RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sábado, 7 de junho de 2008

DIGAM QUE FUI UM MENSAGEIRO DE DEUS

Martin Luther King Suponho que de vez em quando todos nós pensamos realisticamente no dia em que seremos visitados por aquilo que é o denominador comum final da vida – aquela crise à qual denominamos MORTE.

Todos nós pensamos nela. E de vez em quando eu penso na minha própria MORTE. E no meu funeral. E não penso nisso num sentido mórbido. De vez em quando pergunto a mim mesmo: -que é que eu teria querido que dissessem? E nessa manhã eu lhes deixo as minhas instruções.

Se algum de vocês estiver por perto quando o meu dia chegar, não quero um funeral longo. E se vocês arrajarem, alguma pessoa para proferir o elogio fúnebre, diga-lhe para não falar por muito tempo.
De vez em quando fico pensando comigo mesmo no que é que eu gostaria que ele falasse..
Diga-lhe para não mencionar que eu tenho um prêmio Nobel da Paz – isso não é importante.

Diga-lhe para não mencionar que tenho mais de trezentos prêmios – Isso não é importante.

Eu gostaria que alguém mencionasse todos os momentos que “Martin Luther King” se esforçou para dar sua vida para ajudar aos outros.
Eu gostaria que alguém dissesse nesse dia, que “Martin Luther King” se esforçou por amor ao próximo. Quero que vocês digam, nesse dia que “eu me esforcei na questão da segregação e preconceito racial”.

Quero que vocês possam dizer, nesse dia, que eu procurei dar alimentos aos que tinham fome ou vestir aos que tinham frio.
Quero que vocês digam que “eu me esforcei por amar e servir à humanidade”

Sim, se vocês quiserem dizer que fui um pioneiro, digam que fui um pioneiro pela justiça, pela paz, pela honestidade. E todas as outras coisas superficiais não terão a mínima importância.

Não terei nenhum dinheiro para deixar.
Não terei riquezas para deixar.
Mas quero deixar depois de mim, o exemplo de uma vida empenhada.
E isso é tudo que tenho a dizer.

Se ao passar pela vida a alguém eu ajudei, se com uma palavra ou um gesto a alguém consolei, Se a alguém eu consegui mostrar que estava em caminho errado - então a minha vida não terá sido inútil.

Se meu dever eu cumpri, tal qual um bom cidadão; se ao mundo turbulento eu trouxe salvação e se a mensagem de JESUS eu houver difundido – então a minha existência não terá sido em vão.

---------xxxx----------
Proferida pelo saudoso Reverendo MARTIN LUTHER KING, que reputamos uma das palavras mais profundas e comoventes que um ser humano já teve a felicidade de pronunciar


Martin Luther King (1929-1968)
Martin Luther King (1929-1968), pastor norte-americano, Prêmio Nobel, um dos principais líderes do movimento americano pelos direitos civis e defensor da resistência não violenta contra a opressão racial.Foi escolhido líder do movimento a favor dos direitos civis das minorias após organizar o famoso boicote ao transporte público em Montgomery (Alabama), em 1955.
Lutou por um tratamento igualitário e contribuiu para a melhoria da situação da comunidade negra, mediante protestos pacíficos e discursos enérgicos sobre a necessidade do fim da desigualdade racial. Em 1963, dirigiu uma marcha pacífica do monumento a Washington até o Lincoln Memorial, onde pronunciou seu discurso mais famoso: "
Eu Tenho um Sonho".

Contribuição. Dr. Jorge Umberto de Morais-ADV

Nenhum comentário: