RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 27 de maio de 2008

O FUTURO DAS FARC

ESTARIA A COLOMBIA NO CAMINHO DA PAZ?

Para onde irão as Farc? Esta é a pergunta que todos se fazem na Colômbia hoje. A morte de Manuel Marulanda deixou a narcoguerrilha sem a figura que durante quatro décadas deu coesão ao grupo.
Segundo um vídeo, divulgado no domingo, Marulanda morreu de infarto no dia 26 de março, um mês e meio antes de completar 78 anos. Militares colombianos duvidam da versão, acham que ele pode ter morrido devido aos intensos bombardeios contra 74 acampamentos guerrilheiros, entre 20 e 29 de março.

O novo líder das Farc é Alfonso Cano, antropólogo por formação, considerado um hábil negociador. Analistas ouvidos pelo Jornal da Globo dizem que após as duras derrotas sofridas pelas Farc, a guerrilha terá de negociar. Só em março, foram três baixas de peso no comando, além das centenas de deserções, prisões e traições.

Mas esse recuo não é consenso. Alguns analistas dizem que assim como seu antecessor, Cano vai tentar se impor pela força. Nesta segunda, o ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, convocou o novo comando da guerrilha a negociar de boa fé com o governo. E lembrou que o estado oferece recompensas e liberdade condicional para os guerrilheiros que se entregarem e liberarem seqüestrados.
A mãe de Ingrid Betancourt fez um apelo ao novo comandante das Farc. Pediu que Cano entre para a história libertando sua filha e outros três reféns civis. Segundo Yolanda Pulecio, isso ajudaria a melhorar a imagem do grupo guerrilheiro e a colocar a Colômbia no caminho da paz.
Fonte: Jornal O Globo

Nenhum comentário: