RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sábado, 28 de junho de 2008

ANTONIETA, vomita no prato que come!...

Renuncie para Criticar
A vice-prefeita Antonieta Lima, em recente entrevista ao canal de televisão, que é o porta-voz do PMDB, fez críticas a Administração Municipal. Esquece-se a digníssima vice-prefeita, que para poder ter moral política para criticar, ela precisa no mínimo renunciar o seu mandato de vice-prefeita, já que a partir de hoje, ela já não concorda com as coisas estão sendo conduzidas, pois como vice-prefeita, ela ainda faz parte da administração. A Vice-prefeita, embora tenha sido bastante prestigiada, não consegue saciar a sua fome de poder e de cargos. Durante esse período em que esteve defendendo e fazendo parte do governo, ela inaugurou praças, assumiu interinamente a prefeita, chegando assumir a prefeitura por mais de mês, além de ter vários parentes seus ocupando cargos de chefia na atual administração, mas mesmo assim, ainda se sente desprestigiada. Só para lembrar! Antonieta Lima e o professor Felipe Melo, subirão no mesmo palanque de Edilson Botelho, que quando prefeito os humilhou fazendo atravessar todas as noites de voadeira para a comunidade de Paraná-miry, para trabalharem como professor, sendo que na cidade havia lugar para eles trabalharem. Fez isso só por perseguição e agora terão que aplaudir o seu perseguidor.
Fonte: Farol do Tapajós-Luz sobre os fatos

Não é de bom-tom, nem de bom alvitre, caríssima "minha eterna professora" fazendo parte da administração municipal agir de forma tão inescrupulosa vomitando no prato que ainda está degustando. Quando não se concorda com as diretrizes de organização que se lhe é oferecida há uma saída mais honrosa, a DEMISSÃO/EXONERAÇÃO, peça para sair, ja que voce não concorda com o que lhe parace errado, e a partir daí, critique, fale mal, xingue, belisque, esperneie, dê coice, enquanto não fizer isso, sua ação soa como de uma pessoa oportunista, interesseira e revanchista.

Na verdade, como diz o chavão do LULA nunca na história deste País, um vice teve tanta oportunidade para solidificar seu nome politicamente; para prestigiar pessoas aliadas e familiares que a "minha querida e eterna professora"

Não defendo bandeiras politicas, não faço apologia a candidatura de politico algum, nem Roselito, nem Valmir, menos Afábio, pois acho que não fariam mais do que está por aí...e minha declaração beira apenas àquilo qie deveria ornar o coração das pessoas ÉTICA, que feio professora!

Não vivo sob expensas, assistência, dispêndio de politicos, para falar bem ou mal deles, àquilo que me soar ridículo, ou que sirva de achaque ao povo; à inteligência comprometida com o bom senso, divulgo, como daremos difusão tambem às ações que promovem o valor do ser humano.

Nenhum comentário: