RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 14 de abril de 2008

MST - É UM MOVIMENTO DE QUEM NÃO QUER TRABALHAR


O MST sempre usou à frente de suas ações mulheres e crianças, para facilitar invasões de propriedades e inibir ações repressivas. Agora, depois da liminar que determina punição para qualquer ato de invasão da Estrada de Ferro Carajás, o movimento apela para um método calhorda, alegando que quem estaria ameaçando ocupar a ferrovia é um outro movimento, o MTM (Movimento dos Trabalhadores em Mineração), na tentativa de burlar a ação da justiça. Cientes desse artifício, os advogados da Vale – empresa responsável pela ferrovia – se anteciparam e incluíram o MTM no raio de abrangência da liminar.
MST embrião dos movimentos anarquistas do PT, sobrevive com o aval do Governo Federal, que quer fazer deste país uma nação anárquica. Interessante que essa corja, pois na maioria são bandidos travestidos de necessitados sem terras, vivem e agem para rapinarem como sempre fazem dinheiro da nação através da generosa participação do maior lider que o MST ja teve. LULA. Qual o motivo desse movimento só querer terras produtivas, com equipamentos e implementos agricolas de ponta? porque eles não vem explorar a amazônia, para as bandas de Humaitá, Apui e Jacareacanga, que além de indios, doenças endêmicas, como malaria, hepatite, péssimas estradas além de precaria politica de educação e saúde poderia ser colocada a disposição deles? Eles não são guerreiros e de brigas? então que venham. Que tragam na boroca comida, machado, para fazer derrubadas, brocar, plantar, colher, escoar a produção para sobreviverem. Terão que trazer tambem sorte para fazerem face as adversidades da floresta e da região que somente os fortes conseguem. Para o amazonida a maioria do pessoal cadastrado no MST, são agitadores sustentados pelas ações sociais do Governo que foram criadas para esse fim mesmo. MST é sinonimo de gente preguiçosa, baderneiros oportunistas.
Fonte informativa: Diário do Pará e complementação da internet

Nenhum comentário: