RASTILHO DE PÓLVORA ESTÁ ACESO

segunda-feira, 24 de março de 2008

RASTILHO DE PÓLVORA


Sem interesses escusos, e sem pretensão literária, econômica ou política; simplesmente apostando na liberdade de pensamento que todos tem e consolidando esse pensamento em ação, transformando-o em um organismo difusor de noticias e/ou informações; idealizei a criação de um espaço próprio (Blog) para propagar de forma ética e responsável a noticia ou informação que propicia ao ser humano sabedoria e a certeza da convivência harmoniosa com aquele que também combate a ignorância, procurando incessantemente o caminho da verdade; vivendo por conseguinte harmoniosamente com seus pares integrando-se a uma sociedade mais justa.Nasce a partir daí RASTILHO DE PÓLVORAComo difusor de idéias, noticias e informações, publicando matérias de autores (pensadores)diversos que se responsabilizarão por suas idéias e ações, sempre levado pela nítida intenção de servir e informar. É pensamento humanizar nosso centro de informação criando colunas para servir de fórum de debates, e ainda por se tratar de um instrumento de comunicação sem fins lucrativos, partindo da premissa que toda a informação ou matéria veiculada será pautada por seriedade, nosso principio de informar será buscando como prioridade a verdade e responsabilidade. Este espaço não tem bandeira maior que a da verdade, não tem tendência ou ideologia política partidária, sendo assim toda informação necessária sob qualquer atividade de interesse do povo será divulgada, mesmo que a informação contraponha-se aos interesses que não sejam de apoio ao povo propriamente dito.Leio sempre informações de alguns Blogs entre os quais, Farol do Tapajós (Dayan), Agonia e êxtase (Jubal), do Jeso Carneiro, Jota Parente e vejo que são muito bem freqüentados, são portadores de progresso intelectual para todos, e começaram a difundir idéias e noticias da mesma forma como este que idealizo e executo deste já. Saio muito atrás desses eruditos personagens vez que eles tem na veia a semente do jornalismo, da política, do bom humor, enquanto eu, sou apenas um a mais na multidão sedento de sabedoria à procura do caminha das pedras...RASTILHO DE PÓLVORA, tem um título diferente, talvez porque idealizo divulgar informações inflamáveis, assuntos em combustão. O público que conhecer será o termômetro e poderá atear fogo ou apagar o rastilho de pólvora. -Eu polêmico? .... -mas quem não é?

Um comentário:

JCF disse...

Seja bem vindo neste novo conceito de expressão.
Como você bem disse, aqui se expõe o que se pensa sem estar preso a nenhuma ideologia ou partidarismo.
Espero que seu espaço consiga juntar o novo e o antigo, sem se preocupar em inovar demais para não cair na mesmice de muitos.