratou assessoria jurídica por R$ 700.000,00 para defender o plebiscito com os municípios vinculados a sua região e se o sim prevalecer a assessoria receberá R$ 2.000.000,00 como honorários.

Fizeram-se presentes entre ao encontro dentre outras autoridades de destaque, prefeitos de Uruará, Trairão, Prainha, Almeirim, Altamira, assessorias dos prefeitos de Santarém, Jacareacanga, Rurópolis e além de diversos Vereadores de Santarém, representantes camerais de Altamira, Rurópolis, e outros municípios da região do Rio Amazonas e afluentes. Ponto injustificado foi a ausência dos Prefeitos ou seus representantes de Itaituba e Aveiro.

No organograma funcional Pró Tapajós na direção de condução do Instituto estão todos os prefeitos e presidentes de Camaras, e imediatamente abaixo sendo o diretor do desenvolvimento das ações está o professor Edvaldo Bernardo que comandará ações de controladoria nas áreas de Finanças, contábil, e jurídica tendo o Conselho Gestor a responsabilidade por captação de recursos financeiros, Coordenação politica, Mobilização e Marketing.

Todos foram unanimes em apelar aos municípios uma luta sem trégua pelo SIM criando seus comitês municipais ensejando apoio das respectivas prefeituras e entes políticos, acordando-se que esse movimento deve ser suprapartidário com todos coesos para pleno êxito.

3 comentários:

Anônimo disse...

Walter parabens pela postagem sobre a reunião aqui em Santarém, vamos com certeza pertencer ao novo estado do Tapajós, que será irmão e não inimigo do Pará. Com o Tapajós a distribuição de renda e emprego estara proximo e não em Belem. Aguardamos outras postagens do genero e torcemos pela divisão.

Walter Azevedo Tertulino disse...

Todos do oeste do Pará estarão votando no SIM, somente assim as esperanças de dias melhores estão renovadas.

Anônimo disse...

Todos do oeste do Pará estarão votando no SIM, somente assim as esperanças de dias melhores estão renovadas.