RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 17 de junho de 2008

VIDA DE GADO - povo marcado povo feliz!

Não bastassem os enormes problemas para os Gestores Públicos compromissados com o povo humanizarem a cidade através de um bom funcionamento das instituições públicas, bom atendimento funcional, o que não é normal principalmente aqui em Itaituba, parte do povo e nesse aspecto uma minoria, é cúmplice do descaso reinante, pois não concorrem para preservar os valores e/ou os benefícios que são colocados à disposição dos munícipes, dilapidando o bem público colocados ao favorecimento do povo.

É comum se verificar as vias públicas da cidade entregues ao abandono devido à deficiência na coleta de lixo municipal somada à falta de escrúpulos de parte da população que impregnam a via pública de lixos em monturos e o pior, lixo constituído de sobras de alimentos, cadáveres de pequenos animais, que atraem baratas, roedores e animais vadios, dando um aspecto deprimente à visão de quem contempla a cena lamentável.

Há de se entender que existe responsabilidade do Poder Público Municipal em coletar o lixo, deixar as vias públicas limpas, as praças com aspectos de limpeza para usufruto da coletividade; mas há de se entender também que o mau uso causado por delinqüência de marginais e gangues, em locais que deveriam ser aprazíveis ao lazer da população estão cada vez mais se deteriorando por essa nefasta ação que tem produzido enormes prejuízos aos cofres públicos, já que a ação desses malfeitores é em proporção maior que o poder da providência para se recuperar o dano causado pelos vândalos.

É fácil constatar o dano causado por essa escória da sociedade na praça do Cidadão, na Praça do Congresso, e mais recente já acontecendo na Praça recentemente inaugurada às proximidades da Casa do Cidadão.

A frente da cidade além de lixos jogados pela população fora do recipiente adequado (veja foto) está adiantando o que breve será nosso maior cartão postal, pois o vandalismo já começa imperar mesmo com a guarda municipal estando vigilante; está sendo comum em Itaituba não valorizarmos o que é nosso. Mesmo antes da orla ser inaugurada os usuários que lavam seus carros na Getulio Vargas em confluência com as transversais Victor Campos e Paes de carvalho, estão usando a mureta de proteção do complexo da orla (mirante), para deixarem secar ao sol, tapetes de carros e outros utensílios dos lavadores, deixando um ar de abandono, não se podendo culpar o Poder Público e sim o próprio usuário.

Passando pela Praça do centenário, onde a cidade através dos anos erigiu um busto em memória ao fundador de Itaituba Joaquim Caetano Correa, para surpresa, creio que por ação de vândalos, a cabeça do monumento não estava no local, (veja foto) deixando a imagem do principal ou único vulto histórico da região decapitada e com sua memória ultrajada pela ação; somente uma pessoa que não tem amor por Itaituba ou um celerado, faria uma insanidade dessas.

Esses vândalos, que destroem, que dilapidam, que esculhambam, e avacalham com nossos valores e cidade, deveriam ver que não estão atentando contra a ordem pública somente e sim contra nossa história, contra si próprio, por ser constado por pessoas que visitam Itaituba, que aqui, nesta terra de gente decente e ordeira, também abundam marginais em profusão.
Esses coitados já marcados pelas dificuldades da vida em viverem amargurados dentro de suas redomas de frustrações, dentro de suas zonas de conforto à margem da lei; serão sempre marcados na alma por suas burrices achando que são felizes com suas ações marginais. Para nós, Os contempladores e promotores da ordem e dos bons costumes em uníssono dizemos OH! VIDA DE GADO.... POVO MARCADO, POVO FELIZ
Não seria mais fácil colocar o lixo na caixa de coleta?

Nenhum comentário: