RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

KAIAPÓ E MUNDURUKU UNIDOS POR PROMOÇÃO DE SAÚDE EFICIENTE (Descaso e covardia)

Revoltados com a péssima promoção de saúde ofertada pela Fundação Nacional de Saúde, lideranças Kaiapó e Munduruku, unidos (?) se reuniram na Casai (Casa de Saúde Indígena) com a Chefia da Funasa e Funai, e traçaram metas para ainda este mês fazerem gestões na capital Federal, para exigirem uma promoção de saúde digna.

O servidor da Funai Jaime Rodrigues dos Santos, que exerce a chefia do Organismo Indigenista Federal, preocupado com o descaso da saúde, e proporções negativas que pode ser alcançada com essa situação disse que a Funai Itaituba, estaria fazendo contato com a presidência da Funasa para que faça mudanças no Plano de promoção de saúde 2.009/2.011, uma vez que os planos anteriores foram feitos de cima para baixo, ou seja; foram feitos sem a verificação in-loco das reais necessidades dos indigenas.

Outra situação que colocou o Chefe da Funai, foi que o plano de saúde que ja não era eficiente sofreu descontinuidade vez que a Fundação Esperança deixou de prestar a assitência devida e não apareceu outra instituição para conveniar adequadamente com a Funasa.

Na verdade o trabalho do esforçado chefe da Funai nada resolve, e esse negocio que os indios serão recebidos em Brasilia pela Funasa para se discutir as ações de saúde na região não passa de balela, mentira ou fantasia, para encher a paciência dos indios, ja que sem verificarem in-loco as reais necessidades e fazerem com seriedade uma porposta de saúde eficiente, nada poderá ser feito para se pormover uma assitência decente.

Ja existe um planejamento para a assistência à saude indigena ser retirada da Funasa e repassada para um Secretaria ligada diretamente à Presidência da República. É fácil pressupor que no encontro com os indigenas, esses serão uma vez mais enrolados, ja que está praticamente findo o exercício de 2.009 e a recomendação dos Capos da Funasa, vai ser "No inicio de fevereiro, pois em janeiro nada se faz, vocês devem voltar para rertornarmos esse assunto importante, lembrando que temos rsponsabilidade e jamais brincaríamos com os indigenas" Demagogia Pura!!! enquanto isso as doenças e óbitos campeiam e crescem em Terras Indigenas.

Esses péssimos condutores da Saúde indigena; não se reporta aos executores que são mais vítimas que culpados; refere-se ao pessoal de Belém e Brasilia que brincam com a vida desse povo. Cuidado! um dia esses índios irão se encher de voces! e aí a coisa vai pegar! - se voces não tiverem medo de castigo de Tupã'ña, por brincarem com a vida desse povo, cuidado... o descaso poderá fazer acontecer a lei da causa e do efeito e ai voces poderão pagar muito caro pelo descaso.

Enquanto, voces autoridades austeras, da saúde indigena estão em suas confortáveis mesas contabilizando o liquido de seus contra-cheques para que o saldo permaneça em suas contas ja que os valores das diárias recebidas dão suporte adequado para as despesas do orçamento domestico e familiar e ainda sobrar para um beer geladíssima... um indiozinho qualquer no Alto Tapajós, esquálido, faminto, doente, pode ja estar na mesma temperatura de sua gostosa beer, só que em cima de um jirau à dosposição de um ritual de morte, sendo velado por parentes e ao fundo celebrando também a vitória do descaso e da covardia.

Nenhum comentário: