RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 11 de novembro de 2008

PARÁ VIOLENTO

A violência no Pará, segundo Mario Couto

O parlamentar mencionou uma série de episódios considerados por ele como "graves". Só em 2008, por exemplo, 23 bancos foram assaltados. Uma das agências foi invadida sete vezes por bandidos e agora está fechada por tempo indeterminado. Outro fato citado pelo senador foi a recusa de carteiros de entregar a correspondência em locais tidos como inseguros.

Uma comunicação de Mário Couto a uma correligionária política voltou com a inscrição "Não pôde ser entregue - risco de assalto". Para o parlamentar, nada pode representar mais a inversão de valores vigente hoje no Pará de que as freqüentes prisões de policiais por bandidos. "Os políticos deveriam ter mais respeito com o povo. E a população deveria ter formas de fiscalizar e punir os homens públicos mentirosos", protestou o senador. (Agência Senado)

Nenhum comentário: