RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

terça-feira, 6 de maio de 2008

JUSTIÇA ABSOLVE FAZENDEIRO



Justiça absolve fazendeiro por morte de Dorothy Stang

Em julgamento marcado por versões diferentes das apresentadas anteriormente à Justiça pelas testemunhas, o juiz Raimundo Moisés Flexa absolveu, por maioria dos votos (cinco contra dois), o fazendeiro Vitalmiro Bastos Moura da acusação de co-autoria pelo homicídio qualificado contra a missionária Dorothy Stang, ocorrido em 12 de fevereiro de 2005, em Anapú, no Pará. Os advogados Eduardo Imbiriba e Paulo Dias postularam aos jurados pela absolvição do fazendeiro, argumentando que o assassinato da missionária foi um ato isolado, praticado por Rayfran das Neves Sales. A sentença do fazendeiro foi proferida por volta da 20h desta terça (6/5).

Nenhum comentário: