RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 23 de maio de 2011

ABUSO, EXAGERO E INDIGNAÇÃO

Brasileiro trabalha até 29 de maio apenas para pagar tributos‏

SÃO PAULO – A população brasileira trabalha até o dia 29 de maio apenas para pagar tributos – impostos, taxas e contribuições –, segundo dados do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), divulgados nesta segunda-feira (23). Desde 2003, quando o IBPT lançou o primeiro estudo, a arrecadação cresce. Na época, o contribuinte destinou do seu rendimento bruto, em média, 36,98% para pagar tributos que incidem sobre os rendimentos, consumo, patrimônio, entre outros.
Já em 2004, o trabalhador destinou 37,81% do rendimento para a tributação, em 2005, 38,35%, em 2006, 39,72%. Em 2007, 40,01% do rendimento do brasileiro foi para o fisco, em 2008, foram 40,51%, em 2009, 40,15% e, em 2010, 40,54%. Neste ano, o contribuinte destinará 40,82% do seu rendimento bruto.
Indignação
O presidente da entidade, João Eloi Olenike, destaca que esse aumento da contribuição aos cofres públicos é motivo de indignação, pois todo o sacrifício da população contrasta com a ineficiência dos serviços públicos.
“Enquanto é costumeira a notícia de quebras sucessivas de recordes de arrecadação de impostos, taxas e contribuições, o cidadão convive com os seguintes fatos cotidianos: problemas na saúde pública, educação deficiente, falta de segurança pública e caos na infraestrutura”, explica.
Comparação
Na tabela abaixo, está a comparação dos dias trabalhados no Brasil com os de outros países:
* Dias trabalhados para pagamento de tributos
 Arrecadação em outros países 
Países
 Dias *
Suécia
185 dias
França
149 dias
Brasil
149 dias
Espanha
137 dias
EUA
102 dias
Argentina
97 dias
Chile
92 dias
México
91 dias
Fonte: IBPT
------
Encaminhado por B. P. Araújo

Nenhum comentário: