RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

VASCO DA GAMA: PIOR IMPOSSÍVEL

Prefeito do Rio de Janeiro comenta administração de Roberto Dinamite
LANCEPRESS!

Desde que assumiu o Vasco, em 1º de julho deste ano, o presidente Roberto Dinamite sofreu com algumas críticas. A maioria delas partiu de seu adversário político Eurico Miranda. E, nesta segunda-feira, outro a questionar a administração do mandatário cruzmaltino foi o prefeito do Rio de Janeiro, César Maia.

Botafoguense declarado, o prefeito pediu para que Dinamite renunciasse ao cargo no Vasco, em publicação no seu ex-blog. Ele cita ainda uma dupla entre o governador do Rio, Sérgio Cabral, e o presidente do Gigante da Colina. Sérgio Cabral foi um dos que apoiaram o ídolo vascaíno na campanha para assumir o clube. Nem o presidente da república, Luis Inácio Lula da Silva, foi poupado pelo prefeito, que o chamou de pé frio.

Confira o trecho em que César Maia critica Roberto Dinamite e Sérgio Cabral em seu ex-blog:
"Usando sua força como governador, Cabral fez uma intervenção no Vasco e colocou seu amigo do peito e da ALERJ, deputado Roberto Dinamite, como presidente do Vasco. Quem conhece a dupla Cabral & Dinamite podia prever o desastre. Aliás, Lula também é vascaíno, mas no caso é só pé frio. Antes que um clube da tradição do Vasco, detentor do maior patrimônio, e mais diversificado, de clube esportivo do Rio naufrague, seria bom a dupla Cabral/Dinamite renunciar e abrir eleições diretas. Já não se trata mais de torcida deste ou daquele clube, mas de interesse de todos, do futebol do Rio. Dinamite deve ter autocrítica e renunciar. Seria demais pedir para aparecer no programa de seu correligionário Eduardo Paes. Paes também é vascaíno. Talvez daí insistir tanto na parceria com Lula e Cabral. Mas pelo amor de Deus: fora do Vasco."

Nenhum comentário: