RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quinta-feira, 6 de maio de 2010

MUDANÇA NA FUNAI DE ITAITUBA

Itaituba - Segundo informações repassadas por alguns indigenas, a Coordenação Regional da Funai em Itaituba, sofreu alteração em seu quadro de servidores, como ja estava previamente anunciado, com a nomeação da pedagoga Terezinha Vieira para comandar o Serviço de Assistencia, em substiutuição ao historiador Ivanildo Viana Rocha que foi exonerado. Terezinha deverá desenvolver trabalhos de fomento à produção indigena e ainda fazer acompanhamento da promoção de saúde e educação em Terra Indigena. A A Pedagoga milita na causa indigena entre os Munduruku desde meados da década de 90 e sempre esteve envolvida na área de Educação constituindo-se em uma grande colaboradora.

Entre suas responsabilidades, Terezinha precisa implementar trabalhos que visem fazer o Coordenador Regional Ademir Kabá (Foto) a entusiasmar-se por suas responsabilidades, ja que parece sem norte e direção à frente da Funai na região. Também a titular do Serviço de Assistencia, deverá quebrar velhos paradigmas para poder se situar à frente de seu trabalho, e um delas em parceria com Ademir Kabá é extinguir o "fogo amigo" que permeia as ações de trabalho no Organismo Inidgenista de Itaituba, apesar de seu diminuto quadro de funcionarios. Corrente dentro da Funai não queriam a nomeação da Pedagoga talvez a mesma corrente que hoje a aplaude.

Ou Terezinha acha meios para entusiasmar Ademir Kabá a dedicar-se ao trabalho indigenista  e ao gerenciamento da Gestão Pública, ou em breve as mesmas lideranças que recomendaram a nomeação do Coordenador Regional pedirão sua exoneração,  ja que existem fartos comentários no seio indigena dessa possibilidade. Desde a assembleia indigena realizada mes passado na Aldeia Carapanatuba, em que Ademir  teve participação pífia há rumores que as lideranças pedirão sua exoneração. Uma indigena da  Barra de São Manuel, reportou-se sobre o Coordenador: Ele entrou mudo e saiu calado, não gosta de falar e isso é ruim para o indio.
O certo é que se Terezinha tiver apoio, dotação orçamentaria poderá fazer um bom trabalho. Enquanto  de  Terezinha pode-se esperar um bom trabalho, tambem de Ademir Kabá pode-se esperar o mesmo, desde que a Funai providencie com urgencia uma capacitação de gerenciamento e gestão administrativa, pois nomeou uma pessoa para a Coordenação Regional que tem nivel universitário mas, de gestão pública não detém conhecimento nem básico. Ou seja: a Funai entregou seu Coordenador às feras.

BLITZ DA FUNAI EM JACAREACANGA
Como a grande densidade populacional indigena concentra-se no municipio de Jacareacanga e os indigenas tem contato intermitente com a população envolvente na sede desse municipio, com participação dos indigenistas Arthur e Marcelo, e ainda com a colaboração do MPE, Policia Militar e Conselho Tutelar, está ocorrendo blitz nos logradouros públicos, lupanares, bares e similares de forma educativa sobre a proibição de disseminação, venda ou favorecimento de bebidas alcoolicas aos indigenas além da perambulação de menores em horario noturno. Como declarou um funcionario, as blitz estão sendo desenvolvidas em carater instrutivo, de conscientização, depois a coisa tende a se configurar como uma ação policialesca mesmo, em obediencia ao disposto na Lei 6.001 que rege o Estatuto do Índio.

Um comentário:

Saymon / Paulo Afonso/BA disse...

MUITO LONGE DE SER PRECONCEITUOSO E PERTO DE SER MUITO SINCERO, utilizo-me desde comentario para dizer que mesmo que o Chefe da Funai seja Sociologo ou que tenha outro titulo acadêmico, ele ou outro indigena estão muito longe de entenderem os mecanismos da administração pública, e portanto serão um fracasso enquanto administradores. A cultura indigena sobressai ante essa responsabilidade, e a cultura indigena enseja sempre facilitações a parentes e daí o indio no encargo de sua responsabilidade faltará a confiança dos demais indigenas.

É um crime o que fizeram com Ademir Kabá, de noemarem para a Funai., se ensinarem administração publica para o mesmo. Será que ele sabe o que quer dizer Lei de Responsabilidade Fiscal?
Seele tivesse consciencia das coisas na certa saberia que entrou numa roubada, so paramassacrarem mais os indios