RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

quinta-feira, 17 de abril de 2008

A GUERRA DOS CELERADOS


VALMIR vs ROSELITO

(Itaituba) - Mesmo Roselito Soares, e Valmir Climaco, festejarem que são apenas pretensos candidatos ao cargo do executivo, burlando dessa forma a caracterização da propaganda extemporânea; os bastidores dos candidatos já entraram em campo gerando uma brigada do diabo, por espaço na preferência do povo. É fato que os dois políticos não assinam a obra de arte que está se apresentando no momento, dando entendimento que sempre a culpa é do outro, e que não aceitam a guerra suja que está sendo travada em um campo enlameado pela nojeira da baixaria, com invencionices ridículas, gritantes, e bizarras, contra pessoas tidas e havidas por suas ações como pessoas sérias, que estão sendo vitimas desse processo tresloucado de difamação, injúria e calúnia; tentando-se nivelar ao mesmo bolo fecal dos idealizadores de panfletos inflamados, pessoas comprovadamente sérias e impolutas. É muito fácil propagar-se através do anonimato insinuações injuriosas contra A ou B. O anonimato é atitude de pessoas insensatas, covardes que na calada da noite propagam suas frustrações ou suas pretensas intenções de ter um bom cargo na administração de seu “Candidato” desenvolvendo um trabalho sórdido em querer desmoralizar-se vidas de pessoas que não merecem ser expostas ao ridículo, pois quem se põe como mais ridículo, são os autores dessas façanhas grotescas e odiosas. (Os celerados).
Recebi em minha casa, um documento que fora fartamente distribuído na cidade, com um conteúdo sério para apreciação. Seu anexo contrastando com o documento recebido mostrava o nível baixíssimo de um processo político, com ações injuriosas contra pessoas de bem, já mostrando o que se pode esperar da campanha que se avizinha. Fiquei surpreso ao indagar ao portador quem seria o remetente e o mesmo me dizer que tratava-se de um determinado vereador, que sempre o reconhecia como pessoa séria e de bons costumes. Creio que já é hora dos cidadãos Valmir Climaco e Roselito Soares, darem uns puxões de orelhas em seus comandados instituindo entre os simpatizantes dos grupos que se rivalizam, um armistício.
Fica uma pergunta que não quer calar: O porquê de somente agora, pouco antes do processo eleitoral; virem à tona acusações contra Wilmar Freire, contra Walmir Climaco, contra Roselito e contra os principais assessores dessas pessoas? Creio sim que o processo democrático que nos permite a liberdade de expressão do qual somos partícipes, dê-nos liberdade para expressar nosso pensamento, mas é fato que devem ser poupadas a família e pessoas sérias que são atacadas com o firme propósito de desestabilizar, desacreditar o candidato contrário. Essas pessoas não merecem estar envolvidas na GUERRA DOS CELERADOS.

Nenhum comentário: