RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

sexta-feira, 23 de maio de 2008

TRAIRÃO: ADMINISTRAÇÃO DO ARCO DA VELHA OU DO FUNDO DO BAÚ?

Ademar Baú tanto fez em suas lutas para chegar à Prefeitura de Trairão que alcançou esse objetivo por três oportunidades. Portanto teve três chances de fazer muito pelo municipio e pouco mesmo fez; talvez devido o "cansaço" da militância politica que o obrigou a esquecer de marcar seu nome nos anais da história de Trairão deixando de criar naquele municipio estrutura para gerar empregos e rendas. Hoje a realidade em Trairão é a mais estranha possivel; com um comércio falido, estradas vicinais intrafegáveis, com a economia da cidade proveniente de trabalhos clandestinos no desdobro de toras, comprometida, e que dilapidam o patrimonio ambiental. Torna-se uma cidade fantasma... amedrontadora!

Traçando um paralelo entre Trairão e Jacareacanga, para se fazer uma mera comparação; as situações comparativas, beirariam a ficção se não fossem reais:
Trairão localiza-se a 70 km de Itaituba principal polo demográfico da região;
Jacareacanga encontra-se a 400 Km, ja próximo ao Estado do Amazonas;
Trairão nada produz de riqueza para a região a não ser em sua maior parte o trabalho das serrarias na clandestinidade e um incipiente comércio de bananas que não engana nem macaco prego pois não existem incentivos do Executivo.
Jacareacanga tem investimentos da Prefeitura no fomento à produção Indigena na area de agricultura e aos não indios capacitação e financiamentos às atividades rurais.
Trairão tem problemas seríssimos na transparência do serviço público segundo os próprios moradores;
Jacareacanga, a transparência é total, prova disso é que o presidente da Câmara de Vereadores daquela cidade foi processado e deverá ser cassado por improbidade administrativa na proxima segunda feira;
Trairão o Prefeito Ademar Baú não tem trabalho feito em seu mandato para eleger seu candidato e ainda nem mesmo definiu nome;
Jacareaganca, o Prefeito Carlos Veiga deverá lançar-se à reeleição pelo bom desempenho alcançado na administração do Municipio.

Imaginem, se Trairão estivesse tão distante de Itaituba como encontra-se Jacareacanga, que para se chegar nessa cidade nesta época do ano gasta-se mais de 8 horas em uma estrada perigosa e sem sinalização. Como seria? haveria ainda por la seres humanos?

É brincadeira, a trajetória política de Ademar Baú que perdeu-se no tempo, deixando sua cidade sem um mínimo de estrutura; até repasses sociais são suspensos/cortados por efeito de não prestar contas fugindo assim dos princípios de bom administrador; com certeza ficará no ostracismo pois sequer tem cacife para eleger seu sucessor. Torna-se mais dificil para não dizer impossivel, a empreeitada de eleger seu candidato, pois nem ele mesmo sabe quem apoia; anoitece apoiando Pedro Cacau, e acorda pela manhã apoiando Django, enquanto não se define, Danilo sobe, mas sobe muito na preferência do eleitorado e a cada dia recebe adesões de muita gente intimamente ligada a Ademar Baú.

Um prefeito de três legislatura que não consegue eleger seu sucessor deveria repensar sua vida politica, sair de cena para entrar na história dos fracassados.

Um comentário:

du disse...

Um absurdo a falta de informaçao neste blog...
Este artigo Postado pelo senhor Walter Azevedo Tertulino...nao conhece a realidade da cidade que ao contrario do que o senhor diz o prefeito Ademar Baú tem grandes creditos c a cidade.