RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 7 de julho de 2008

MARIA DA PENHA - INDENIZADA

Depois de sete anos de espera, a biofarmacêutica Maria da Penha Fernandes, que ficou tetraplégica em função de atos de violência cometidos pelo seu ex-marido, enfim recebeu uma indenização de 60.000 reais do governo de seu estado.
Maria da Penha, que dá nome à lei que tornou mais rigorosa a pena para quem pratica violência doméstica, recebeu o dinheiro nesta segunda-feira. A indenização foi determinada pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA, em 2001. Maria da Penha foi à comissão alegando que o estado demorou a punir o homem que cometia as agressões contra ela.
Maria da Penha foi vítima da brutalidade do ex-marido, Marco Antônio Heredia Viveros, durante seis anos -- em duas ocasiões, ele tentou matá-la. A biofarmacêutica ficou tetraplégica numa dessas tentativas, em 1983, quando Viveros acertou um tiro em suas costas. O ex-marido só foi preso quase vinte anos depois do crime. Foi condenado a dez anos de prisão, mas cumpriu menos de um terço da pena. A lei Maria da Penha foi aprovada em 2006 -- desde então, a punição aos maridos violentos é mais rigorosa.

Nenhum comentário: