RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

domingo, 8 de junho de 2008

PURA VIADAGEM!

O sargento do Exército Laci Marinho de Araújo, que admitiu em entrevista a ÉPOCA ser gays e ter um relacionamento homossexual desde 1997 com o colega de farda Fernando Alcântara de Figueiredo, foi preso na madrugada desta quarta-feira (4) pela Polícia do Exército.
De acordo com a Rede TV!, a sede da emissora, em Barueri, na Grande São Paulo, foi cercada pelo Exército na noite de terça-feira (3), enquanto Figueiredo e Araújo participavam do programa Superpop.
A emissora havia informado que ambos sargentos estavam presos, mas Alcântara não chegou a receber voz de prisão. Ele está, no entanto, em uma situação, no mínimo, curiosa. Ele afirmou a ÉPOCA que está em um hospital, mas que o diretor da instituição o proibiu de deixar o local.
A emissora divulgou imagens da prisão na manhã desta quarta-feira e mostrou que os sargentos tentaram, sem sucesso, argumentar contra a prisão, mas que Araújo acabou concordando em ser levado e Alcântara decidiu acompanhá-lo.
Em nota enviada a ÉPOCA na sexta-feira (30), o Exército afirmou que Araújo está na condição de "desertor e foragido da justiça militar desde maio de 2007" por não ter apresentado exames que comprovem seu estado de saúde após "longo afastamento do serviço militar".
Fonte: uol
A opção ou orientação sexual de cada pessoa se constitue em um ASSUNTO de foro íntimo, e neste Paìs que a Carta Magna da nação nos dá liberdade de expressão e livre arbítrio, os que fazem mal uso desse poder de ter seu livre arbítrio estrapolam os limites de tolerãncia afrontando os costumes estabelecidos, com apariações na mídia tratando de seus costumes que não são comuns. Longe de ser preconceituoso, a imprensa deveria reservar tempo para divulgar informações mais edificantes, de que divulgar ósculos de homossexuais em capas de revistas, e seus devaneios em programas televisivos. Não estou me posicionando contra os sargentos gays ou contra quem tem a mesma orientação sexual, mas a maneira que a imprensa da valor a difusão dessa matéria a coisa fica como PURA VIADAGEM!

No LIVRE ARBITRIO a pessoa toma a decisão que bem lhe interessar, principalmente quando não atinge a moralidade ou os direitos de outrem

Nenhum comentário: