RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

domingo, 18 de abril de 2010

MÉDICOS QUEREM, DISTÂNCIA DO INTERIOR

Belém - Trinta e nove dos 144 municípios do Pará não possuem sequer um médico com domicílio registrado no Conselho Regional de Medicina. O dado, atualizado na manhã de sexta-feira, 16, indica que um terço das cidades do Estado padece com a falta de profissionais da área médica. 

Levantamento feito pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) revela que nos municípios do interior do Pará há em média um médico para cada grupo de 5.135 habitantes - proporção similar ao que ocorre nos países da África e cinco vezes maior do que a média estabelecida pela Organização das Nações Unidas como ideal. 

Belém, que concentra 75,4% dos médicos com registro no CRM, está no lado oposto desta balança: há um profissional para cada 343 habitantes - mais do que a média do Estado de São Paulo (de 413 habitantes para um médico) e do que a média nacional dos Estados Unidos (de 411 para 1). Os dados se referem aos endereços registrados pelos médicos nos Conselhos Regionais de Medicina. No Pará, apenas 3,14% dos médicos estão com endereço desatualizado ou residem, hoje, em outro estado. 
Fonte: O Liberal

Nenhum comentário: