RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

domingo, 25 de maio de 2008

SOLTARAM A FRANGA COMO O DIABO GOSTA

A PELEJA DO DIABO COM O DONO DO CÉU
Cerca de mil pesssoas, em sua vasta maioria mulheres, muitas portando faixas e bandeiras, participaram da 6ª Caminhada de Lésbicas e Bissexuais de São Paulo, na tarde do sábado, dia 24 de maio, na Avenida Paulista. Animadas por um trio elétrico, cujas pick-ups foram comandadas pela DJ Nina Lopes, as manifestantes seguiram pela Avenida Paulista até o vão livre do Masp, onde aconteceram shows das bandas Fuzarca Feminista, Casa da Mãe Joana, Tânia Cristina e help! i’m a bonsai kitten. Irina Bacci, coordenadora do Coletivo de Feministas Lésbicas, ressaltou que a visibilidade é o maior mérito da Caminhada. “Dentro da Parada temos pouco espaço. Na Caminhada, tudo é pensado do nosso jeito, feito no formato ideal para as mulheres”, contou, orgulhosa. Para Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros (ABGLT), a pouca presença de homossexuais masculinos se deve à falta de consciência de que se trata de um único movimento, e da mesma comunidade. “Tanto a Parada quanto a Caminhada são bases políticas genuínas, acima de qualquer coisa. A formação patriarcal e machista de alguns gays impede uma maior integração e muitos não vêem que isso é um caminho para a homofobia”, declarou Toni, que esteve na Caminhada ao lado de seu companheiro David Harrad.
Sobre o exposto a Bíblia Sagrada diz:
"Não sabeis que os injustos não hão de herdar o Reino de Deus? -Não sejais desencaminhados nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem homens mantidos para propósitos desnaturais, nem homens que se deitam com homens (mulheres com muheres)" I Co 6:9 e 10

Nenhum comentário: