RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 3 de junho de 2008

OBAMA ESTÁ PERTO DE VENCER HILARRY QUE PODE SER CANDIDATA A VICE

03/06/2008 - 22h06
Obama será o candidato democrata à Casa Branca, diz CNN
Colaboração para a Folha Online

O senador por Illinois Barack Obama alcançou a marca dos 2.118 delegados nesta terça-feira, quantidade suficiente para se tonar o candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos e enfrentar o provável candidato republicano, John McCain, nas eleições gerais, segundo contagem da rede de televisão CNN.
A emissora chegou ao número somando os delegados eleitos comprometidos com o senador e os superdelegados que anunciaram o endosso. No entanto, o apoio dos superdelegados somente será oficializado durante a Convenção Nacional Democrata, em agosto.
Chris Carlson/AP
Obama obtém 2.118 delegados e será o nomeado, afirma CNN
Até o momento, o senador Obama possui o apoio oficial de 1.748 delegados eleitos, contra 1.624 da rival pela nomeação, Hillary Clinton.
Vários superdelegados anunciaram apoio a Obama ao longo do dia, entre eles o representante (deputado) James Clyburn da Carolina do Sul, o terceiro membro democrata em importância na Casa dos Representantes, que incentivou outros superdelegados a fazer o mesmo para que o senador possa encerrar o processo da nomeação até o fim do dia.
"Hoje, o processo das primárias se aproxima de um fim", afirmou Clyburn em entrevista para a rede NBC de televisão. "Eu acredito que chegou a hora de todos os delegados não comprometidos tomarem sua decisão", acrescentou.
O ex-presidente Jimmy Carter (1977-1981) irá apoiar Obama assim que as primárias de Montana e Dakota do Sul terminarem, segundo informações do Centro Carter.
Mais dois Estados realizam primárias democratas nesta terça-feira --Montana e Dakota do Sul-- e colocam 31 delegados em jogo.
Hillary
A também pré-candidata Hillary Clinton anunciou em conferência com membros do Congresso de Nova York que estaria aberta a se tornar vice-presidente na chapa de Obama. Mas o comitê da senadora afirmou que ela não pretende desistir da corrida pela nomeação ainda nesta terça-feira.

"A disputa pela nomeação vai até quando alguém chegar ao mágico número. Isso não ocorreu hoje e não é isso que a senadora [Hillary] Clinton vai falar nesta noite", afirmou o presidente da campanha de Hillary, Terry McAuliffe à rede CNN de televisão.
Mais de 150 superdelegados ainda estão indecisos, e uma vitória de Obama nas primárias de Montana e Dakota do Sul --que é esperada segundo as últimas pesquisas-- pode incentivá-los a anunciarem o apoio ao senador.

Um grupo de 17 senadores democratas não-comprometidos com nenhum dos pré-candidatos se encontraram na tarde de hoje para discutir um possível apoio a Obama.
Eles se reunirão novamente amanhã, mas não devem anunciar sua decisão antes da noite de quinta-feira (5), segundo um colaborador do Senado.

Nenhum comentário: