RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

FILHO D'UMA ÉGUA E SUJISMUNDOS

CAVALO E SUJISMUNDOS CAUSAM DANOS
No trecho compreendido entre a ponte do passa-tudo e Escola de Produção Rural, aconteceu uma cena inusitada: Um potro evidentemente filho d`uma égua por pouco não ocasionou um acidente de grande proporção na ocasião em que dividia com urubus os monturos de lixos existentes naquele local, e fustigado pelo puxa-puxa dos abutres e pela aproximação de um carro da Cimaq da Amazônia saindo em desabalada carreira por pouco não colidiu com uma Caminhonete D-20 que passava naquele momento.
O potro depois da carreira foi pastar solenemente com outros cavalos que perambulam às proximidades dos monturos de lixos e que colocam sempre em risco vidas de pessoas que trafegam motorizados por ali.
Pra completar a cena trágica, um caminhão da Cimaq da Amazônia atravessado na Rodovia Transamazônica, com tres sujismundos daquela empresa, despejaram no local enorme quantidade de lixo para desespero da população, devido servir de criadouros para vetores e roedores, e que fez a alegria da urubuzada, que revoavam agredecidos.
Tres atores mencionados na matéria, concorrem para se ver sempre uma cidade avacalhada, os Sujismundos da Cimaq, e os que tem o mesmo comportamento suino desses, os quadrúpedes que abundam pelas ruas da cidade, e os paquidermes que deixam os animais soltos nas vias públicas.


Nenhum comentário: